Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar dispara acima de R$5,30 com fuga global para segurança e temor fiscal por PEC dos auxílios

Moedas 01.07.2022 11:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Notas de dólar 28/04/2010 REUTERS/Jo Yong-Hak

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar disparava contra o real nesta sexta-feira, superando com folga a marca de 5,30 reais conforme investidores reagiam à aprovação pelo Senado na véspera de Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece um estado de emergência para ampliar e criar novos auxílios sociais, enquanto temores internacionais de recessão colaboravam para a busca por segurança.

Além de reconhecer o estado de emergência para criar o "voucher caminhoneiro" e de ampliar o Auxílio Brasil e o Auxílio Gás, a PEC aprovada foi complementada para incluir a concessão de um benefício destinado a taxistas e ainda um crédito suplementar a programa alimentar.

A votação da PEC, que ainda deve passar pela Câmara dos Deputados, ocorreu a cerca de 100 dias das eleições gerais de outubro e é apontada por críticos como eleitoreira. A proposta --chamada por alguns participantes do mercado como "PEC das bondades" ou "PEC Kamikaze"-- também é vista como fiscalmente danosa, já que prevê despesas fora do teto de gastos.

"Os rumos da situação fiscal no Brasil, adicionados ao cenário internacional mais desafiador, têm mantido o dólar mais alto, a curva de juros pressionada e a bolsa com dinâmica negativa", escreveu Dan Kawa, diretor de investimentos da TAG.

Às 11:07 (de Brasília), o dólar à vista avançava 1,89%, a 5,3298 reais na venda. No pico do dia, a moeda norte-americana saltou 1,97%, a 5,3340 reais, nível que, se mantido até o fim dos negócios, configuraria a maior cotação para um encerramento desde 28 de janeiro deste ano (5,3915).

Com a performance desta sexta-feira, o dólar caminhava para registrar uma quinta semana consecutiva de ganhos, o que igualaria sequência registrada pela última vez em 8 de outubro de 2021.

Sinal do clima doméstico arisco, uma medida do risco-país estava perto dos maiores patamares desde maio de 2020, enquanto a volatilidade implícita do real para os próximos três meses foi na véspera ao maior nível desde outubro de 2020.

Na B3 (BVMF:B3SA3), às 11:07 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 1,42%, a 5,3710 reais.

Além de refletir ambiente doméstico turbulento, a alta do dólar acompanhava a forte valorização do índice da moeda dos Estados Unidos contra uma cesta de rivais fortes, que se aproximava dos maiores níveis em duas décadas nesta sexta-feira em meio a receios generalizados de recessão.

Ao mesmo tempo, a maioria das divisas arriscadas ou ligadas às commodities tinha forte baixa, com peso chileno, dólar australiano e florim húngaro dividindo com o real a posição de pior desempenho global no dia.

Com a perspectiva de que o Federal Reserve, banco central dos EUA, siga com posicionamento agressivo no combate à inflação, investidores vendiam ações e buscavam a segurança do dólar e da dívida soberana dos Estados Unidos, cujos rendimentos caíam acentuadamente diante da grande demanda por Treasuries.

"Os próximos meses serão marcados por um Fed que deve subir os juros de forma mais intensa para ancorar as expectativas de inflação, mesmo com efeitos negativos para o crescimento", disse a equipe de macro e estratégia do BTG Pactual (BVMF:BPAC11) em relatório, citando impacto negativo desse cenário sobre moedas emergentes.

"Esse vetor já nos motivava uma menor exposição ao risco e volatilidade nos últimos meses, guiando as estratégias neste início de trimestre."

A moeda norte-americana fechou a última sessão em 5,2311 reais, saltando 10,03% em junho --melhor mês desde março de 2020 (+15,92%)-- e acumulando avanço de 9,83% no segundo trimestre.

Apesar desse resultado, o dólar ainda está em território negativo no acumulado de 2022, depois de ter fechado o ano passado em 5,5735 reais.

O BTG Pactual disse no relatório que um cenário de apreciação expressiva do real está ficando mais desafiador, com os riscos domésticos amplificando a tendência de aversão a risco vista no mercado global. Mesmo assim, o banco manteve cenário anterior de dólar a 4,80 reais ao fim deste ano.

Dólar dispara acima de R$5,30 com fuga global para segurança e temor fiscal por PEC dos auxílios
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (118)
Lucas Zimmer
Lucas Zimmer 01.07.2022 16:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
não pode falar a frase "risco fiscal" q a Bozolandia fica histérica...na trerraplana q eles habitam não existe pobreza e inflação... é só imprimir dinheiro e pagar auxílio... não existe mais bolsa vagabundo.
Mannt Neumann
Mannt Neumann 01.07.2022 15:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
No mundo mágico da Bozolândia a situação esta tão boa que foi preciso furar o teto de gastos e decretar Estado de Emergencia Eleitoral para turbinar com bilhoes a compra e votos do desesperado Bozo. Vai ter militante burro assim lá na Venezuela.
José Artur Medina
José Artur Medina 01.07.2022 15:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
PIB de 4.6, vacinamos mais que EUA e Russia, aumento para professores da rede básica, redução da violência, além dos dos dos dos 4 milhões de empregos criados. Fora que distribuimos mais terra que todos os govrnos petistas juntos. Reduzimos a taxa de juros e de nossa dívida em relação ao PIB.
Lucas Zimmer
Lucas Zimmer 01.07.2022 15:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Zé Mentirinha...kkkkkk
Rafael Sabbag
Rafael Sabbag 01.07.2022 15:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lucas Zimmer esses dados são públicos é só procurar e filtrar, abraços!
Cristhian Cruz
Cristhian Cruz 01.07.2022 15:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
os dados são reais, ao menos pelo que eu sei. porém, foi TOTALMENTE errada essa PEC, se alguém falar que ela "ajudou", aí a pessoa está mentindo.
ANESIO LUIZ MORO JUNIOR
ANESIO LUIZ MORO JUNIOR 01.07.2022 15:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
distribuiu muita terra para grileiro, madereiro, fazendeiro etc.Aumento para professor, ele nem gosta de professor pra ele é tudo militante sabe professor vem da classe pobre.
Dom Luiz
Dom Luiz 01.07.2022 15:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Dólar em 6 reais. É a profecia...
Mannt Neumann
Mannt Neumann 01.07.2022 15:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
No mundo mágico da Bozolândia a situação esta tão boa que foi preciso furar o teto de gastos e decretar Estado de Emergencia Eleitoral para turbinar com bilhoes a compra e votos do desesperado Bozo. Vai ter militante burro assim lá na Venezuela.
Mannt Neumann
Mannt Neumann 01.07.2022 15:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Compra de votos? Viramos Venezuela? Ou será que a militancia idiota ainda acha que o Bozo é liberal? O mesmo que votou contra o plano Real, contra a privatização da Vale e da Telebrás, contra o fim do monopólio da PBR, contra TODAS as reformas da previdência, trabalhista e tributária. Pelo visto o vagabundo não mudou nada de quando era congressista até hoje, continua roubando os cofres públicos e sendo POPULISTA com sua militancia de idiotas
Alex Pereira
Alex Pereira 01.07.2022 15:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Prepara a cela da papuda para os 3 irmãos: carluxa, rachadinha e banana podre...o rachador pai e o 04 também vão estar lá. A Micheque vai ficar soltinha pra curtir o maquiador dela, longe do Bozo....🐂🐮Vai passar o batom cabeça vermelha nela....💄
David Tribal
David Tribal 01.07.2022 15:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
chega dezembro mas não chega outubro, bolsonaro vai ter tomar muita cloroquina, pro coração aguentar a surra que vai levar nas urnas.....ei Jair vai comer caqui
José Artur Medina
José Artur Medina 01.07.2022 15:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
PIB de 4.6, vacinamos mais que EUA e Russia, aumento para professores da rede básica, redução da violência, além dos dos dos dos 4 milhões de empregos criados. Fora que distribuimos mais terra que todos os govrnos petistas juntos. Reduzimos a taxa de juros e de nossa dívida em relação ao PIB.
André Oliveira
André Oliveira 01.07.2022 15:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Hahaha! Chega a ser divertido o malabarismo do g@ do f@n@tico!
Mannt Neumann
Mannt Neumann 01.07.2022 15:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E sobre o pastor ladrão do MEC, alugém tem notícias? Soube que o delegado que mandou prender o ladrão foi promovido. Agora vai trabalhar na fronteira do Brasil com o Equador!!! Eita pais sem corrupção!!!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail