Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar tem variações discretas ante real à espera de Fed

Moedas29.07.2020 14:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. (Blank Headline Received)

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar operava entre leve queda e estabilidade ante o real nesta quarta-feira, dia de decisão de política monetária do Federal Reserve, com expectativa dos mercados de que o banco central norte-americano mantenha sua postura acomodatícia na política monetária.

Às 13:01, o dólar recuava 0,11%, a 5,1515 reais na venda. A moeda oscilou entre queda de 0,81%, a 5,1155 reais, e alta de 0,11%, a 5,163 reais.

O principal contrato de dólar futuro estava em 5,1495 reais, praticamente estável, após mínima de 5,1160 reais.

Marcos Trabbold, operador de câmbio da B&T Corretora de Câmbio, disse à Reuters que, em meio a noticiário doméstico mais calmo, "está todo mundo de olho lá fora, acompanhando, aguardando a decisão" do Federal Reserve, observando que qualquer sinalização de estímulo do banco norte-americano teria um impacto positivo sobre os mercados.

Ao final de sua reunião de dois dias, nesta quarta-feira, o Fed não deve anunciar uma grande mudança na sua política monetária. A expectativa é de que as autoridades sinalizem o compromisso do Fed com medidas de estímulo, uma vez que os casos de coronavírus nos EUA têm saltado recentemente, ameaçando a recuperação da maior economia do mundo.

Ainda nos EUA, o processo de negociação de um novo pacote de estímulo fiscal passava por dificuldades, com divergências entre o Congresso e a Casa Branca levantando temores sobre o futuro do consumo no país, uma vez que o auxílio extraordinário do governo para desempregados expira na sexta-feira.

No exterior, o índice do dólar frente a uma cesta de moedas caía 0,3%, depois de tocar novas mínimas em dois anos. Moedas emergentes e/ou correlacionadas às commodities tinham desempenho misto.

No Brasil, analistas citavam impacto positivo dos dados do Caged, que já tinham fornecido algum suporte ao real na sessão anterior, quando foram divulgados. O Brasil fechou 10.984 vagas formais de trabalho em junho, piora numa comparação anual, mas desacelerou o ritmo de perdas frente aos meses anteriores.

Segundo a XP Investimentos, o número superou as expectativas dos mercados e mostrou efeito de medidas para amenizar o impacto da pandemia sobre o mercado de trabalho.

O Brasil é o segundo país do mundo mais afetado pela pandemia, atrás apenas dos Estados Unidos, e registrou mais 40.816 casos de Covid-19 na terça-feira, chegando a um total de 2.483.191. Mesmo sem sinal de desaceleração significativa nos casos e óbitos no país, grandes centros econômicos, como São Paulo, seguem com medidas de flexibilização das medidas de contenção da doença de modo a retomar a atividade econômica.

No ano de 2020, em meio aos efeitos econômicos da pandemia e a um cenário de juros baixos, o dólar acumula salto de 28,4% contra o real, que tem o pior desempenho global no período.

Na véspera, o dólar negociado no mercado interbancário teve variação negativa de 0,02%, a 5,1572 reais na venda.

(Edição de Camila Moreira e José de Castro)

Dólar tem variações discretas ante real à espera de Fed
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Ottorino Cetti Brasileiro
Ottorino Cetti Brasileiro 29.07.2020 12:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Brasil precisa pensar rápido em implementar novamente um regime de câmbio fixo. Sempre argumentam que a desvalorização do real aumenta nossa competitividade, exportações etc e ignoram que somos um dos menos competitivos mesmo que o câmbio tenha saído de 3,70 para 5 em pouco mais de um ano. Não precisa ser 1=1, mas se o dólar for congelado em R$ 3,70 vai ajudar a industria importadora, vai ajudar os brasileiros que gostam de viajar para fora e vai ajudar investidores que precisam de uma previsibilidade para repatriar seus recursos do exterior (como eu).
Mostrar respostas anteriores (1)
Ottorino Cetti Brasileiro
Ottorino Cetti Brasileiro 29.07.2020 12:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sandy Rodrigues  O câmbio fixo tem seus custos, Sandy. São eles principalmente a necessidade de amplas reservas cambiais (que é o caso do Brasil) e algumas medidas de controle de capitais (o que é possível já que o Brasil já as adota). Se quem empreende já tem uma previsão que o real vai manter valor por pelo menos 10 anos, isso já produz um choque de expectativa positivo. No câmbio flutuante você tem uma rede de custos para manter hedge, fica refém do cenário internacional, os brasileiros ficam sem poder viajar para fora etc
Sandy Rodrigues
Sandy Rodrigues 29.07.2020 12:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ottorino Cetti Brasileiro sim mas imagina ter q usar resevas para segurar um cambio, sera que as reservas brasileiras suportariam? E podemos correr o risco ao usar as reservas deixar a economia do pias ainda mais sucetiveis as ameacas externas
Ottorino Cetti Brasileiro
Ottorino Cetti Brasileiro 29.07.2020 12:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sandy Rodrigues  Pessoalmente acredito que suportariam. Se você comparar por exemplo os países caribenhos que boa parte tem seus câmbios fixos com o dólar possuem reservas muito menores que a brasileira. Além dos países do golfo pérsico que também tem bem menos dólares que a gente. No caso excepcional de termos queimado muita reserva para manter o câmbio, poderiamos captar recursos no exterior via empréstimos. Tudo para não romper o câmbio fixo.
Tiago Nunes
Tiago Nunes 29.07.2020 12:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Câmbio fixo? Carlos Mennen mandou lembranças
Ottorino Cetti Brasileiro
Ottorino Cetti Brasileiro 29.07.2020 12:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tiago Nunes  Sério que a Argentina virou exemplo de medidas econômicas bem sucedidas? País altamente endividado e com baixa competitividade. Por que voce não coloca como exemplo Ilhas Cayman, Bahamas, Arábia Saudita, Catar, Emirados Árabes, Hong Kong e vários outros que adotam câmbio fixo e são bem sucedidos? Você só tinha a Argentina para dar de exemplo?
Ottorino Cetti Brasileiro
Ottorino Cetti Brasileiro 29.07.2020 11:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Essa queda do dólar não se sustenta. Uma coisa é uma forte desvalorização do dólar perante o Euro, Franco Suiço e Iene Japonês e outra bem diferente é perante o real brasileiro. Situação fiscal do Brasil é insustentável, teto dos gastos ameaçado, Selic extremamente baixa etc
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti 29.07.2020 9:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
BC agora deve iniciar a comprar dolars, nào vendendo sempre.... sào 3 anos que vende e mais comprou uma vez! Dolar è de subida, porque? : Os fatores que pressionam o câmbio, são o diferencial de juros entre Brasil e Estados Unidos, que caiu bastante e continua a cair com o corte as taxas aqui està em 2,25%, por isso o real deve  enfraquecer, mesmo que o BC continue vendendo dolars, atualmente o déficit em conta corrente è enorme e continua aumentar, de inicio da Pandemia, o BC ja gastou 58 BI ate hoje, com swaps cambias) tornando o investimento local muito menos interessante para estrangeiros; e o fato de muitas empresas estarem quitando suas dívidas em dólares para tomar empréstimos em reais (aproveitando os juros mais baixos) – o que é um movimento positivo, mas, vai contribui para a desvalorização do real. Se depois vamos considerar que è um pais em Deflaçào........Se real continua aa fortalecer, Brasil vai ter serios problemas
Mostrar respostas anteriores (4)
Ottorino Cetti Brasileiro
Ottorino Cetti Brasileiro 29.07.2020 9:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Guto Santos  Existe um conjunto de medidas que são necessárias para subir o BRL frente ao USD. Uma delas é aumentando a Selic. Como o mundo desenvolvidos possui juros reais em torno de 0%, o ideal é o que Bacen desse um choque de política monetária jogando a Selic para 10% de uma vez só. Além disso, reforma tributária para realmente reduzir a carga tributária e uma reforma administrativa para reduzir benefícios do funcionalismo público
Sandy Rodrigues
Sandy Rodrigues 29.07.2020 9:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mercado ja de olho no perigo da inflação nos EUA, impressora do FED injetando cada vez mais dinheiro, movimento do dolar caindo normal , corrida para ativos mais seguros: ouro, prata, bitcoin nas maximas historicas, cenario perfeito para queda do dolar. Dolar baixo commodities se favorecem, bom para o Brasil. Dolar a 5,00 #euacredito
Ottorino Cetti Brasileiro
Ottorino Cetti Brasileiro 29.07.2020 9:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Jose Zaurisio  É importante lembrar que o dólar não sai de 4 reais para 6 reais a toa. Os fundamentos macroeconomicos do Brasil estão muito deteriarados há anos. Minha aposta de longo prazo é aumentar periodicamente a exposição ao dólar (através de stocks e bonds) e reduzir exposição a moeda podre, como o real.
Ottorino Cetti Brasileiro
Ottorino Cetti Brasileiro 29.07.2020 9:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sandy Rodrigues  Se o dólar cair até 5 reais, ainda assim o real vai ter apresentando uma extrema desvalorização. Lembremos que há não muito tempo o dólar estava entre 3,50 e 3,70. 5 reais é uma tragédia e não um alívio, Sandy.
Sandy Rodrigues
Sandy Rodrigues 29.07.2020 9:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ottorino Cetti Brasileiro no atual momento ainda acredito que seja um bom patamar não podemos esquecer que ainda estamos no meio de uma pandemia que ainda traz muitas incertezas
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail