Últimas Notícias
Investing Pro 0
💎 Descubra ações subvalorizadas fora do radar em qualquer mercado Iniciar

Últimas Notícias

Startup de chips de inteligência artificial Cerebras lança modelos de código aberto semelhantes ao ChatGPT

Moedas Globais: dólar avança ante rivais, com temor por recessão nos EUA

Moedas 18.01.2023 20:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Moedas Globais: dólar avança ante rivais, com temor por recessão nos EUA
 
EUR/USD
+0,41%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
GBP/USD
+0,50%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/JPY
-0,58%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/BRL
-0,71%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ARS/USD
-0,20%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DXY
-0,38%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

O dólar operou em alta ante boa parte das moedas rivais no pregão desta quarta-feira, com dados dos Estados Unidos sugerindo recessão maior do que o antecipado pelo mercado. Falas de dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), reforçando posicionamento hawkish, também pesaram sobre o apetite de risco dos investidores, fortalecendo a alta da moeda.

No fechamento, o índice DXY, que mede a divisa americana ante seis rivais fortes, recuou 0,03%, aos 102,363 pontos. O dólar subia a 128,84 ienes, o euro avançava a US$ 1,0794 e a libra subia a US$ 1,2340.

Pela manhã, o dólar registrou ampliação da queda, após dados mais fracos das vendas de varejo nos Estados Unidos criarem expectativas de redução nas taxas de juros pelo Federal Reserve (Fed).

No entanto, notícias de congelamento de contratações pelo Bank of America (NYSE:BAC) (BofA) e de demissões na Microsoft (NASDAQ:MSFT), além de falas de dirigentes do Fed mantendo postura hawkish, pesaram sobre o apetite de risco dos investidores, sugerindo uma recessão mais intensa na economia americana do que o esperado.

Segundo análise da Capital Economics, esses fatores levaram a um "paraíso seguro" para o dólar americano e o iene japonês, reduzindo as perdas registradas durante a manhã. "Esperamos que o apetite por risco piore ainda mais nos próximos meses, apoiando ambas as moedas", projeta a consultoria.

Durante o pregão desta quarta, o euro inverteu o movimento de alta ante o dólar e passou a registrar leve queda, após dados da inflação ao consumidor (CPI) da zona do euro confirmarem a desaceleração da taxa anual para a 9,2% em dezembro.

O iene, por sua vez, operou sob influência da decisão de política monetária do Banco do Japão (BoJ), que manteve inalterados os juros e os limites do controle da curva de juros (YCC, na singla em inglês).

Entre emergentes, o dólar avançava a 182,4843 pesos argentinos, após o governo local anunciar a recompra de mais de US$ 1 bilhão de dívida externa. No mercado paralelo, o chamado dólar blue foi negociado a 377 pesos argentinos, uma queda em relação à sessão anterior, de acordo com o jornal El Cronista

Moedas Globais: dólar avança ante rivais, com temor por recessão nos EUA
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail