Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Guide faz quatro trocas na carteira Top Pick de julho; confira a composição

Publicado 01.07.2020, 16:19
Atualizado 01.07.2020, 16:35
© Reuters.

Por Gabriel Codas

Investing.com - A Guide Investimentos atualizou a carteira recomendada de julho, realizando cinco trocas entre os dez ativos. Com isso, saem os papéis da Sanepar (SA:SAPR11), Totvs (SA:TOTS3), Centauro (SA:CNTO3), BRF (SA:BRFS3) e Bradesco (SA:BBDC4), para dar entrada aos de Sabesp (SA:SBSP3), Locaweb (SA:LWSA3), B2W (SA:BTOW3), Cyrela (SA:CYRE3) e BTG Pactual (SA:BPAC11)

A Carteira Top Picks encerrou o mês de junho no campo positivo, levemente abaixo do seu índice de referência (Ibovespa). O mês foi positivo para os mercados ao redor do globo, mesmo em meio a contínua propagação do coronavírus, aumentando o número de fatalidades e novos casos a cada dia.

O movimento positivo ao longo do período foi sustentado: pela reabertura gradual das principais economias mundiais; por programas de incentivo fiscal e monetário nas principais economias do globo, com destaque para o plano de estímulos Europeu; aprovação do marco regulatório do saneamento; aprovação, pela Aneel, da “Conta-Covid”, que deve garantir certo alívio financeiro para as distribuidoras de energia.

O destaque positivo na carteira no mês foi a B3. A ação se beneficiou do cenário mais positivo para ofertas públicas de ações e da expectativa da retomada de IPOs e follow-ons que haviam sido adiados, devido a agravação da pandemia de coronavírus. Além disso, os recentes cortes feitos na taxa de juros acabam resultando em um maior fluxo de investidores entrando na bolsa de valores, atrás de maiores rendimentos.

Para julho, a corretora espera um cenário de elevada volatilidade, com os desdobramentos da propagação do coronavírus sendo o principal foco dos investidores, com destaque para a reabertura gradual das atividades no Brasil e nas maiores potenciais globais.

Outro ponto de atenção ficará com relação a cena política local, em meio a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, a saída de Mansueto Almeida da Secretaria do Tesouro, os resultados negativos das pesquisas setoriais de abril e a divulgação dos dados de emprego, que confirmaram o aumento do número de desempregados no país.

Para a carteira, os analistas realziaram algumas trocas, no sentido de buscar novas oportunidades de valorização. Saíram ativos de Sanepar, Totvs, Centauro, BRF e Bradesco, para dar entrada aos de Sabesp, Locaweb, B2W, Cyrela e BTG Pactual. A estratégia de ativos nessa carteira, é focar em companhias que estejam apresentando bom desempenho, mesmo durante o período de isolamento social.

Em junho a Carteira de Dividendos encerrou o mês com desempenho positivo, acima do seu índice de referência (IDIV). Na ponta positiva destaque para as ações da B3 e AES Tietê, com forte alta no período, acompanhando um cenário positivo para o mercado acionário, com a reabertura das economias ao redor do globo. A B3 foi beneficiada pelos cortes na taxa de juros, que aumentam o fluxo de investidores na bolsa, e também a retomada de ofertas públicas. Já a AES Tietê, contou com a negociação da AES Corp (NYSE:AES) para comprar fatia do BNDES e assim bloquear a Eneva (SA:ENEV3). Por outro lado, Cemig (SA:CMIG4) e Sul América , sem grandes destaques no período, apresentaram os menores desempenhos da carteira, mas que ainda assim positivos.

No mês, a Carteira de Dividendos apresentou valorização de 9,5%, enquanto o IDIV teve alta de 8,9%, representando uma diferença de cerca de 0,6%. No acumulado do ano, a carteira segue com desempenho negativo, em linha com seu índice de referência (IDIV).

Composição:

Top Picks:  Bradesco, B2W, BTG Pactual, Cemig, Cyrela, Ecorodovias (SA:ECOR3), Locaweb, Petrobras (SA:PETR4), Sabesp e Vale (SA:VALE3).

Dividendos: 15% – B3, Itaúsa, Klabin (SA:KLBN11) e Sanepar; 10% – BB Seguridade (SA:BBSE3), Cemig, AES Tietê e Tenda (SA:TEND3).

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.