Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Apple ultrapassa Samsung e lidera vendas de smartphones em 2023

Publicado 16.01.2024, 16:12
Atualizado 16.01.2024, 16:41
© Reuters.  Apple ultrapassa Samsung e lidera vendas de smartphones em 2023

A Apple (NASDAQ:AAPL) liderou o mercado global de smartphones em 2023, ultrapassando a Samsung (KS:005930) pela 1ª vez. A big tech sul-coreana encabeçava o ranking há 12 anos. A empresa norte-americana vendeu 234,6 milhões de celulares no ano passado, contra 226,6 milhões da Samsung.

Segundo o Worldwide Quarterly Mobile Phone Tracker da IDC (International Data Corporation, em inglês), o sucesso da Apple se deve principalmente ao aumento de consumidores optando por modelos mais caros, em busca de durabilidade e de recursos avançados.

A empresa Samsung concentrou-se mais nos mercados de médio e alto padrão no último ano, visando a maior lucratividade, mas perdeu participação no segmento de baixo custo.

Com a concorrência crescente de fabricantes chineses de smartphones por um preço mais baixo, como Xiaomi (HK:1810), Oppo e Transsion, que conquistaram uma grande parte do mercado, a Samsung pode enfrentar dificuldades para recuperar sua participação perdida.

Outras fabricantes, como Huawei, OnePlus, Honor e Google (NASDAQ:GOOGL), também foram citadas como fundamentais na derrubada da Samsung do 1º lugar.

Em seu relatório, a IDC reportou que as remessas totais de dispositivos móveis da Apple foram de 234,6 milhões, em comparação com 226,6 milhões da Samsung. Xiaomi, Oppo e Transsion completam o top 5.

Embora as remessas totais de smartphones tenham diminuído 3,2% em 2023 em comparação com 2022, há sinais de que o mercado pode estar se recuperando de sua recente queda. O IDC relata um aumento de 8,5% nas remessas no quarto trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior.

Leia mais em Poder360

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.