Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Bradesco investe R$ 1,2 bi nos EUA, dobra de tamanho e lança nova marca no país

Ações 27.11.2022 10:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Bradesco investe R$ 1,2 bi nos EUA, dobra de tamanho e lança nova marca no país
 
BBDC3
+2,25%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
BBDC4
+2,84%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Dois anos após comprar um banco nos Estados Unidos, o Bradesco (BVMF:BBDC4) vai investir mais US$ 230 milhões (cerca de R$ 1,2 bilhão) para acelerar o seu crescimento no país. O reforço marca uma nova fase do antigo BAC Florida. Rebatizado, o banco passa a operar sob o nome Bradesco Bank e terá novas instalações a partir do próximo ano.

A aquisição foi essencial na estratégia do conglomerado para crescer na área "private", que concentra os clientes muito ricos e é um dos principais desafios da gestão de Octavio de Lazari, prestes a completar cinco anos no comando do Bradesco. Com o novo aporte, o banco eleva o investimento em seu negócio nos EUA em cerca de 50%, para US$ 730 milhões (quase R$ 4 bilhões), desde que o adquiriu, em 2019.

Na prática, o reforço vai permitir ao Bradesco Bank, dobrar o seu patrimônio líquido, para US$ 500 milhões (R$ 2,7 bilhões), e dará fôlego à instituição na disputa por correntistas endinheirados. O combustível também o ajudará a avançar em dois alvos, grandes empresas com negócios internacionais e bancos da América Latina. Com o ganho de importância nos EUA, o Bradesco consegue captar a um custo menor no mercado norte-americano e emprestar com um spread, inclusive a rivais brasileiros.

"Como cresço em ativos e tenho oportunidade de ampliá-los no mercado local, então, se tiver capital mais adequado eu acelero o crescimento", disse o vice-presidente executivo do Bradesco, Marcelo Noronha, em entrevista exclusiva ao Broadcast, durante evento do banco, em Nova York.

Segundo Noronha, o Bradesco Bank tem expandido seus negócios a um ritmo que chega a superar os 30% ao ano em segmentos nos quais opera: investimentos, wealth management (grandes fortunas), cartão, crédito e mortgage, principal modalidade de financiamento imobiliário nos EUA. "O banco que mais faz mortgage dentro da Flórida para estrangeiros chama-se Bradesco Bank", diz. Segundo ele, a inadimplência da operação é baixa.

O Bradesco assumiu o comando do antigo BAC Florida em meados de 2020, enquanto a Covid-19 trancava todos em suas casas. De lá para cá, reforçou a operação com o lançamento de uma plataforma de investimentos, a Bradesco Invest US, ampliou a equipe e firmou parceria com a BlackRock (NYSE:BLK), maior gestora do mundo, responsável pela gestão dos fundos nos EUA.

Como resultado, o Bradesco Bank está mais parrudo e soma cerca de 10 mil clientes. Em ativos totais, o banco detém hoje US$ 3,1 bilhões, crescimento de 40% frente a dezembro de 2020. Já a carteira de crédito cresceu 56%, para US$ 2,5 bilhões no período. Em ativos sob custódia, o feito foi ainda maior: salto de 87%, para o patamar de US$ 3 bilhões.

O próximo passo é dar a 'nova cara' ao negócio nos EUA. A sede do Bradesco Bank será transferida para uma das torres do icônico 'Plaza Coral Gables', novo empreendimento localizado na Ponce de Leon, em Miami, na Flórida. Trata-se do maior projeto de construção no local desde 1990. Além das torres comerciais, o empreendimento contempla um hotel e um shopping.

A nova sede passa a ter a mesma identidade visual do Private do Bradesco, como o prédio do banco na Faria Lima, reduto financeiro de São Paulo. Como a atual, também terá uma agência para atendimento aos clientes, mais moderna. A inauguração está prevista para fevereiro, em evento que deve reunir a alta cúpula do banco, além de autoridades locais.

Nos planos do Bradesco Bank, novas aquisições e expansão geográfica nos EUA não são prioridade, ao menos, por enquanto. "Vamos crescer o BAC, mas para atender basicamente os clientes brasileiros e os estrangeiros que temos aqui, mesmo os americanos. Outras aquisições não fazem sentido", disse o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari, em entrevista ao Broadcast, também durante passagem por Nova York.

Fundado há mais de cinco décadas, o antigo BAC Florida é a maior operação offshore, ou seja, no exterior, do segmento de endinheirados do banco, o Bradesco Global Private Bank, cuja a marca também foi atualizada recentemente. Para se consolidar junto a esse público, o conglomerado reforçou também seu banco na Europa. Assim como nos EUA, no Brasil, o Private do Bradesco ganhou impulso inorgânico, ao aproveitar a saída do norte-americano JPMorgan (NYSE:JPM) e do suíço BNP Paribas (EPA:BNPP) do negócio no País. "Com isso, trouxemos clientes, ativos e equipe", disse Noronha.

De acordo com ele, outro movimento que reforça a área de grandes fortunas (wealth management) é a sociedade que o Bradesco está construindo com a gestora do BV (antigo banco Votorantim). O banco comprou 51% da asset e está aguardando o sinal verde do Banco Central (BC) para desbravar o negócio. "Ali, tem um componente de asset e wealth. Isso reforça o nosso posicionamento na alta renda", afirmou Noronha.

Com a reestruturação de sua unidade de alta renda, o Bradesco se tornou o segundo maior banco brasileiro no segmento Private, atrás somente do rival Itaú Unibanco (BVMF:ITUB4). O banco de Osasco atende hoje 18 mil clientes endinheirados, distribuídos em quase 9 mil famílias, com expansão de 46% desde 2018. Por sua vez, sua participação de mercado bateu o recorde de 21,25%, ante 18,09%, neste período.

"De fato, tudo o que a gente fez do ponto de vista de gestão melhorou nosso desempenho porque não se muda simplesmente comprando ou fazendo acordos", diz Noronha. Na prática, o banco aperfeiçoou a forma de atender a alta renda. Para o cliente, dentre os avanços, está a possibilidade de visualizar seus investimentos no Brasil e no exterior de forma consolidada, caso assim deseje, respeitando a regulação. "Isso faz diferença. É outra experiência", afirma.

Bradesco investe R$ 1,2 bi nos EUA, dobra de tamanho e lança nova marca no país
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (11)
Wagner Freitas
Wagner Freitas 27.12.2022 22:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Banco monstro 💪
Wellington Gomes
Wellington Gomes 28.11.2022 8:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
apoia a esquerda faz cagada e vaza.
Marcelo Castro
Marcelo Castro 27.11.2022 17:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Apenas uma correção, que o BNP Paribas é Francês e não Suíço...
Fernando Pereira
Fernando Pereira 27.11.2022 17:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Grandiosa notícia do melhor banco da América Latina que sua economia cresça e desenvolva em 2023 com bastante otimismo no mercado mundial.... parabéns aos grandes nomes dessa fase brilhante que o Bradesco está vivendo sucesso para 2023....
Jean Patrick
Jean Patrick 27.11.2022 16:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vamu pra cima bradescao! quero saltar fora nos 17! Vendendo call a mais de 1 ano e nada e exercicio
Luís André Garrido Gabriel
Luís André Garrido Gabriel 27.11.2022 16:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tá vendendo call curta ou lançando call longa aguardando para ver se chega no strike?
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 27.11.2022 16:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gestão econômica de Bolso-guedes apenas grandes conglomerados de alto poder financeiro ganharam.
Raphael Luiz
Raphael Luiz 27.11.2022 16:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Foi tanto, que os bancos estavam apoiando Lula nessas eleições
Jr ODue
Jr ODue 27.11.2022 15:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fujam bando de nzs
Fernando Franco
Fernando Franco 27.11.2022 13:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
BBDC4 está ponto pivô estou comprando mão leve.
Rodrigo Rigd
Rodrigo Rigd 27.11.2022 13:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Amanha vai pra 13 reais os papeis
sergio luiz guedes costa Guedes
sergio luiz guedes costa Guedes 27.11.2022 13:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
faz um l ,quando esses bancos roubarem o seu dinheiro
Arquimedes Mariano
Arquimedes Mariano 27.11.2022 12:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sei não em !! Depois desses resultados fazer um investimento nos estudos Unidos? Vamos esperar novas notícias!!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail