📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

EUA pressionam aliados a restringir ainda mais fornecimento de ferramentas de chips para China

Publicado 19.06.2024, 10:48
© Reuters.
LRCX
-
NVDA
-

Por Karen Freifeld

(Reuters) - Uma autoridade dos Estados Unidos está indo para o Japão após se reunir com o governo da Holanda a fim de tentar pressionar os aliados a restringir ainda mais a capacidade da China de produzir semicondutores de ponta, disse uma pessoa familiarizada com o assunto à Reuters na terça-feira.

Alan Estevez, chefe de política de exportação dos EUA, está tentando ampliar um acordo de 2023 entre os três países para restringir o envio de equipamentos de fabricação de chips à China que poderiam ajudar a modernizar suas Forças Armadas.

Em resposta, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Lin Jian, disse que o país se opõe ao fato de os EUA entrarem em confronto e "coagirem outros países e reprimirem o setor de semicondutores da China".

"Esse comportamento tem prejudicado seriamente o desenvolvimento da indústria global de semicondutores", disse Lin em uma coletiva de imprensa em Pequim.

Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Holanda confirmou que uma reunião foi realizada na Holanda na segunda-feira.

O Ministério da Indústria do Japão disse que tem vários intercâmbios com os EUA, mas não quis comentar sobre interações diplomáticas.

Os EUA impuseram restrições pela primeira vez em 2022 sobre as remessas de chips avançados e equipamentos de fabricação de chips para a China de empresas como a Nvidia e a Lam Research.

Em julho do ano passado, para se alinhar com a política dos EUA, o Japão restringiu as exportações de 23 tipos de equipamentos. Em seguida, o governo holandês começou a regulamentar os equipamentos de semicondutores para a China, e os EUA impuseram restrições adicionais para algumas fábricas chinesas.

Washington está conversando com aliados sobre a inclusão de mais 11 fábricas de chips chinesas em uma lista restrita, disse a fonte. Atualmente, há cinco fábricas na lista. Os EUA também dizem que querem controlar outros equipamentos de fabricação de chips.

Um porta-voz do Departamento de Comércio dos EUA não quis comentar.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.