📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Meta amplia esforços de IA com arsenal de chips e consolidação de equipes

Publicado 18.01.2024, 19:51
© Reuters. Presidente-executivo da Meta, Mark Zuckerberg
27/09/2023
REUTERS/Carlos Barria
ORCL
-
NVDA
-
AMD
-
CASH
-

© Reuters. Presidente-executivo da Meta, Mark Zuckerberg
27/09/2023
REUTERS/Carlos Barria

NOVA YORK (Reuters) - O presidente-executivo da Meta (O:META), Mark Zuckerberg, disse nesta terça-feira que a empresa está “aproximando” sua equipe de pesquisa de inteligência artificial do time de IA generativa montado no ano passado, consolidando assim uma dobradinha para introduzir essa tecnologia em produtos da empresa. O time de IA generativa é mais focado na área comercial.    A gigante das redes sociais está melhorando sua infraestrutura para acomodar essa mudança e planeja ter cerca de 350 mil GPUs H100 (unidades de processamento gráfico) da fabricante de chips Nvidia (O:NVDA) até o fim do ano, disse Zuckerberg nas plataformas Instagram e Threads, ambas da Meta.    Em combinação com chips equivalentes de outros fornecedores, a Meta terá agora um total de 600 mil GPUs até o fim do ano, disse o executivo. Isso colocará o sistema da companhia, quando finalizado, entre os maiores da indústria da tecnologia.    Em comparação, a Amazon (NASDAQ:AMZN) anunciou no ano passado que estava construindo um sistema com 100 mil chips Trainium2, enquanto a Oracle (NYSE:ORCL) criou um sistema com 32 mil GPUs H100 da Nvidia.    Um porta-voz da Meta se negou a dizer quais outros fornecedores a empresa usará, além da líder de mercado Nvidia, apesar de a companhia ter dito publicamente que espera usar chips da AMD (NASDAQ:AMD). A Reuters informou previamente que a Meta também tem um chip tipo GPU em desenvolvimento interno.    No ano passado, a Meta fez um grande esforço para construir seu arsenal de computação e apoiar a mobilização em torno da IA generativa, depois de anos produzindo pesquisas sobre a tecnologia por meio da equipe FAIR. Houve, contudo, pouco foco em incorporá-la aos seus principais produtos de redes sociais e hardware de realidade virtual e aumentada.    Porém, no ano passado, após o sucesso do ChatGPT, da OpenAI, a empresa montou uma equipe de “GenAI” para mudar essa realidade.   (Reportagem de Katie Paul em Nova York; reportagem adicional de Stephen Nellis em São Francisco)

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS FDC

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.