Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Panasonic repete a Sony e encerra produção de aparelhos de TV no País

Ações12.08.2021 17:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Panasonic repete a Sony e encerra produção de aparelhos de TV no País

Há quatro décadas produzindo televisores na Zona Franca de Manaus (AM), a Panasonic (T:6752) vai deixar de fabricar esses aparelhos no Brasil. A linha de montagem será encerrada em dezembro, com a demissão de 130 trabalhadores, 5% do efetivo da empresa no País - por volta de 2,4 mil hoje.

A subsidiária da Panasonic Corporation do Japão, que iniciou as atividades no Brasil em 1967 e fatura no mundo US$ 61 bilhões por ano, mantém no País a produção de pilhas, eletrodomésticos da linha branca, som automotivo e equipamentos para empresas, como aparelhos de ar-condicionado para shoppings e hospitais, por exemplo. Além disso, estuda a estreia da produção local de equipamentos de cuidados pessoais, como aparador de pelo masculino.

Segundo Sergei Epof, vice-presidente de Appliance na Panasonic do Brasil, o encerramento da produção de TVs e áudio no País segue a estratégia global traçada a partir de 2012 pela companhia para diversificar linhas de produtos, com foco na sustentabilidade do negócio.

Em 2012, 80% da receita da companhia no Brasil - que o executivo não revela quanto é - resultava da venda de TVs. Hoje, TVs representam 8%. "A estratégia escolhida foi crescer em outros pilares para não depender de um negócio só." A companhia já deixou de produzir televisores nos Estados Unidos e no México. Apesar saída de TVs no País, a assistência técnica da marca será mantida.

Epof diz que a empresa perdeu a verticalização na produção de TVs e, com isso, a competitividade também. "TV tem muito de memória, processadores e a gente não produz isso." Quase um ano depois, a empresa repete a decisão da concorrente Sony, também japonesa e afetada pela perda de competitividade pelo mesmo problema.

Fuga

O movimento das companhias que atuam em nichos de mercado de TVs deixando de produzir os aparelhos no País não surpreende os especialistas. A saída começou seis anos atrás com a holandesa Philips (NYSE:PHG) (SA:PHGN34) e, agora, está sendo engrossada pelas marcas japonesas.

Com a entrada maciça das fabricantes coreanas, como Samsung (KS:005930) e LG, e chinesas nesse segmento, as margens de lucro foram achatadas e o ganho começou a vir da escala de produção, explicam especialistas. Com isso, outras companhias perderam competitividade. Como as marcas japonesas estão voltadas para produtos específicos para um consumidor de nicho, ficou mais difícil para essas fabricantes ganharem dinheiro com TVs, especialmente na venda para o grande varejo, que dita preços.

Em Manaus, a empresa continuará produzindo fornos de micro-ondas, som para carros e placas eletrônicas usadas na lavadoras e geladeiras fabricadas na unidade de Extrema (MG), onde houve recentemente 120 contratações.

O executivo diz que no momento não tem condições de reaproveitar os 130 funcionários da linha de TVs e que apresentou um plano para o Sindicato do Metalúrgicos do Amazonas com benefícios que superam os previstos em lei para os que serão demitidos. A reportagem não conseguiu contato com dirigentes do sindicato dos trabalhadores.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Panasonic repete a Sony e encerra produção de aparelhos de TV no País
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Juliana Assis Ferreira
Juliana Assis Ferreira 13.08.2021 12:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Empresas que não dão lucro devem ser fechadas mesmo.
elton szweryda santos
elton szweryda santos 12.08.2021 23:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
na verdade usando meu exemplo, só compro marca LG, considero mais durável, essas duas marcas ficaram para trás, não se aguentam mais.
Ulli Michel
Ulli Michel 12.08.2021 18:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não tem como dar murro em ponto de faca. Quando um produto vira commodity o que vai mandar é preço final e não a marca. A IBM já sabia disso há 20 anos quando vendeu sua divisão de pcs.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail