📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Pechinchas na B3 hoje estão na microcaps, indica corretora

Publicado 13.03.2024, 19:14
BVSP
-
ABCB4
-
BPAN4
-
CAMB3
-
CSUD3
-
ENAT3
-
FRAS3
-
BRBI11
-
MELK3
-
OPCT3
-

Investing.com – Com a perspectiva de continuidade do ciclo de cortes nas taxas de juros, as oportunidades ocultas na bolsa de valores brasileira estariam principalmente nas microcaps, na visão da Warren Investimentos. As microcaps são companhias com valor de mercado abaixo de US$ 2 bilhões e que oferecem alto potencial de valorização, e encontrar essas pechinchas daria fortes oportunidades de lucro, de acordo com a corretora.

O head de análise da Warren Investimentos, Frederico Nobre, afirma que essas empresas possuem menor patrimônio e liquidez, o que motiva o fato de serem deixadas de lado por muitos investidores. No entanto, como seguem descontadas, esse gap tende a ser revertido nos próximos meses, em sua visão. “É bem possível que esse nicho de empresas tenha valorização superior aos índices de forma geral”, reforça.

O grupo acompanhado pela equipe de research da Warren teria performado com uma alta média de 51,24% no ano passado, o que motivou o lançamento de uma carteira administrada com gestão ativa com aporte mínimo de R$5 mil.

A carteira administrada Index+Micro Caps concentra atualmente as ações da Enauta (BVMF:ENAT3), Fras-Le (BVMF:FRAS3), Melnick (BVMF:MELK3), ABC Brasil (BVMF:ABCB4), BR Partners (BVMF:BRBI11), Cambuci (BVMF:CAMB3), Oceanpact (BVMF:OPCT3), Banco Pan (BVMF:BPAN4), Serena (BVMF:SRNA3), CSU (BVMF:CSUD3) e o ativo Investo Teva Tesouro Selic Fundo de Investimento de Índice (BVMF:LFTS11).

Investing.com – Quais os diferenciais da microcaps e por qual motivo elas ofereceriam boas oportunidades neste momento?

Frederico Nobre – Em relação às microcaps, acreditamos que nesse nicho específico de empresa pode ter distorções maiores de valor porque muitas vezes ficam largadas pelo mercado, com pouca cobertura de analistas e restrições de liquidez de fundos de investimentos, que muitas vezes não conseguem se posicionar. Assim, estes fatores fazem com que essas companhias tenham olhares menos atentos por parte dos investidores e, em alguns momentos, isso pode gerar distorções de valor. É como se esse nicho de mercado fosse menos eficiente do que as blue chips, as empresas de maior valor de capitalização.

No Brasil, estamos vivendo uma mudança de ciclo que começou desde meados do ano passado com o início da casa de juros. A queda dos juros deve fomentar melhora na indústria e no consumo das famílias. Assim, entendemos que estamos em um bom momento em termos de ciclo econômico e que pode favorecer essas empresas de menor valor de capitalização. Faz muito tempo que não vemos as small caps tão descontadas e quando olhamos para esse movimento, o fator tamanho foi muito mal remunerado ao longo desses últimos dois ou três anos. Acreditamos que esse gap vai ser corrigido a qualquer momento e é bem significativo.

Olhando daqui para frente, em janelas de 12 a 36 meses, é bem possível que esse nicho de empresas tenha uma performance superior ao índice Ibovespa ou às blue chips de forma geral, justamente o oposto do que a gente viu nos últimos anos.

Inv.com – Há algum cuidado adicional que o investidor precisa ficar atento em relação ao investimento em microcaps?

Nobre – A questão da liquidez, eu acho que ela é maior para o investidor institucional, mas para pessoa física, para quem está querendo seguir nossas carteiras ela pesa a favor, na verdade, não contra. O investidor que tem um fundo de Investimento, esses tubarões no mercado, eles ficam fora muitas vezes desses ativos porque eles não têm capacidade de através de um veículo, de um fundo de Investimento, entrar nesse tipo de ativo. Nas nossas carteiras administradas, também sobre ótica do investidor que quer fazer aporte por conta própria dessas empresas, isso acaba não sendo um problema tão grande.

Nas carteiras administradas, a gente não pretende passar R$100 milhões aqui nesse produto, com isso a gente consegue ter essa capilaridade de investir nesse tipo de empresas que um grande fundo não tem. Além disso, o cliente tem as ações do próprio CPF, então é diferente de uma cota de um fundo, o que traz um benefício tributário. A gente não vê tantos veículos no mercado, não existem tantos assim que exploram esse perfil de empresa, por isso que criamos esse produto para atender essa demanda. A gente entende que é um momento bem favorável.

Inv.com – Quais são os critérios adotados para seleção dos ativos? Poderia mencionar algum ativo do portfólio da carteira administrada da Warren?

Nobre – A carteira é pública e todos os ativos estão disponíveis, se o cliente quiser chegar e copiar nossa carteira é possível fazer, mas nós temos a gestão discricionário, então toda vez que tiver algum rebalanceamento, tiver alguma troca de recomendação, isso vai ser refletir na conta do cliente automaticamente, essa execução é 100% através da tecnologia pro cliente final, então a gente a gente entende que há pessoas que não dão valor para isso, mas não avaliamos como a melhor forma, pois muitas pessoas não possuem tempo para ficar acompanhando diariamente e dá uma dor de cabeça. Dá um trabalho fazer essa execução.

Buscamos empresas que tenham baixa capitalização de mercado e que possuem alto potencial de crescimento, que estejam relativamente descontadas em relação a pares ou indústria ou setor, e que tenham uma gestão qualificada, com boa governança.

Entre os exemplos está a Enauta, com exposição de mais de 15% da carteira. Entendemos que a empresa está bem descontada e passando por um processo de turnaround, trazendo uma nova plataforma para aumentar bastante a sua produção, adquiriu novos ativos, então é uma dessas teses de crescimento que a gente acredita. Teve uma mudança significativa da gestão, hoje é uma gestão mais qualificada. Buscamos explorar essas ideias que ficaram largadas pelo mercado por um motivo qualquer e que têm um bom potencial daqui pra frente.

Outro case que gostamos bastante é a BR Partners, empresa do setor financeiro, que é um banco de investimento relativamente novo, e a empresa segue crescendo bastante. Com a retomada do mercado de capitais com o ciclo de queda de juros, acreditamos que a ação deve performar super bem.

Para saber mais detalhes sobre ações microcaps, acesse o InvestingPro! Tenha acesso aos modelos de preço-justo, além de detalhes sobre a saúde financeira e histórico de preços e balanço patrimonial.

Amplie seus ganhos com dados completos e estratégias que batem o mercado com a plataforma premium. Para um desconto especial na plataforma, use o cupom INVESTIR para as assinaturas anuais e de 2 anos do Pro e Pro+

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.