Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Prejuízo, depressão e morte no mercado de day trade: quando a especulação sai de controle

Ações20.09.2019 16:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Arena do Pavini - Analista de sistemas em uma empresa de gás, B., de 33 anos, sempre se interessou pelo mercado financeiro. Com um bom salário, mais de R$ 10 mil por mês, fazia aplicações em Tesouro Direto, mas queria mesmo investir em bolsa. Seduzido por comentários de amigos e propagandas de corretoras, buscou informações, fez cursos de day trade, nome dado às operações curtíssimo prazo de compra e venda de papéis em bolsa e, em novembro do ano passado, estreou como trader, juntando-se às cerca de 40 mil pessoas físicas que tentam viver da especulação no mercado. Sacou R$ 60 mil das economias do Tesouro Direto, depositou o valor como garantia em uma corretora e passou a comprar e vender minicontratos futuros de dólar e de Índice Bovespa.

Perda pode superar o valor aplicado

O day trade nos mercados futuros é diferente do investimento tradicional em ações. Enquanto na compra de ações a perda é limitada ao valor investido caso a empresa quebre, no mercado futuro as perdas são ilimitadas. Se o investidor aposta que o dólar futuro vai subir e ele cai, ele tem de pagar a diferença para quem ganhou. Por isso, as corretoras exigem depósitos de garantias e estabelecem limites de perdas que, quando são atingidos, levam à liquidação compulsória da operação. Mas o ganho também pode ser ilimitado, por isso a tensão é constante e a adrenalina é alta em meio às oscilações dos preços. O trader tem de ganhar não só de outros traders, mas também de investidores profissionais, como tesourarias de bancos, fundos de investimento e empresas, com seus grandes departamentos de análise e robôs.     

Ganhos elevados e página no Instagram

Logo de cara, B. se deu bem e ganhou muito dinheiro. Em um único mês, chegou a lucrar R$ 100 mil com a especulação. O sucesso foi tanto que ele começou a ser procurado por amigos e conhecidos que queriam aprender também suas técnicas para ganhar dinheiro na bolsa. Montou então uma página no Instagram, na qual mostrava suas principais operações e os lucros que obtinha.

Em janeiro deste ano, porém, a sorte de B. mudou. Em um único mês, as perdas chegaram a R$ 70 mil, quase tudo que ele tinha guardado no Tesouro Direto. Mas ele não desanimou. Passou a se dedicar ainda mais ao mercado, tentando de alguma forma recuperar o que havia perdido. Operava todo dia, de casa ou do trabalho, o que acabou por atrapalhar seu desempenho e provocar uma advertência do chefe. Aos poucos, o day trade acabou se tornando um vício.

Começou então a faltar ao trabalho para se dedicar às operações em bolsa. Mas a sorte não mudava e ele estourou os limites na corretora em que operava, acumulando uma dívida. E foi trocando de corretora a cada nova perda, passando pelas principais do mercado, como Clear, Modal, Rico e Genial. O sistema de controle de inadimplência, de aviso ao mercado, que impediria que ele abrisse conta em uma corretora devendo em outra, não funcionou, e ele foi aumentando o prejuízo.

Limite de crédito do banco

B. recorreu então ao limite da conta do cheque especial no banco, um valor alto, para financiar as operações. Quando o limite acabou, avisou a mulher, com quem havia se casado há um ano e meio, que ia vender o carro para pagar as dívidas. Mas acabou investindo o dinheiro, mais R$ 80 mil, no mercado. Perdeu tudo. Pediu então mais R$ 16 mil para esposa para pagar as dívidas. O dinheiro também sumiu no day trade.

Mudança de humor

Sujeito inteligente e extrovertido, B. parou de sair de casa, só queria operar na bolsa, buscando recuperar os prejuízos, conta a mulher, que passou a se preocupar e questionar o que estava acontecendo. Mas, diante da insistência dela, ele parou de contar o que se passava. Notando a mudança no marido, ela insistiu e o fez procurar um psicólogo, que detectou depressão e receitou remédios e terapia. B. , porém, não quis fazer o tratamento. “Meu problema é dinheiro, se a psicóloga me der dinheiro, eu vou”, dizia.

Imagem de ganhador

Estranhamente, ele continuava contando aos amigos que estava ganhando dinheiro no mercado e postando trades de sucesso no Instagram. Para todos, ele continuava sendo um vencedor. O que ele não contava é que de cada R$ 10 mil que ganhava, perdia R$ 20 mil.

No dia 19 de julho, uma sexta-feira, B. não foi trabalhar. Ficou em casa para esperar o pedreiro que fazia uma reforma no apartamento. Às 10h30 da manhã, a mulher de B. recebeu uma ligação no trabalho. Era da polícia, afirmando que B. havia sofrido um acidente e que ela deveria ir à delegacia. Como ele andava de moto, a mulher imaginou um acidente de trânsito. Ao chegar, o delegado contou que B. havia se jogado do 14º andar do prédio. No apartamento, os policiais encontraram o computador de B. ligado, com a tela aberta na página da bolsa de valores. Apenas naquela manhã, ele havia perdido mais R$ 37 mil, conta a esposa.

Dívida de R$ 285 mil

Ela soube então que B. acumulava uma dívida de R$ 285 mil no banco, referente aos empréstimos para cobrir os prejuízos no mercado. Além disso, tinha dívidas de R$ 50 mil em uma corretora e R$ 30 mil em outra. Outra surpresa a esperava: ela descobriu que, sem crédito para operar, B. havia aberto uma conta em nome dela em uma corretora, usando seus documentos. E ela, que nunca operou, estava sendo cobrada por uma dívida de R$ 25 mil.

Para a mulher de B. , cujo nome o Portal do Pavini decidiu preservar, a tragédia tem muito a ver com a situação psicológica de cada pessoa. “Mas devia haver algum sistema de segurança nas corretoras, que visse quando a pessoa está perdendo muito e tentasse impedir”, diz. Com a morte de B. , ela passou a ser cobrada pela corretora para pagar a dívida feita pelo marido em seu nome. E também caiu em depressão.

Estudo mostra que 92% perdem

O caso de Cortes mostra o risco que pessoas com alguma vulnerabilidade emocional correm ao entrar em um mercado de altíssimo risco como o de day trade de mercados futuros. Competindo com robôs e grandes investidores, as chances desses pequenos investidores, em geral novatos do mercado, ganharem é baixíssima, como mostra estudo feito pelos professores da Fundação Getulio Vargas (FGV) Fernando Chague e Bruno Giovannetti.

Segundo o estudo, 19.696 pessoas começaram a fazer day-trade em mini índice entre 2013 e 2015. Dessas, 18.138 (92,1%) desistiram, umas mais cedo, outras mais tarde. Das 1.558 pessoas que persistiram por mais de 300 pregões, tentando de fato viver de day-trading, 91% tiveram prejuízo e apenas 13 pessoas obtiveram lucro médio diário acima de R$ 300,00.

De acordo com os professores, os dados também mostram que o desempenho do day trader não melhora à medida que ele persiste na atividade (na realidade, piora). “Essa última evidência é crucial e vai de encontro à ideia, em geral propagada por especialistas das corretoras, de que day-traders melhorariam com a experiência e que, portanto, deveriam persistir”, afirmam os professores.

“Isso é como a maconha”, afirma o professor William Eid Junior, coordenador do Centro de Estudos em Finanças da FGV.  “Criou-se um mito global que diz que maconha não faz mal, e ai de quem disser que causa esquizofrenia, que é porta para outras drogas… o lobby é gigantesco”, afirma. Ele critica a publicidade dada a esse tipo de atuação no mercado. “Se você der uma busca por day trade no Google, vai se deparar com um sem número de artigos e anúncios de cursos falando que este é o caminho para a independência, e uma montanha de inocentes acredita”. Quando surge um estudo como o do professor Chague, afirma Eid, a tendência é o investidor usar o famoso “viés da confirmação” e não ler a notícia. “Eu só leio o que confirma a minha opinião”, explica Eid.

Síndrome do beijo no baile

Outro comportamento dos traders é o que Eid chama de “síndrome do beijo no baile”. “Nos tempos de rapaz, nós só contávamos para os amigos sobre as garotas que tinha aceitado nosso beijo, as que nos deram tapas, jamais”, diz. “É igualzinho o day trade, se alguém perde, não conta, só conta dos dias que ganha”, afirma o professor. Ele diz ter passado o estudo para um conhecido que gosta de operar day trade na bolsa recentemente e o resultado foi o esperado. “Claro que ele nem leu.”.

Eid, que foi um dos criadores do Centro de Estudos de Finanças Comportamentais da FGV, cita alguns vieses comportamentais que estão presentes no caso dos traders.

Excesso de confiança, ilusão de controle: como o investidor se engana

O primeiro é o excesso de confiança, no qual o investidor acha que consegue vencer o mercado sozinho. Há ainda o viés de confirmação em que se vê apenas aquilo que confirma nossa opinião, desprezando informações que nos contrariam.

Outro viés é a ilusão de controle, que faz as pessoas acreditarem que podem afetar os eventos futuros ou dominá-los, mesmo que não se tenha nenhuma influência sobre elas, como é o caso dos preços do mercado.

Há ainda a representatividade, no qual o investidor só leva em conta os eventos que o afetaram mais para analisar o futuro. Assim, o amigo falando do ganho que obteve no day trade acaba sendo mais representativo do que o fato de o próprio investidor ter perdido.

Também está presente o viés do autocontrole, em que o investidor tem dificuldade em se controlar e acaba voltando a arriscar para tentar ganhar o que perdeu, e o viés do otimismo, quando o indivíduo se considera melhor que  a média em determinadas situações e acredita que só coisas boas acontecem com ele.

Eid lembra ainda que há um grande número de pessoas e empresas que ganham com esse tipo de mercado e que incentivam seu crescimento. “Sempre lembro que quem ganhou mais dinheiro na febre do ouro da Califórnia foram os fabricantes de picaretas”, ironiza.

Para o professor, há um forte apelo psicológico no mercado de day trade. “O investidor fica excitado, acha que vai resolver seu problema de desemprego ou de falta de dinheiro, mas acaba perdendo e destruindo a vida familiar.”

O post Prejuízo, depressão e morte no mercado de day trade: quando a especulação sai de controle apareceu primeiro em Arena do Pavini.

Prejuízo, depressão e morte no mercado de day trade: quando a especulação sai de controle
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (417)
Vinícius Maciel Casa
Vinícius Maciel Casa 13.04.2021 21:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Triste. Dificuldades todos passam em algum momento da vida. Ninguém passa ileso na vida. infelizmente o emocional foi prejudicado e acabou acontecendo essa tragédia. Na minha opinião, Day Trade deveria acabar, vendas a descoberto, enfim... Mais um que perdeu a vida por conta dessa roleta russa.
Wagner Gabriel Ruy
Wagner Gabriel Ruy 15.04.2020 20:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vou receber críticas ... mas pra mim devia acabar day trade e venda a descoberto ... isso não é investimento .. é só especulação
Braw Sbl
Braw Sbl 24.03.2020 14:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Já avisei vários mulekes que procurarão meus conhecemos e opinião de investidor durante 8 anos e o conselho e o seguinte, jogo e jogo e investimentos são investimentos não confia as bolas.
Rodrigo Talcatel
Rodrigo Talcatel 26.09.2019 18:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tinha desistido de tudo, ate receber uma desmotivação, quer dizer mandaram eu parar, depois de descobrir que varios " traders de sucesso em conta demo" ganham $ vendendo cursos, e mesmo assim mostrou que a pessoa da materia tinha curso e mesmo assim perdeu um monte, resumindo nao é curso q vai fazer ele ganhar e sim conhecimento, e saber jogar esse JOGO, sim JOGO, eu nunca pedi ajuda de Deus no mercado, pode ser pq perdi , nao sei, Deus ajuda de outras maneiras, ainda os q fecharam a pporta vao querer abrir, depois da volta por cima, hj comprovei oque sempre soube, midia vende materia com historias reais e personagens ficticios, ajudem quem realmnte precisa, falem com a pessoa e mesmo assim veja se ela tem como se reorganizar sozinha, pq é provas que adquirimos conhecimento para evolucao, levantar uma vakinha pela materia, a pessoa quando estava usufruindo, dos prazeres do trade, nao se perguntava do plano B se desse algo errado
Rodrigo Talcatel
Rodrigo Talcatel 26.09.2019 18:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
um exemplo , a pessoa passou anos estudando fazendo curso e da uma perda, qual a vantagem dele parar por uma perda grande?, vai parar?, dificil, pq nao dar uma chance pq o cara ja aprendeu o lado oculto do mercado entao tem que sair, pq agora q ele sabe como perdeu nao vai perder mais?, muitos tem medo disso e conselho é sair, todos traders que perderam, nao desistem, reveja a causa da perda, se nao foi ssua culpa diretamente, volte, aos poucos, pq é isso q precisa, vc ja sabe o que deu errado, muitos vao falar desista, nao seja como o tal da materia, q ficou se gabando, faça o seu, pq é possivel nunca mostre seus ganhos, e sempre ajude quem precisa, Deus nao vai ajudar ninguem desse meio, nao conte com ele, mas sempre Ajude com oque ganhou do mercado, eu perdi minha casa perdi tudo sim, nesse mercado, vou voltar nem q seja com pouco, pq sei da capacidade q tenho, que é conhecimento. isso ninguem  tira, $ acaba mas conhecimento nao!
Rodrigo Talcatel
Rodrigo Talcatel 26.09.2019 18:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
essa materia ai foi puro marketing, nao sei para qual finalidade, eu estou em uma situacao pior, nao fui procurar ajuda de ninguem pq acontece isso aos montes, mas as pessoas perdem e logo ja querem se matar, nao vao buscar uma solucao, sabe pq? vergonha, e sabe q todos os traders sao desunidos um querendo ser melhor q os outros, pede ajuda para vc ver, mesmo q vc perca e nao sendo erro seu, sempre vai ser, como se diz, é concorrentes sempre , so ajudaram a garota, por marketing e mostrando q sao solidarios, conversa, eu sempre quiz fazer o negocio dar certo pensando em montar um fundo de reserva para esse tipo de problema, ajudar de algma forma, claro q qualquer trader q perdeu precisa de um minimo para sobreviver, o cara perdeu, opa vamos te resgatar,, vou fazer um teste para ver sua capacidade ainda de operar, mas nao sabe qual conselho saia do mercado, vai procurar outro ramo,
Rodrigo Talcatel
Rodrigo Talcatel 25.09.2019 10:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
estao querendo ocultar a verdade do daytrader, muitos se suicidam sem ninguem saber por vergonha
Alex Investor
Smartinvest 24.09.2019 19:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Melhor conselho , fiquem longe , bem longe de daytrade com mercados futuros , se não conseguir ficar longe , não faça loucuras de operar 100 lotes de minis , opere apenas 1 contrato , se conseguir ganhar consistentemente passe para dois e assim por diante , sempre pense em quanto pode perder se tudo der errado , plataforma travar , pular stop, corretora sair do ar , cair um avião em NY , se não estiver disposto a perder esse valor , está muito alavancado. E esqueça de querer operar todo dia , Jesse livermore ja disse isso , não é possível ganhar todos os dias no mercado , existe dias certos para isso e dias em que vc deveria ir ao cinema, ler. livro ou. simplesmente pescar .
WILLIAMS CANTANHEDE
WILLIAMS CANTANHEDE 24.09.2019 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Para se previnir do destrutivo domínio emocional é útil pôr a atividade de trader no seu devido (e seguro) lugar: 10% de toda minha atividade remunerada.
cassiano braga
cassiano braga 24.09.2019 4:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
bmf é o seguinte..a alavancagem é alta...é bruta ...é uma ferramenta de dois gumes...se tens 100k..vais pegar 2%, 2k..e operar 2 MINIS de dolar ou indice... e deu... 1 MINI CONTRATO PRA CADA 1 K alocado... os loko vem com 100K, sem nenhuma gestão de risco , sem conhecimento técnico, sem um sistema estatístico confiável...sem saber nem o q é uma ptax... mete 100k e 5 lotes do cheio ....
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail