Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Presidente da Samsung nega irregularidades em acusações sobre fusão de 2015

Publicado 17.11.2023 08:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.
 
005930
-0,27%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Joyce Lee

SEUL (Reuters) - O presidente do conselho de administração da Samsung (KS:005930) Electronics, Jay Y. Lee, negou nesta sexta-feira ter cometido irregularidades, depois que promotores sul-coreanos pediram prisão de cinco anos para o executivo acusado de fraude contábil e manipulação do preço de ações envolvendo a fusão de 8 bilhões de dólares de afiliadas do grupo em 2015.

A audiência é a última sessão do tribunal de primeira instância antes de uma decisão, esperada para daqui a alguns meses, encerrando um julgamento que durou três anos.

O caso é o último contra Lee, que foi perdoado por uma condenação anterior e que, no ano passado, consolidou sua posição de liderança na Samsung como presidente-executivo do conselho de administração.

Durante a audiência desta sexta-feira no Tribunal Distrital Central de Seul, os promotores acusaram Lee, 55 anos, e outros ex-executivos do grupo de violarem a lei de mercados de capitais para tornar possível a fusão de 2015 que ajudou Lee a assumir um maior controle do carro-chefe do grupo, a Samsung Electronics.

"Os réus minaram a base do mercado de capitais para facilitar a sucessão do líder", disse a promotoria. "Eles abusaram da autoridade concedida pela empresa e pelos acionistas para os interesses particulares do líder do grupo e abusaram de desequilíbrio extremo de informações."

Lee e os executivos negaram terem cometido irregularidades, afirmando que os processos de fusão e contabilidade com os quais os promotores têm problemas faziam parte das atividades normais de gerenciamento. "Nunca tive meus interesses pessoais em mente durante a fusão", disse Lee ao tribunal.

"Nunca passou pela minha cabeça prejudicar outros acionistas para aumentar minha participação. Eu e os outros réus acreditávamos que a fusão ajudaria as duas empresas. Achei que ela atenderia às demandas da sociedade para tornar a governança transparente e simplificada."

Lee foi anteriormente condenado por subornar o ex-presidente sul-coreano Park Geun-hye e ficou preso por um total de 18 meses de 2017 a 2021. Posteriormente, ele recebeu liberdade condicional em 2021 e foi perdoado em 2022.

Presidente da Samsung nega irregularidades em acusações sobre fusão de 2015
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail