Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Suprema Corte dos EUA nega novamente pedido da Bayer em processo sobre herbicida

Ações 27.06.2022 16:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Logo da Bayer fotografado em Leverkusen, Alemanha 27/02/2019 REUTERS/Wolfgang Rattay

Por Dietrich Knauth

(Reuters) - A Suprema Corte dos Estados Unidos rejeitou nesta segunda-feira outra oferta da Bayer AG (ETR:BAYGN) para encerrar um processo que alega que seu herbicida Roundup causa câncer, enquanto a gigante farmacêutica e química alemã tenta evitar danos potencialmente de bilhões de dólares.

Os juízes rejeitaram um recurso da Bayer e deixaram em vigor uma decisão de primeira instância mantendo uma sentença de 87 milhões de dólares concedida em uma ação na Califórnia para Alberta e Alva Pilliod, que foram diagnosticadas com câncer após pulverizar Roundup por mais de três décadas.

A Suprema Corte rejeitou em 21 de junho um recurso da Bayer em um caso diferente do Roundup.

A Bayer argumentou que as alegações de câncer sobre o Roundup e seu ingrediente ativo glifosato vão contra a ciência sólida e a liberação do produto pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA.

A apelação da Bayer no caso Pilliod levantou um desafio adicional, argumentando que violaria as proteções do devido processo legal da Constituição dos EUA para conceder indenizações punitivas que superam em muito as indenizações compensatórias.

Alva e Alberta Pilliod foram diagnosticadas com linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer linfático, após décadas de uso do Roundup.

A Bayer, que também fabrica aspirina, pílulas anticoncepcionais Yasmin, entre outros produtos, perdeu três processos nos quais os usuários do Roundup receberam dezenas de milhões de dólares em cada um, enquanto venceu quatro. A Bayer depositou esperanças para algum alívio na Suprema Corte de maioria conservadora, que tem a reputação de ser pró-negócios.

A Bayer disse em seu relatório anual de março que havia chegado a acordos em cerca de 107 mil casos, de cerca de 138 mil no total.

Uma das principais defesas da Bayer no litígio é que a agência decidiu que o glifosato não é cancerígeno e não representa um risco para a saúde pública.

A Bayer disse que não deveria ser penalizada por comercializar um produto considerado seguro pela agência e no qual a agência não permitiria que um aviso de câncer fosse impresso.

Os processos contra a Bayer disseram que a empresa deveria ter alertado os clientes sobre o suposto risco de câncer.

(Reportagem de Lawrence Hurley e Dietrich Knauth)

Suprema Corte dos EUA nega novamente pedido da Bayer em processo sobre herbicida
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail