Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Biden assina lei de subsídio a setor de chips nos EUA

Tecnologia 10.08.2022 09:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
2/2 © Reuters. Biden assina lei de subsídio a setor de chips nos EUA 09/08/2022 REUTERS/Evelyn Hockstein 2/2
 
INTC
-1,66%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
LMT
-0,72%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
MU
-0,20%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
AMD
-0,13%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
HPQB34
-0,69%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ITLC34
-1,38%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por David Shepardson e Jeff Mason

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou nesta terça-feira uma lei que fornece 52,7 bilhões de dólares em subsídios para a produção e pesquisa de semicondutores no país, de modo a tentar acirrar a competição com a China no setor.

"O futuro será feito nos EUA", disse Biden, chamando a medida de "investimento único em uma geração".

A lei, entre outros pontos, inclui um crédito fiscal de 25% para investimentos em fábricas de chips, estimado em 24 bilhões de dólares, bem como autoriza 200 bilhões de dólares em 10 anos para impulsionar a pesquisa científica no setor nos EUA.

A medida visa aliviar uma escassez persistente de componentes eletrônicos que afetou produtos em geral, desde carros e armas a máquinas de lavar e videogames.

Biden elogiou os investimentos que as empresas de microprocessadores estão fazendo, embora ainda não esteja claro quando o Departamento de Comércio dos EUA estabelecerá regras para analise dos pedidos de subsídios e quanto tempo levará para a alocação dos recursos nos projetos.

Alguns republicanos se juntaram a Biden no gramado da Casa Branca para assistir à assinatura do projeto de lei, que estava sendo elaborado há anos no Congresso.

Os presidentes-executivos de empresas do setor, como Micron, Intel (NASDAQ:INTC), Lockheed Martin (NYSE:LMT), HP e AMD participaram da assinatura, assim como os governadores dos Estados da Pensilvânia e Illinois, os prefeitos de Detroit, Cleveland e Salt Lake City, e congressistas.

A Casa Branca disse que a aprovação do projeto está estimulando novos investimentos em chips, citando, entre outras medidas, o acordo da Qualcomm na segunda-feira para aquisição de mais 4,2 bilhões de dólares em microprocessadores da fábrica da GlobalFoundries em Nova York.

Os apoiadores do plano afirmam que a lei beneficia empresas lucrativas de chips que anteriormente fecharam fábricas nos EUA, mas Biden disse nesta terça-feira que "a lei não está distribuindo cheques em branco para empresas".

O Congresso dos EUA ainda precisara aprovar uma legislação separada sobre os financiamentos.

(Por David Shepardson e Jeff Mason)

Biden assina lei de subsídio a setor de chips nos EUA
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Eliezer Stefanello
Eliezer Stefanello 09.08.2022 17:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mas quando aquele outro candidato falava isso, ele era o demômio xenofóbico.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail