📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Ações da Klabin caem quase -20% em 12 meses: risco ou oportunidade?

Publicado 07.02.2023, 10:39
Atualizado 09.07.2023, 07:32
KLBN4
-
KLBN11
-
KLBN3
-
RANI3
-
SUZB3
-

As ações da Klabin (BVMF:KLBN11) encerraram o mês de janeiro em queda de -3,42%. Nos últimos 12 meses, o papel recua quase -20%.

O que está impactando negativamente as cotações de mercado? Quais são as perspectivas para o setor de papel e celulose em 2023? Estamos em um bom ponto de entrada para investidores?

Apresento abaixo os principais pontos sobre a empresa.

Uma visão completa sobre Klabin

Do histórico de resultados dos últimos 5 anos, considerando 2017 e os últimos 12 meses, incluindo o último trimestre de 2021 no resultado, o crescimento médio composto da companhia foi: +18,45% receita líquida, +32,89% no Ebitda e +55% no lucro líquido.

Observamos que cerca de 43% da receita líquida de Klabin é proveniente do mercado externo, o que também contribui bastante para os resultados, dado que o dólar saiu de um patamar de R$ 3 para os R$ 5 atuais.

De modo geral, na nossa visão, Klabin é um mix de volume, uma vez que a empresa precisa entregar mais volume para vender no mercado com o preço à vista da commodity, o preço spot e, para isso, a companhia precisa elevar a capacidade de produção de suas fábricas; por consequência, a cotação do dólar muitas vezes acaba tendo um impacto mais forte do que o próprio preço da celulose – o câmbio influencia diretamente o Ebitda da companhia.

Vantagens competitivas

Acreditamos em 5 principais pilares como diferenciais da Klabin no longo prazo, conforme abaixo:

  • Rivalidade entre os concorrentes: Concorrência em tamanho, Klabin é a única que atua em todas as suas frentes, tem concorrentes como Suzano (BVMF:SUZB3) e Irani (BVMF:RANI3), Suzano tem fibra curta, e Klabin tem fibra longa e fluff também. A indústria tem um crescimento mais lento, dado que os custos fixos para começar do zero ou armazenagem são altos, então é bom para Klabin, é uma barreira de entrada bem grande.
  • Poder de barganha dos fornecedores: A empresa não depende de um mesmo fornecedor, pois conta com vários, o que a faz conseguir preços melhores.
  • Poder de barganha dos compradores: Os consumidores possuem relacionamento de longo prazo com Klabin e até mesmo em ambientes mais inflacionários, a companhia tem conseguido repassar os preços.
  • Ameaça novos entrantes: É bem difícil a entrada de novos competidores devido aos custos elevados. Hoje temos Irani e Suzano, e para atuar nos três segmentos [fibra curta, fibra longa e fluff] leva tempo, grandes investimentos e a economia de escala demora para aparecer.
  • Ameaça de produtos ou serviços substitutos: É um mercado mais estável e perene, o que reduz bastante a ameaça de substitutos.

Pontos de risco

A seguir, encontram-se os principais riscos inerentes à visibilidade de crescimento para os próximos anos.

  • Preço da celulose: O mercado está bastante pessimista com o preço da celulose em 2023, que deve voltar a cair e, por consequência, impactar os resultados de Klabin, mesmo com a elevação de produção e novos investimentos mais focados na companhia nos próximos cinco anos.
  • Endividamento: O nível de endividamento atual está cada vez menor, passado o pico de alavancagem com investimentos em Puma II, na casa de 2,5 vezes Dívida Líquida/Ebitda, porém é um indicador para deixar no radar, pois Klabin é uma empresa de capital intensivo e busca o menor custo possível para o negócio. Com despesas de capital intensivo, esse investimento é alto.

Principais projetos

O projeto Puma II deve atingir sua capacidade plena de 450 mil toneladas em 2024, o que representa um crescimento de +7% de 2023 para 2024.

No total, a companhia tem outros 23 projetos especiais e expansões, com destaque para o Projeto de Horizonte e o Projeto Figueira.

Considerando todos os planos de expansão, nossa projeção é que o crescimento da companhia, com os dados fornecidos até o momento, seja de cerca de +12% da produção em 2023 e +19% em 2024. Para 2027, a estimativa é de estabilidade, em que a rampagem será maior e o crescimento de produção será de +17% de 2026 para 2027.

Considerações finais

A Klabin negocia hoje cerca de 6 vezes lucros e 6 vezes Ebitda, abaixo da sua média histórica, também corroborando com os últimos bons resultados com a celulose em pico histórico.

É claro que olhar o P/L é mais complicado por conta de dívidas em dólar e, por isso, oscila bastante. Assim, direcionamos a análise mais para o Ebitda e a geração de caixa.

Além disso, vemos Klabin como uma empresa muito rentável, com histórico de retorno em relação aos seus investimentos, com capital de acionistas e credores hoje na casa de 19%, ROIC médio de 14% nos últimos anos e ROE médio de 66% recentemente, com o crescimento de lucros apesar da volatilidade.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.