😎 Promoção de meio de ano - Até 50% de desconto em ações selecionadas por IA no InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Batalha entre Apple e Microsoft se intensifica: Quem leva a melhor no longo prazo?

Publicado 17.06.2024, 10:15
MSFT
-
AAPL
-
NVDA
-

Apple (NASDAQ:AAPL) e Microsoft (NASDAQ:MSFT) são duas das empresas mais influentes do mundo da tecnologia nas últimas décadas. Com negócios diversificados e presença global significativa, ambas vão muito além de seus carros-chefes, o iPhone e o Windows, respectivamente. Com lucros bilionários e margens robustas, disputam frequentemente o posto de maior valor de mercado do mundo. E dessa vez, a marca da Maçã está na frente.

Impulsionada por resultados favoráveis na semana passada, a Apple superou a Microsoft e tomou a liderança no assunto: chegou a incríveis US$ 3,3 trilhões de capitalização, contra US$ 3,26 trilhões da rival. Foram US$ 330 bilhões de crescimento em apenas um dia, tudo graças à expectativa pela nova tecnologia de inteligência artificial a ser lançada pela empresa. A briga deve continuar acirrada entre as duas, tanto quando o assunto é IA quanto sobre qual a mais valiosa do mercado financeiro -- com a Nvidia (NASDAQ:NVDA) também já se aproximando (market cap de US$ 3,24 trilhões).

Apple e Microsoft são líderes em seus mercados, possuem público leal e agoram disputam também a ponta em inteligência artificial, o segmento mais valorizado do momento. Em um cenário competitivo, onde a tecnologia evolui a um ritmo acelerado, acertar estratégias é essencial para superar os desafios contemporâneos e se posicionar para o futuro.

Utilizando as ferramentas avançadas do InvestingPro, comparamos Apple e Microsoft para entender como estão as duas empresas mais valiosas da atualidade e qual delas traz melhores perspectivas para o investidor.

Apple

A atual líder do ranking de capitalização de mercado fechou o pregão da última sexta-feira cotada em US$ 212,49. No ano, a empresa já tem valorização de +10,4%. Seu preço-justo calculado pelo InvestingPro, no entanto, é de US$ 167,42 na média de 14 modelos de valuation, o que implica uma potencial desvalorização de -21,2% nos próximos 12 meses. O modelo mais otimista é o de Desconto de Dividendos Multi Estágio, com preço-justo de US$ 192,67, o que ainda sugere uma possível queda de -9,3%, enquanto todos os outros modelos apontam abaixo de US$ 170,00. Já o preço-alvo na mediana de 40 analistas é de US$ 204,76 (-3,6%).Fonte: InvestingPro

Já a nota geral de saúde financeira da Apple é de 3,05 (B), acima da média de 2,75. Sua nota deveria ser maior, porém, visto que a categoria de Valor Relativo puxa bastante para baixo (nota 1,20) por conta de múltiplos de valuation altos da empresa no momento -- o P/L de 32,5x, o P/VPA de 43,9x e o EV/Ebitda de 24,7x são só alguns exemplos. Descartando isso, a nota média de saúde financeira seria 3,54. As categorias de Tendência de Preço (4,25) e Lucratividade (4,55), por outro lado, têm notas excelentes. Na importantíssima seção dos lucros, vale destacar métricas positivas como Retorno de Caixa sobre Capital Investido (58,1%), Retorno sobre Ativos (30,0%), ROE (147,3%) e Retorno sobre Capital Investido (57,3%). Além, claro, dos lucros líquidos reportados de US$ 96,9 bilhões em 2023 e US$ 23.6 bilhões no 1T24.

Fonte: InvestingPro

No geral, os analistas acreditam que a Apple seguirá lucrativa em 2024, o que deve manter o pagamento de dividendos que já dura 13 anos -- com crescimento do valor nos últimos 12. Caso a empresa realmente acerte em sua estratégia de IA e surfe na maior onda do momento, a tendência é que o que já é bom fique ainda melhor nos próximos meses.

Microsoft

A empresa fundada por Bill Gates perdeu a liderança em valor de mercado, mas segue com perspectivas otimistas. Cotada em US$ 442,57 na última sexta, a Microsoft tem crescimento de +17,7% no ano. Mas também há potencial de desvalorização segundo o preço-justo do InvestingPro, que é de US$ 381,78 (-13,7%) na média de 14 modelos de valuation para os próximos 12 meses. O modelo mais otimista é o de Fluxo de Caixa Desconto de 10 Anos com Saída pelo Ebitda, que calcula o preço-justo em US$ 437,43 (-1,2%). Mas o preço-alvo dos analistas (mediana de 52 encontrados) acredita em valorização: é de US$ 488,37 (+10,3%).Fonte: InvestingPro

A nota geral de saúde financeira da Microsoft é um pouco superior à Apple com 3,14 (B). Assim como a rival, a categoria de Valor Relativo puxa muito para baixo, com nota de 1,14 por múltiplos de valuation altos -- P/L de 38,2x, P/VPA de 13,0x e EV/Ebita de 26,3x, entre outros. Descartando a categoria, a nota média de saúde financeira da empresa seria de 3,64. Outro ponto similar é que as melhores categorias são Tendência de Preço (nota 4,06) e Lucratividade (nota 4,28). Na parte dos lucros, vale destacar indicadores como Margem Ebtida (53,3%), Margem Líquida (36,4%) e Margem Operaciona (45,0%). Os últimos lucros líquidos reportados foram de US$ 72,3 bilhões em 2023 e US$ 21,9 bilhões no 1T24.

Fonte: InvestingPro

Por fim, a Microsoft manteve dividendos por 22 anos consecutivos e os aumentou nos últimos 18. A tendência também é de manter a lucratividade em 2024, com esperança que o investimento bilionário feito na OpenAI, criadora do ChatGPT, renda frutos na corrida para dominar o mercado de inteligência artificial.

Comparação Rápida

Valor de Mercado

Apple: R$ 3,30 trilhões
Microsoft: R$ 3,24 trilhões

Upside do Preço-Justo

Apple: -21,2%
Microsoft: -13,7%

Nota de Saúde Financeira

Apple: 3,05 (B)
Microsoft: 3,14 (B)

Lucro no 1T24

Apple: US$ 23,6 bilhões
Microsoft: US$ 21,9 bilhões

Lucro em 2023

Apple: US$ 96,9 bilhões
Microsoft: US$ 72,3 bilhões

Fluxo de Caixa Livre

Apple: US$ 101,9 bilhões
Microsoft: US$ 70,6 bilhões

Dívida/Patrimônio Líquido

Apple: 141,0%
Microsoft: 42,0%

O que você espera de Apple e Microsoft na disputa por inteligência artificial? Quem vai dominar o mercado e se tornar a mais valiosa?

OBS: Dados coletados na sexta-feira, 14 de junho de 2024

Encontre dados avançados sobre Apple, Microsoft e outras ações do mundo inteiro com o InvestingPro. Para um desconto especial, use o cupom PROANALISE para as assinaturas anuais e de 2 anos do Pro e Pro+

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.