📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Breves conselhos para investidores

Publicado 01.07.2024, 10:32

Conta-se uma história sobre o iate Real Britannia da Rainha da Inglaterra. 

Reza a lenda que o iate da Rainha aportou numa ilha de domínio da Coroa britânica, mas curiosamente não foi recebido pela tradicional salva de 21 tiros de canhão.  

Furioso, o Comodoro do iate logo seguiu para a fortaleza da colônia para enquadrar o chefe local, o comandante da ilha, por tal desfeita.

Em forma: bradou o Comodoro.

Pronto: disse o comandante da ilha, batendo continência. O senhor conhece os regulamentos da Real Marinha de Sua Majestade? Sim, senhor.

Então o senhor deveria saber que a chegada do iate de Sua Alteza deveria ser recepcionado com uma salva de 21 tiros de canhão!

Sim, senhor. Eu deveria receber Sua Alteza com 21 tiros de canhão.

Então por que o senhor não ordenou o comando para tal? Perguntou o Comodoro.

Tive dez motivos e razões relevantes para isso.

E quais são os motivos, senhor comandante?

O primeiro motivo é que hoje não temos pólvora para o canhão: disse o  Comandante.

Então o senhor está dispensado de dizer as outras 9 razões!

Eis aqui, 10 breves conselhos que podem te ajudar a escolher melhor seus  investimentos:

1- Se você ainda não construiu seu pé-de-meia e vive com um orçamento apertado, recomendo a caderneta de poupança... E fica dispensado de ler os outros 9 conselhos;

2 – No mercado de renda variável, momentaneamente você sofre perdas. O vencedor é o que ganha mais do que perde. As médias compensam tudo. Construir resultado médio e consistente envolve tempo e paciência;

3 – Alguns erros são inevitáveis. É importante saber lidar com eles. Ao tomar uma posição na Bolsa, as chances imediatas de sucesso são de 50%, e fazendo certo aumenta a longo prazo;

4 – Comece sempre pelo mercado à vista, por ter característica menos arriscada. Não tem como errar muito;

5 – Desenvolva um método de investimento e siga-o a risca. No mercado à vista use gráficos como referencia de preços, mas na hora de decidir, recomendo análise dos fundamentos da empresa. Mesmo que o mercado entre em crise, se fez o dever de casa e nada mudou na empresa, nem na economia (ceteris paribus), mantenha o curso do investimento e alcançará o objetivo final;

6 – A diversificação é importante, mas não exagere se está começando. Talvez três ou cinco ações sejam suficientes. Evite girar a carteira. Isso implica em custos com corretagem, emolumentos, etc. Só deve fazer movimento bem pensado, que seja para evitar prejuízo ou  melhorar seu custo de oportunidade;

7 – Cuidado com os papagaios falantes e cursos vendidos por quem tem pouca vivência de mercado. Você encontra muitas recomendações com base em puro achismo. Não arrisque seu rico dinheirinho assim tão fácil;

8 – Nunca reforce um mico (gíria do mercado para ações fracas) comprando mais de um ativo que claramente já deu errado na vã esperança de baixar seu custo médio, torcendo por uma reviravolta. É quase certo que não vai acontecer tão cedo;

9 – Se for seduzido pelos derivativos, procure urgente saber o que é isso antes de começar. Para se aventurar nesse mercado, é preciso estudar conceitos de alavancagem, hadge, venda a descoberto, compra a termo, etc. Tudo precisa estar muito claro em mente. Aqui é onde se pode ganhar muito ou perder tudo e muito mais, e rápido. A propósito, o mercado de opções é um dos mais acessíveis ao pequeno investidor;

10 – Mercados futuros são excelentes para quem sabe operar. Infelizmente  são poucos. O grande público olha para o mercado apenas pelo lado da compra. É da natureza desse mercado operar as duas pontas, isto é, comprado ou vendido de forma alavancada (usando dinheiro da corretora) te conduzindo a riscos igualmente elevados.

Concluindo, seja disciplinado e obedeça as ordens do Comodoro. Mas  quem é o Comodoro? Nos investimentos ele é o próprio mercado. Tem suas regras, autoridade, é exigente e aplica punições severas aos imprudentes!!!

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.