Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Minério de ferro se recupera com preocupação com oferta e flexibilização de lockdown

Cenário da Produção de Petróleo nos EUA em 2022, Segundo Dados do Fed de Dallas

Por Ellen R. Wald, Ph.D.Commodities06.01.2022 09:36
br.investing.com/analysis/cenario-da-producao-de-petroleo-nos-eua-em-2022-segundo-dados-do-fed-de-dallas-200446933
Cenário da Produção de Petróleo nos EUA em 2022, Segundo Dados do Fed de Dallas
Por Ellen R. Wald, Ph.D.   |  06.01.2022 09:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Publicado originalmente em inglês em 06/01/2021

No fim de dezembro, a sucursal do Federal Reserve em Dallas divulgou os resultados de sua pesquisa energética para o quarto trimestre, cujos dados foram coletados entre os dias 8 e 16 daquele mês, abrangendo 90 empresas de exploração e produção, além de 40 prestadoras de serviços petrolíferos.

WTI semanal
WTI semanal

Apresentamos abaixo uma análise de alguns pontos da pesquisa e o que significam para os preços e o futuro da produção de petróleo nos EUA.

1. Custos de produção estão disparando

Esse foi o terceiro trimestre seguido em que os custos de produção aumentam. No entanto, cabe ressaltar que a taxa de elevação no 4º tri foi mais rápida dos cinco anos em que essa pesquisa é realizada.

As empresas relataram aumentos de custos de forma geral, incluindo exploração e desenvolvimento, despesas operacionais e pessoal. De fato, os custos mais elevados foram destacados na seção de comentários, em que os executivos expressaram dificuldades de produção e disseram que a inflação impactará as perfurações e completação de poços em 2022. Também foram citados, como fatores que estão limitando a produção, a escassez de trabalhadores e a dificuldade de encontrar profissionais qualificados.

A inflação claramente está tendo papel preponderante nos aumentos de custos da produção petrolífera, os quais devem ser repassados aos consumidores. Mesmo que as despesas parem de subir, devem permanecer em patamar elevado, ajudando a manter um piso sob os preços. Tudo leva a crer que os maiores custos restringirão o crescimento da produção em 2022.

2. Previsões de preços estão levemente mais altas

Um conjunto de 132 executivos forneceu sua previsão de preços para o barril de West Texas Intermediate (WTI) no fim de 2022. O preço médio citado foi de US$74,69. Setenta e quatro por cento dos entrevistados acreditam que os preços do barril de WTI ficarão na faixa de 70 a 80 dólares no final de 2022.

No entanto, as empresas relataram que seus planejamentos de dispêndio de capital em 2022 baseiam-se em um preço médio de apenas US$64 para o barril do WTI. São previsões de preços menos otimistas do que as de vários bancos grandes, como o Goldman Sachs (NYSE:GS) (SA:GSGI34), Citigroup Inc (NYSE:C) I (SA:CTGP34) e Morgan Stanley (NYSE:MS) (SA:MSBR34), que preveem que os preços subirão para a faixa de 80 a 90 dólares em 2022.

É importante compreender que tais projeções devem ser devidamente contextualizadas. Recentemente, vimos que os bancos tendem a superestimar os preços do petróleo, enquanto as empresas americanas do setor tendem a subestimá-los. Os entrevistados na pesquisa do 3º tri, por exemplo, quando o preço do barril estava a US$72, estabeleceram o preço médio do WTI ao final de 2021 em US$69,99.

De fato, a cotação do petróleo norte-americano em 30 de dezembro de 2021 acabou sendo de US$76,99 por barril. Por outro lado, em outubro, vários grandes bancos acreditavam que o preço do barril de Brent atingiria US$90 ao final do ano. Obviamente, isso não aconteceu, revelando o otimismo exagerado dessas instituições.

As empresas petrolíferas, especialmente dos EUA, podem ter essa tendência de subestimar os preços futuros, porque sua experiência mais recente foi a de preços extremamente baixos. Várias empresas ficaram traumatizadas com o longo período de cotação deprimida a partir de 2015, intensificada pelo colapso de preços do WTI na primavera local de 2020.

Com isso, as empresas provavelmente ficaram mais conservadoras e reduziram seu dispêndio de capital, considerando que os preços do petróleo podem cair em 2022.

3. Aumento da produção é prioridade, principalmente para empresas menores

Apesar dos aumentos de custos, escassez de trabalhadores, incerteza regulatória e falta de oferta de capital pelas instituições financeiras, cerca de 50% das empresas disseram que o aumento da produção era sua maior prioridade em 2022. Isso, entretanto, não significa que os investidores devam necessariamente alimentar a expectativa de grandes saltos na produção total dos EUA neste ano.

As empresas menores, definidas pela pesquisa como produtoras de menos de 10 mil barris por dia, em sua grande maioria citaram o crescimento como seu principal objetivo, enquanto empresas maiores disseram que sua maior prioridade era reduzir custos em 2022. Como essas empresas são muito pequenas, mesmo que dobrem sua capacidade produtiva neste ano, sua oferta não deve impactar o cenário mais amplo da oferta norte-americana previsto para 2022.

 

 

Cenário da Produção de Petróleo nos EUA em 2022, Segundo Dados do Fed de Dallas
 

Artigos Relacionados

Scot Consultoria
Preços Estáveis em São Paulo   Por Scot Consultoria - 13.05.2022

Por Felipe Fabbri São Paulo Com escalas de abate programadas para a semana seguinte, os frigoríficos abriram o dia (12/5) com menor ímpeto comprador. Com isso, a referência para o...

Cenário da Produção de Petróleo nos EUA em 2022, Segundo Dados do Fed de Dallas

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Allan KI
Allan KI 06.01.2022 13:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Texto reflete muita a excelência americana de ser...quando se está em cima do muro e não sabe o que fala...apenas balança o muro...kkk
Dimitri de Alencar
Dimitri de Alencar 06.01.2022 11:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
esperava mais de uma PHD
João Ramos
João Ramos 06.01.2022 11:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ronaldo Maluf Martins
Ronaldo Maluf Martins 06.01.2022 10:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Concluiu nada. Muita luta, falam muitas bobagens.
Claudio Luis
ClaudioFer 06.01.2022 9:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E? Qual a conclusão?
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail