Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

COP26: Até Agora, Quais Lições os Investidores Podem Tirar?

Por Rebeca NevaresResumo do Mercado07.11.2021 11:46
br.investing.com/analysis/cop26-ate-agora-quais-licoes-os-investidores-podem-tirar-200445761
COP26: Até Agora, Quais Lições os Investidores Podem Tirar?
Por Rebeca Nevares   |  07.11.2021 11:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Por Rebeca Nevares, sócia da Monte Bravo Investimentos

Mesmo com o mercado brasileiro agitado por conta da PEC dos Precatórios e furo do Teto de Gastos, a COP26 não tem passado despercebida. Adiada em um ano por conta da pandemia, a conferência, que vai até o dia 12 de novembro, lança luz às discussões sobre o clima e a economia. 

De acordo com dados do Climate Action Tracker, caso nada seja feito nos próximos 80 anos, projeta-se um aquecimento de 4°C no planeta, o que pode inviabilizar a vida da forma como estamos acostumados.  

Ainda que o mercado não sinta os efeitos de curto prazo dos acordos firmados, no longo a tendência é que mudanças significativas aconteçam na economia. Compreender este cenário pode ajudar os investidores a tomarem decisões mais adequadas ao longo do tempo. 

Exemplo disso é a crescente demanda por investimentos mais responsáveis. Já existem diversos fundos que só consideram negociar com empresas que se preocupem com melhores práticas sociais e ambientais. Recentemente, também surgiram iniciativas que concedem crédito com taxas mais baixas para negócios que comprovadamente investem em mudanças fundamentadas no conceito ESG.    

E o mesmo pode ser dito das pessoas físicas no Brasil, que também têm procurado, de forma cada vez maior, opções de ativos mais responsáveis neste sentido. 

Recentemente, a Anbima definiu novas regras para tentar evitar o chamado “greenwashing” entre as gestoras brasileiras. Na prática, as assets que pretenderem “vender sustentabilidade” precisarão atender critérios específicos para ganhar a sigla IS, de investimento sustentável. 

Por outro lado, os efeitos na economia são difíceis de serem previstos, mas mudanças sutis já podem ser percebidas. Se você vive em uma capital brasileira, provavelmente já tem visto modelos de carros híbridos, que mesclam energia elétrica e fóssil. 

Aqui fica claro que alguns setores tendem a ser mais beneficiados do que outros. Empresas com linhas mais sustentáveis do que os concorrentes, por exemplo, podem ter uma atratividade mais recorrente por seus produtos e serviços no longo prazo. 

Além disso, há certa ansiedade para que o mercado global de carbono seja destravado. E o Brasil tem potencial para ser um dos maiores emissores deste tipo de crédito no mundo. 

De forma resumida, países e empresas que precisarem reduzir suas emissões poderão comprar créditos de outros agentes que emitiram menos.   

Porém, ainda há muito o que evoluir neste sentido. Ainda não se sabe, por exemplo, como padronizar o sistema mundial de medição dos gases emitidos por cada país, algo que praticamente inviabiliza os planos. 

Por fim, o Brasil tem um grande potencial para ser protagonista deste novo cenário. Precisaremos provar que estamos fazendo nossa parte para cumprir as metas. 

O governo se comprometeu a dobrar o orçamento do Ministério do Meio Ambiente e acabar com o desmatamento ilegal até 2030. É esperar para ver. 

Do lado do investidor, há boas oportunidades na mesa. Em uma das lives transmitidas pela Monte Bravo, falamos sobre o aumento de demanda de commodities metálicas como prata e cobre. As duas serão fundamentais para a criação da infraestrutura na qual a nova economia está inserida. 

O setor de energia elétrica também é, sem dúvida, outro beneficiário desta mudança. Como destaquei mais acima, meios de transportes híbridos tendem a ganhar cada vez mais espaço em detrimento daqueles movidos a derivados de petróleo

São mudanças profundas, porém, necessárias. E como investidores, precisamos estar atentos para as atividades que o nosso dinheiro nutre. Os impactos serão vividos por nós, nossos filhos e netos. Pense nisso!

COP26: Até Agora, Quais Lições os Investidores Podem Tirar?
 

Artigos Relacionados

COP26: Até Agora, Quais Lições os Investidores Podem Tirar?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
matheus henrique
matheus henrique 16.11.2021 7:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Agenda/cartilha socialista; Todo mundo quer ou queria, mas ninguem faz! Efeito estufa, peido do boi ... etc Pensa em uma imagem linda, os caras chegando com seus avioes e carroes nessa tal cop 26 o qnt de co2 emitiram? "pra voces regras ambientalistas pra mim nao". È assim que funciona essa quadrilha organizada que comando os mundo!
Luiz Ferreira Santos
Luiz Ferreira Santos 08.11.2021 3:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Em termos de mercado de ações a ENEV3 é a mais prejudicada, visto que trabalha com usinas térmicas movidas a carvão e exploração de gás natural, fonte poluidora, devido ao metano. Vejo o Urânio avançando.
César Menegatto
César Menegatto 08.11.2021 0:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
#B3MORREU
Izan Alencar
Izan Alencar 07.11.2021 19:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bla bla bla…..carro elétrico ou hibrido avança pq combustível ta caro. Painel solar nas casas é pq energia Eletrica tá cara. Somente por isso. O resto é papo da galera “progressista”.
Carlos Terres
Camon49 07.11.2021 19:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A VW alemã já se negou ao compromisso de parar sua produção de veiculos movidos a combustíveis fósseis.
Fernando Borelli
Fernando Borelli 07.11.2021 15:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
China é responsável por 30% da poluição ambiental, EUA por 17%, UE por 14% e o Brasil por apenas 3%. Tirem suas conclusões! Ah, ainda tem a Índia com valor alto, não me lembro quanto.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail