Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Estagflação: o Maior Pesadelo Para Economia Global

Por Ademir GutierriResumo do Mercado11.10.2021 12:31
br.investing.com/analysis/estagflacao-o-maior-pesadelo-para-economia-global-200445236
Estagflação: o Maior Pesadelo Para Economia Global
Por Ademir Gutierri   |  11.10.2021 12:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Você conhece o termo “Estagflação”? Imagine que você é um médico e está tratando de um jovem paciente. Esse paciente está doente, e o seu principal sintoma é uma febre elevada. Para tratá-lo e arrefecer a febre, você precisa utilizar um medicamento.

Acontece que esse medicamento possui um efeito colateral que pode afetar o crescimento do jovem paciente: quanto maior a dosagem, mais o seu crescimento é atrasado.

Até que chega em um momento em que você, médico, chega a uma encruzilhada, pois a febre está cada vez mais alta, mas você já está na dosagem máximo do remédio, e se você exagerar nessa dosagem pode prejudicar o paciente por anos, talvez até por uma década…

E agora, o que o pobre médico pode fazer? Será que existe alguma alternativa? Que pesadelo, não é?

Agora permita-me traduzir minha história: os “pacientes” são as economias, e a “febre” é a inflação. Para tratá-la, os “médicos” são os bancos centrais e o “remédio” para contê-la é o aumento nas taxas de juros, porém com o “efeito colateral” de retardar o crescimento da economia.

Meu objetivo com essa pequena história é tornar fácil para você, leitor, a compreensão do momento desafiador que as economias ao redor do mundo estão vivendo. E esse desafio tem nome: se chama estagflação.

O QUE É ESTAGFLAÇÃO?

Embora pareça complicado, o nome surge de uma combinação bastante amarga: junte um crescimento econômico estagnado a uma inflação elevada e um desemprego alto. Da mesma forma que o hipotético caso que criei acima seria um pesadelo para qualquer médico, a estagflação é o grande pesadelo de qualquer economia, e parece ter retornado com toda força. Não é à toa que a busca por seu significado cresceu abruptamente no Google.

Estagflação
Estagflação

E não é à toa. Provavelmente estamos lidando com o grande inimigo da economia mundial no pós-pandemia. E esse inimigo trará um verdadeiro desafio para todos os governos.

Ou seja, se você pensa que somente o Brasil está sofrendo com a alta dos preços ao mesmo tempo que patina para voltar a crescer, saiba que (infelizmente) não estamos sozinhos nessa. Nos próprios EUA, a inflação dos últimos 3 meses bateu a caso dos 5%, algo bastante elevado para os padrões americanos.

Inflação
Inflação

Além disso, de forma geral a escassez nos suprimentos deve persistir até o próximo ano, já que a variante delta do coronavírus está impedindo o retorno à normalidade, e as economias mais pobres ainda estão com pouco acesso às vacinas.

E os sinais mais recentes que ligam o alerta de uma estagflação global estão em verdadeiros choques de preços em duas importantes fontes de energia: o petróleo e o gás natural.

O preço do petróleo alcançou sua maior alta em sete anos, ou seja, já está muito acima dos preços do período pré-pandemia.

Petróleo
Petróleo

Além do petróleo, o preço do gás natural disparou mais de 500%, principalmente por conta do aumento da demanda devido à retomada econômica, porém com baixos estoques devido a um inverno mais rigoroso no ano anterior, e uma menor oferta de produção na Europa.

Gás
Gás

Com a escalada nos preços das commodities de energia, principalmente do petróleo, é impossível deixar de comparar (e se preocupar) com o que aconteceu na década de 70.

Depois de duas décadas de prosperidade e estabilidade após a Segunda Guerra Mundial, o mundo se viu em meio a uma série de acontecimentos que desencadearam uma disparada nos preços e aumento do desemprego, o que levou a economia a uma recessão.

E tal comparação não foi feita por qualquer um: podemos incluir nessa lista Larry Summers e Kenneth Rogoff, da Universidade de Harvard e Mohamed El-Erian da Universidade de Cambridge.

SERÁ MESMO QUE É TUDO ISSO?

Depois de visualizar esse quadro preocupante, é natural que você deva estar se perguntando: existe alguma saída para esse problema? Será que é tudo isso?

Segundo Jean Boivin, do BlackRock, “não estamos lidando com inflação de demanda. O que realmente estamos passando agora é um enorme choque de oferta ”, e “a maneira de lidar com isso não é tão simples quanto lidar com a inflação”.

Em outras palavras, o que precisamos observar para concluir se estamos em um cenário de estagflação é se o aumento nos preços será momentâneo ou persistente, se as expectativas permanecerão ancoradas e se os salários começarão a subir em espiral.

E, para os investidores, os termos “proteção do poder de compra” e “reserva de valor” nunca foram tão importantes. Não é por acaso que os títulos atrelados à inflação vêm sendo cada vez mais procurados, e algumas das ditas reservas de valor, como o ouro e o bitcoin, vêm se valorizando nas últimas semanas.

A hora da verdade se aproxima, e esperamos que o “paciente” economia se livre logo dessa “febre alta” chamada inflação, pois o que está em jogo é a sua saúde não só para esse ano, mas também para a próxima década.

E você, o que acha? Estamos vivendo um cenário de estagflação ou esse momento é temporário? Me conte nos comentários!

Estagflação: o Maior Pesadelo Para Economia Global
 

Artigos Relacionados

Estagflação: o Maior Pesadelo Para Economia Global

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (19)
Luivani Dutra Ferreira
Luivani Dutra Ferreira 12.10.2021 19:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A sinais preocupantes ao redor do mundo que estamos começando a enfrentar essa situação. Agora é momento da Política Keynesiana entrar em ação. Os governos deverão adotar uma Política Fiscal expansionista para enfrentar essa situação. Como, investimentos em obras e etc, para aquecer o mercado de trabalho. Já que a política monetária é contracionista
Milton Bonassi
Milton Bonassi 12.10.2021 19:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quer incrementar a inflação?
Luivani Dutra Ferreira
Luivani Dutra Ferreira 12.10.2021 19:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A sinais preocupantes ao redor do mundo que estamos começando a enfrentar essa situação. Agora é momento da Política Keynesiana entrar em ação. Os governos deverão adotar uma Política Fiscal expansionista para enfrentar essa situação. Como, investimentos em obras e etc, para aquecer o mercado de trabalho. Já que a política monetária é contracionista.
Milton Bonassi
Milton Bonassi 12.10.2021 17:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acho que entramos numa sinuca de bico: se as empresas aumentarem os salários de seus funcionários de acordo com a inflação esta se consolida e os BCs terão que aumentar muito os juros para quebrar a inércia, mas se as empresas não aumentarem os salários de seus funcionários, estes ficarão com o poder de compra reduzido e comprarão menos o que resultará em menos lucros para as empresas, o que resultará em fortes quedas de suas ações, assim, a queda das Bolsas é inevitavel, especialmente nos Estados Unidos em que os PLs estão muito elevados mesmo quando calculados sobre lucros excepcionalmente elevados em termos históricos, seja por causa de aumento dos juros, seja pela redução do lucro das empresas ou por ambos os motivos.
Marcos Prado Masliaev
Marcos Prado Masliaev 12.10.2021 16:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eu “acho” que ninguém sabe o que ocorrerá no futuro próximo, ainda menos no futuro distante.
caio tacla
caio tacla 12.10.2021 14:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
#ficaemcasa economia a gente vê depois 🤔
Marcos Prado Masliaev
Marcos Prado Masliaev 12.10.2021 14:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vai tomar um suco de COVID bem forte que vc melhora dessa sua desmiolação.
Nathan Silva
Nathan Silva 12.10.2021 11:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A inflação no Brasil é muito mais alta que seus pares porque criou muito mais dinheiro e piorou muito mais sua situação fiscal. O problema da inflação no Brasil é muito pior que no resto do mundo. O governo teria que parar de gastar. É simples, só que ele não faz.
Daniel Freiberger
Daniel Freiberger 12.10.2021 11:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tá cheio de gente com a cabeça cheio de drogas por aqui.
Angelo Lattari
Angelo Lattari 12.10.2021 10:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente explicação!!  O remédio para este paciente é a intervenção do estado sobre a causa da doença  !  Que se crie impostos sobre o aumento de preços ! Todo país que se preze tem em sua Constituição uma clausula que se chama  ABUSO DE PODER ECONÔMICO sendo a ferramenta ideal para forçar o produtor ou o prestador de serviços a ser mais eficiente, menos ganancioso, e mais respeitador da capacidade de poder aquisitivo da população e dos consumidores ! Quando o Estado é fraco ele não aplica esta lei e quando é corrupto ele esconde esta arma que tem para dar o devido crescimento a uma nação e curar a doença da inflação !! Portanto dentro do conhecimento atual da humanidade não existe doença incurável ! Existe doenças mal tratadas ou acovardamento diante do desconhecido e má-intenção dos administradores públicos e controladores e reguladores da economia global !
Igor Kosarczuk
igorruan 12.10.2021 10:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
controle estatal sobre a economia não funcionou em lugar nenhum do mundo amigo
Angelo Lattari
Angelo Lattari 12.10.2021 10:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Dentro do coment acima cito o livro de Thomas Morus chamado "UTOPIA" escrito por volta de  1516 ! É um livro de ficção mas nos dá uma noção muito clara sobre produção, consumo e principalmente DISTRIBUTIVISMO dos recursos disponíveis que de agora em diante serão a cada dia mais escassos e com o crescimento descontrolado da humanidade se tornarão raros !
Angelo Lattari
Angelo Lattari 12.10.2021 10:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não é  controle sobre a ECONOMIA MAS SIM SOBRE A DOENÇA ! E essa doença nos países ocidentais é endêmica por causa de ganância, de falta de controle e por falta de caráter principalmente !! Para os semi-letrados , que adoram confundir textos, fica difícil entender o que se diz e muito mais sobre o que se escreve ou  lê !!
Robson Trader
Rfcosta 12.10.2021 10:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Concordo em parte com a análise feita. Estamos vivendo um momento de desequilíbrio na economia mundial. Esse desequilíbrio, em minha opinião, é fruto de uma quebra de alinhamento econômico face a pandemia, que ainda teima em atormentar nossas vidas. Acredito que, em um espaço muito curto de tempo, tudo que foi represado durante o ano de 2020 e 2021, o mundo tenha condições de por novamente o trem nos trilhos, promovendo novo equilíbrio dessa economia. A grande sacada é que a retomada, para que se atinja o novo ponto de equilíbrio será explosiva para investidores e empresários de um modo geral, que acreditarem nisso. Caso não acreditem, irão patinar e comerão poeira daqueles que terão crido.
Jean Marcelo
Jean Marcelo 12.10.2021 10:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Governos não fazem o dever de casa e são lentos em antecipar problemas. Pra "tampar o sol com peneira", eles emitem títulos e imprimem mais dinheiro. Na minha opinião de merda, o melhor está sendo nesse momento investir em algo que não passa por decisões governamentais, nesse caso Criptomoedas e DiFi.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail