Garanta 40% de desconto
🚨 Mercados voláteis? Descubra joias escondidas para lucros extraordináriosDescubra ações agora mesmo

Na Busca por uma Cura para a Covid, ETFs de Biofarma Podem Ser uma Boa Opção

Publicado 20.07.2020, 16:12
Atualizado 02.09.2020, 03:05

Nos últimos meses, a assistência médica se tornou uma prioridade para indivíduos e governos em todo o mundo. Muitos agora consideram uma droga em potencial, ou uma vacina, como um caminho rápido para uma vida "normal". Como resultado, até agora neste ano as ações de um grande número de empresas de biotecnologia e farmacêutica, ou biofarmacêutica, se saíram muito bem.

Há também uma ampla gama de fundos negociados em bolsa (ETFs) que permitem que os participantes do mercado invistam em biofarma de maneira diversificada. Hoje, discutiremos primeiro as características gerais do setor e, em seguida, apresentaremos um ETF que talvez mereça a devida diligência.

A indústria de biofarma oferece perspectivas de crescimento

De acordo com a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA, uma patente de medicamento dura 20 anos. Mas cerca de metade desse tempo é, em geral, gasto no desenvolvimento da droga.

Como a pandemia da Covid-19 demonstrou, a pesquisa e o desenvolvimento estão no centro do desenvolvimento de medicamentos. Nos EUA, o desenvolvimento de um novo medicamento provavelmente custará mais de US$ 2 bilhões. O investimento anual da indústria farmacêutica global em P&D é de cerca de US$ 150 bilhões por ano.

Desde março, os investidores não hesitam em comprar as ações de uma série de empresas de biofarma que aderiram à corrida pela cura contra o novo coronavírus. Essas empresas incluem AstraZeneca (NYSE:AZN), Gilead Sciences (NASDAQ:GILD), GlaxoSmithKline (NYSE:GSK), Ibio (NYSE:IBIO), Inovio Pharmaceuticals (NASDAQ:INO), Moderna (NASDAQ:MRNA), Novavax (NASDAQ:NVAX) e Pfizer (NYSE:PFE). Os preços de suas ações sobem toda vez que há uma manchete sugerindo que uma vacina ou medicamento em potencial possa estar chegando.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Agora, os participantes do mercado estão se perguntando se estão um pouco atrasados ​​para a festa ou se essas ações podem realmente subir ainda mais. Investidores experientes percebem que é possível ganhar ou perder somas significativas apostando em uma cura em potencial. Portanto, muitas ações de biofarma são tipicamente consideradas investimentos agressivos de crescimento.

Os investidores que não desejam se concentrar apenas em uma empresa específica podem investir em um fundo negociado em bolsa. Um ETF normalmente rastreia um índice. Como não se pode investir diretamente em um índice, um fundo negociado em bolsa permite que os participantes do mercado obtenham exposição às empresas nesse índice.

ETF iShares Nasdaq Biotecnologia

iShares NASDAQ Biotechnology ETF

  • Preço Atual: US$ 141,45
  • Intervalo de 52 semanas: US$ 92,15 - US$ 143,13
  • Rendimento de dividendos: 0,27%
  • Índice de despesa: 0,47% ao ano, ou US$ 47 em um investimento de US$ 10.000.

Lançado em 2001, o ETF iShares Nasdaq Biotechnology (NASDAQ:IBB) é o maior e mais antigo. É administrado pela BlackRock (NYSE:BLK), a maior gestora de ativos do mundo.

O fundo rastreia o NASDAQ Biotechnology Index, que contém títulos de empresas listadas na NASDAQ classificadas como biotecnologia ou farmacêutica que também atendem a outros critérios de elegibilidade.

As cinco maiores participações da IBB são Amgen (NASDAQ:AMGN), Vertex Pharmaceuticals (NASDAQ:VRTX), Gilead Sciences (NASDAQ:GILD), Regeneron Pharmaceuticals (NASDAQ:REGN) e Illumina (NASDAQ:ILMN). Elas representam cerca de 35% do fundo, que investe em 212 empresas.

No acumulado do ano, o IBB subiu mais de 15%. De fato, em 15 de julho, atingiu o nível mais alto de todos os tempos. Nos próximos dias, muitas empresas de biofarma irão divulgar seus balanços trimestrais. Dado o recente aumento nos preços de ações individuais, pode haver lucros a curto prazo. É provável que haja um declínio em direção ao nível de US$ 125. Isso poderia fornecer aos potenciais investidores do IBB um melhor ponto de entrada.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Seu beta de 1,18 significa que o IBB é mais volátil do que o mercado no geral. Esse beta alto é parcialmente um reflexo do fato de que os ETFs de biotecnologia e as ações de biofarma podem ter perfis de risco-retorno mais altos do que os mercados. Portanto, os comerciantes de curto prazo podem querer ter cautela, pois os preços tendem a ser irregulares.

Conclusão

Os ETFs são um dos veículos de investimento que mais crescem nos EUA, além de em vários outros países. No setor de biofarma, muitos fundos podem ser apropriados para uma ampla gama de investidores de compra e manutenção de longo prazo com alta tolerância a flutuações de mercado no curto prazo.

Outros ETFs que você pode querer pesquisar incluem:

ETF da ARK Genomic Revolution (NYSE:ARKG), ETF Invesco Dynamic Biotechnology & Genome (NYSE:PBE), KraneShares MSCI All China Health ETF (NYSE:KURE), ETF SPDR® S&P Biotech (NYSE:XBI), ETF SPDR® S&P Pharmaceuticals (NYSE:XPH) ou ETF VanEck Vectors (NASDAQ:PPH). Planejamos cobrí-los nos próximos meses.

Últimos comentários

Artigo interessante q aborda um tema ainda pouco conhecido dos investidores pessoas físicas e, ainda mais importante: na área de biotechnologia! Eu q ja fazia pequenas incursões noas ativos do setor, adorei !!
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.