Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Sabesp tem lucro líquido de R$496,9 mi no 1º tri

O Excesso de Intervenção Estatal e os Efeitos Negativos na OIBR3

Por Daniel MatosResumo do Mercado30.08.2019 10:59
br.investing.com/analysis/o-excesso-de-intervencao-estatal-e-os-efeitos-negativos-na-oibr3-200431126
O Excesso de Intervenção Estatal e os Efeitos Negativos na OIBR3
Por Daniel Matos   |  30.08.2019 10:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Caros leitores,

Este artigo se destina a demonstrar os malefícios que a intervenção excessiva do Estado vem causando a OIBR3, o que se verifica por meio do mercado de ações, pois impõem inúmeras obrigações e encargos à OIBR3, que lhe tolhem a iniciativa e a possibilidade de medidas estratégicas competitivas, perdendo lucratividade, bem como market share para suas concorrentes, consoante se infere avante.

A OIBR3 apresentou balanço do segundo trimestre de 2019, apurando prejuízo de R$ 1.71 milhão, visto que está consumindo todas as suas reservas para manter sua atividade empresarial, entre estas despesas estão os custos operacionais, entre cumprimento de obrigações de cunho intervencionista.

Inúmeros sites circulam informações sobre a troca do CEO que foi declarado pelos acionistas como “advogado talentoso” por outro gestor com maior experiência e foco estratégico.

Cabe esclarecer que a troca do CEO que melhoraria os ânimos dos acionistas infelizmente não pode se dar de forma imediata, visto que a OIBR3 está em recuperação judicial desde 2016, logo necessita de autorização judicial para que realize tal empreitada.

E ao se constatar no andamento do processo n. 0203711-65.2016.8.19.0001, verifica-se que o processo está com o Juiz para decisão, e conforme constam informações de que os advogados já solicitaram urgência nas medidas necessárias.

Além disto, parte do déficit da operação da OIBR3, deve-se ao fato do Brasil ser um país com passado intervencionista, impedindo a OIBR3 torne-se mais competitiva, visto que cedeu mercado para as concorrentes, e há inúmeras críticas quanto a defasagem tecnológica.

A constante presença do Estado impede a sobrevida da OIBR3, o intervencionismo excessivo tem constantemente causado claras distorções nos custos da empresa. Isto é verificável por meio do gráfico diário, que no período de 09.08.2019 à 20.08.2019, a OIBR3 teve desvalorização de 70,08%, conforme se verifica no gráfico.

Em que pese o cenário externo já mencionado em artigo anterior, a divulgação de venda parcial ou total da empresa, os investidores receberam positivamente a notícia, o que levou o ativo a sair de R$ 0,73 à R$ 0,82, com máxima de R$ 0,90 no pregão de 28.08.2019.

O ativo dá sinais de perda da força do movimento vendedor, com sinalização do CCI/MA de alta, além do fato do ativo ter entrado nas bandas de Keltner, visualizando curvatura das médias móveis exponenciais, vide:

OI DIARIO
OI DIARIO

Entretanto, os investimentos estão condicionados a aprovação do PLC 79/2015, visto que com a aludida aprovação será possível a OIBR3 captar investimentos, bem como gozará de atuação mais livre no mercado, tornando-se competitiva.

E no presente Governo do Presidente, Jair Bolsonaro, que prega juntamente com o Ministro, Dr. Paulo Guedes, sobre liberdade dos mercados, implementando a teoria da mínima intervenção estatal, motivo pelo qual circulam notícias no mercado de que o PLC deverá ser votado em setembro/2019.

Portanto, há urgência na votação da PLC 79/2015, o que é evidente porque existem notícias de que a OIBR3 somente teria caixa até meados do primeiro trimestre de 2020, e por estar em recuperação judicial, necessita de autorização para implementação de quaisquer mudanças, ainda que para prorrogar sua manutenção no mercado, e até mesmo revés dos prejuízos sofridos.

O Excesso de Intervenção Estatal e os Efeitos Negativos na OIBR3
 

Artigos Relacionados

O Excesso de Intervenção Estatal e os Efeitos Negativos na OIBR3

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Denise Vargas
Denise Vargas 30.08.2019 21:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ótimo texto, mas o argumento não se sustenta quando se analisa o sucesso das concorrentes. Se o intervencionismo estatal fosse maléfica para o setor, as demais empresas estariam em penúria, o que não é o caso. Ademais, não intervir no setor fomentaria abuso do poder econômico e desrespeito ao consumidor.
Denise Vargas
Denise Vargas 30.08.2019 21:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O curioso é que se o excesso de intervenção do Estado no mercado prejudica a Oi. Tá é a Vivo? Na verdade, a intervenção no setor é importante para evitar abuso do poder econômico, desrespeito ao meio ambiente artificial e ao consumidor. Argumento frágil, pois se a intervenção no setor fosse tão ruim assim, isso prejudicaria todas as concorrentes, o que não é o caso.
Saint Wilde
Saint Wilde 30.08.2019 14:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ótimo artigo, ao meu ver a PLC 79 ja esta precificada no Congresso. Pelos rumores que existem na B3 nenhuma tele que já esta no Brasil irá ficar com a Oi (paulo Guedes quer mais concorrência), portanto ou vai para os chineses ou para a AT&T, esta ultima ao meu ver esta bem adiantada. Muitos dizem que o encontro do Eduardo Bolsonaro e o Ministro das Relações Exteriores com o Trump não é só para tirar fotos!!!
Daniel Matos
Daniel Matos 30.08.2019 14:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Frank Souza
Frank Souza 30.08.2019 14:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
na minha simples opinião é conversa fiada essa tal da não intervenção. observa-se q o governo está segurando o câmbio com a queima das reservas internacionais. Isso é uma intervenção Clara na economia. Não há nenhuma notícia criticando isso. A Oi, empresa privada, está em recuperação judicial do mesmo jeito q empresas depois da crise de 2008 nos EUA.
Daniel Matos
Daniel Matos 30.08.2019 14:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Frank respeito vosso comentário, mas eu não fiz a referência cambial como estratégia de controle das dívidas. Só mencionei que a OI sofre há vários anos, e o PLC necessita ser aprovado para possibilitar novas frentes, de modo a conferir aos consumidores produtos de melhor qualidade em razão do avanço tecnológico.
Frank Souza
Frank Souza 30.08.2019 14:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tranquilo.
Marco Paniagua
Marco Paniagua 30.08.2019 11:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Porque, na sua opinião, o suposto intervencionaismo excessivo fez a OI perder mercado para as suas concorrentes? As concorrentes não sofrem intervencionismo?
Marco Paniagua
Marco Paniagua 30.08.2019 11:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A não ser que você esteja considerando um RECUPERAÇÃO JUDICIAL, como intervenção estatal.
Daniel Matos
Daniel Matos 30.08.2019 11:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não estou considerando recuperação judicial como intervenção, e nem poderia, pois se trata de ação legal.. . . A sua pergunta vou lhe responder de uma forma reflexiva, qual a razão de tolher a liberdade de uma empresa? sendo que ao se tolher por qualquer meio há uma majoração dos custos, impedimento de expansão de desenvolvimento tecnológico, resultando, em síntese, numa perda de mercado, sendo que hoje a OI somente possui algo, em torno de, 16% de um mercado de telefonia em sua totalidade.. . . Além disso, estão nomeando a PLC 79 como um "marco regulatório", ante a sua natureza de permitir tais práticas acima detalhadas, tanto que todos os interessados na aquisição da OI, foram claros, segundo as notícias que circulam, que somente irão adquirir a empresa após a aprovação do PLC, caso contrário não haverá o interesse, visto que a PLC permite a atração de investimento na empresa e etc.. . . Não vou me alongar, e finalizando, em nenhum momento eu falo sobre o processo judicial, mas o mercado de telefonia.
Daniel Matos
Daniel Matos 30.08.2019 11:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fato é que ontem a empresa bateu pico de 23% com a notícia de possível aquisição da AT&T, e como lhe disse todos os compradores somente realizarão qualquer momento neste sentido, após aprovação da PLC 79/2015.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail