Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

O Que Aconteceu com o IRB?

Por Eduardo GuimarãesAções17.02.2020 18:00
br.investing.com/analysis/o-que-aconteceu-com-o-irb-200433692
O Que Aconteceu com o IRB?
Por Eduardo Guimarães   |  17.02.2020 18:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Na coluna de hoje irei falar sobre a carta da gestora de recursos Squadra que questionou as práticas contábeis do Instituto de Resseguros Brasil (SA:IRBR3). Aqui, não irei entrar no mérito das discussões contábeis, mas sim focar na resposta do IRB ao ocorrido.

Volatilidade no preço das ações do IBR

As ações do IRB (IRBR3) acumularam alta de 14,64% em janeiro, a quinta maior alta das ações do Ibovespa. Depois da divulgação da primeira carta da Squadra, no dia 2 de fevereiro, um domingo, as ações do IRB fecharam em queda de 9,1% na segunda-feira, 3 de fevereiro. A queda no preço das ações atingiu 16,5% na divulgação da segunda carta, a tréplica da Squadra, no dia 10 de fevereiro.

A volatilidade anualizada nas ações do IRB atingiu absurdos 103,85% em fevereiro. As ações acumulam queda de 22,7% desde a divulgação da primeira carta da Squadra.

Posição da Squadra

A Squadra Investimentos, gestora de recursos do Rio de Janeiro, escreveu uma carta questionando as práticas contábeis do IRB. A Squadra apresentou uma análise bem detalhada de pontos importantes da forma de apresentação dos resultados do IBR com os quais a gestora não concordava.

A Squadra afirmou que os lucros recorrentes do IRB são menores do que os divulgados e que o retorno sobre patrimônio líquido (ROE) elevado não é sustentável no longo prazo. A gestora acredita que o valor de mercado do IRB não condiz com o seu lucro líquido e com sua rentabilidade (ROE) recorrente. Por essa razão, ela tem uma posição vendida nas ações da companhia.

Dessa forma, a gestora carioca está questionando o valor de mercado do IRB em relação ao seu preço justo, levando em conta, para isso, sua rentabilidade (ROE) recorrente.

Cronologia das cartas da Squadra

A Squadra elaborou uma primeira análise sobre o IRB, bastante completa, em novembro de 2019. Essa análise foi enviada para a Susep, para a CVM e para o próprio IRB. A gestora divulgou duas cartas questionando o IRB justamente quando ele estava em período de silêncio devido à divulgação dos resultados do quarto trimestre de 2019, prevista para o próximo dia 18 de fevereiro.

O que causou alvoroço no mercado foi o momento da divulgação das cartas. A primeira carta questionando o IRB foi divulgada no dia 2 de fevereiro. A “tréplica” da gestora carioca também foi publicada em um domingo, o dia 9 de fevereiro. Nela, a Squadra rebateu as respostas da companhia aos seus questionamentos. Isso foi o estopim para a queda de 16,5% no preço das ações do IRB, ocorrido no dia 10 de fevereiro.

Análise da Squadra em números

Segundo a Squadra, o lucro líquido antes do imposto de renda (Lair) de R$ 1,39 bilhão reportado pelo IRB referente aos nove primeiros meses de 2019 na verdade teria sido um prejuízo normalizado de R$ 112 milhões.

A Squadra levantou seis pontos principais em sua análise: 1) ganho de capital com a venda do Minas Shopping; 2) float da operação de seguros (recurso no caixa da resseguradora que rende juros, mas que não é da empresa); 3) expectativa de salvados e ressarcidos da PSL; 4) reversão de provisões anteriores a 2014; 5) remarcação de ativos imobiliários; e 6) avaliação otimista dos contratos de seguros da safra de 2019.

Alguns itens são bastante complexos e significativos, como é o caso do item 3 (expectativa de salvados e ressarcidos da PSL), que pode trazer uma diferença de R$ 605 milhões no resultado.

Resposta do IRB

O IRB respondeu aos questionamentos da análise da Squadra de forma pouco satisfatória, sem deixar de evidenciar os impactos de possíveis eventos não recorrentes, tais como, por exemplo, a venda do Minas Shopping, investimento feito há 30 anos.

Aqui, trata-se de uma questão mais simples, pois acredito que o ganho nesse tipo de transação é não recorrente, posto que a principal atividade da companhia é relacionada aos resseguros, e não investimentos imobiliários. O IRB deveria ter mostrado de forma clara qual foi o impacto da venda do Minas Shopping, com o ganho sendo calculado como a diferença entre o valor de mercado do shopping center e o valor contábil do balanço.

IRB demorou para responder publicamente à Squadra

O maior erro da resposta do IRB veio depois da divulgação da primeira carta da Squadra, no dia 2 de fevereiro. O IRB não divulgou publicamente nenhuma resposta aos questionamentos, nem por meio de um comunicado junto à Comissão de Valores Imobiliários (CVM) ao mercado. Em vez disso, optou por fazer reuniões privadas (mais especificamente, uma apresentação e uma teleconferência) com clientes de bancos de investimentos para rebater os pontos levantados pela gestora.

Na minha opinião, o cenário seria muito mais positivo para a empresa se ela tivesse divulgado informações públicas e realizado teleconferências abertas, esclarecendo melhor os questionamentos públicos da gestora.

Reconheço que o momento era desfavorável à companhia devido à proximidade da divulgação dos resultados. Porém, o período de silêncio não impede que a área de Relações com Investidores se comunique com o mercado para esclarecer dúvidas muito pertinentes em relação às práticas contábeis. Foi só depois da segunda carta da Squadra, em 9 de fevereiro, que o IRB resolveu, tardiamente, realizar uma teleconferência aberta. Essa teleconferência não trouxe esclarecimentos satisfatórios e não permitiu que os participantes fizessem perguntas. Além disso, o áudio não ficou disponível no site de Relações com Investidores da companhia – mais um sinal da má qualidade na resposta.

Por último, em vez de aumentar a transparência das informações financeiras e responder aos questionamentos, o IRB optou por processar a Squadra por manipulação de mercado e insider trading.

Novo mercado

Acredito que o IRB teria condições de ter dado uma resposta melhor; afinal, a companhia tem ações listadas no Novo Mercado, mais alto nível de Governança Corporativa da B3, com Conselho de Administração e Conselho Fiscal independentes e com demonstrações financeiras auditadas pela PricewaterhouseCoopers (PwC), que também não se pronunciou sobre as questões levantadas pela gestora carioca.

Acredito que mais transparência representa sempre a melhor saída para situações de discussões sobre práticas contábeis e dúvidas de investidores e acionistas sobre uma empresa.

Próximos passos: vencimento de opções e resultado 4T19

Na próxima segunda-feira (17 de fevereiro) haverá o vencimento de opções de ações na B3, que tradicionalmente ocorre na terceira segunda-feira de cada mês.

Segundo notícias do Broadcast, a Squadra tem parte da sua posição vendida nas ações do IRB por meio de opções de venda (put) de ações, com preço de exercício de R$ 31,49. Se as ações do IRB continuarem em queda, estas opções de venda “podem entrar no dinheiro” e a Squadra vai obter ganhos adicionais com a sua posição vendida.

As ações do IRB fecharam cotadas a R$ 34,65 na última sexta-feira (14), portanto bem acima (10%) do preço de exercício. O pregão de segunda-feira (17) será decisivo.

Por último, o IRB irá divulgar o seu resultado do quarto trimestre de 2019 na terça-feira (18), com grande expectativa do mercado em relação à resposta da companhia aos questionamentos sobre as suas práticas contábeis. Nunca uma demonstração financeira foi tão aguardada e a teleconferência com investidores deverá ser longa e cheia de perguntas. Resta aguardar se as respostas da companhia serão satisfatórias.

Conclusão

Eu não sei quem está com a razão na discussão entre IRB e Squadra e nem quais serão os impactos que podem acontecer na divulgação do resultado da companhia.

O que posso certamente afirmar é que os resultados futuros do IRB parecem menos previsíveis neste momento. As ações do IRB apresentam – e continuarão apresentando – maior volatilidade no curto prazo. Sendo assim, o investimento nas ações do IRB ficou mais arriscado.

Como eu nunca fico em cima do muro, recomendo que você não compre ações do IRB neste momento, pois a governança corporativa e a transparência da companhia foram colocadas em teste.

O Que Aconteceu com o IRB?
 

Artigos Relacionados

O Que Aconteceu com o IRB?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (19)
Felipe Miranda
Felipe Miranda 03.03.2020 6:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ao meu ver, me parece proposital manter as acoes mais baratas, criando uma grande janela de tempo para montar boas posicoes! Essa foi a impressão que fiquei!
Daniel C F Alves
Daniel C F Alves 29.02.2020 17:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eu soube que Buffet, que não sabe quase nada sobre ações, triplicou a posição dele na IRBR3...
Marcelo Carnevale
Marcelo Carnevale 21.02.2020 10:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sim , o Bradesco e o Itaú vão ser sócios majoritários de alguém q faz práticas contábeis duvidosas, assim p PWC vai jogar seu nome na lama assim de graça por causa de uma carta de alguém posicionado na venda, conta aquela do papagaio agora.
Walmor Junior
Walmor Junior 19.02.2020 8:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Chora Eduardo !! Sabe nada
Zeus Kopernico
Zeus Kopernico 19.02.2020 8:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E a queda de hoje, vc nao acha que existe algum problema?
Guilherme Fanelli
Guilherme Fanelli 18.02.2020 16:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acredito que a empresa não pode se pronunciar abertamente sobre o assunto por estar em período de silêncio na data que a Squadra divulgou a carta.
Daniel C F Alves
Daniel C F Alves 18.02.2020 16:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eu soube que Buffet, que não sabe quase nada sobre ações, triplicou a posição dele na IRBR3...
Mauricio Soares
Mauricio Soares 18.02.2020 14:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Qual o vencimento das Puts da Squadra, alguém sabe?
Alexandre Marton
GreenDollar 18.02.2020 10:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
IRB como tantas (OGX, MMX, SQIA3, etc , etc)  outras é uma empresa powerpoint pirâmide na bolsa... engraçado ter isso. CVM tá ai para que?
Alexandre Marton
GreenDollar 18.02.2020 10:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Marcio Rodrigo  Denunciado...Diretrizes para Comentários Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente: Enriqueça a conversa Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido. Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática. Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas. NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos. Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário. Somente serão permitidos comentários em Português.
Idesio Alves
Idesio Alves 18.02.2020 9:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O analista se equivocou e a squadra se ferrou. Nesta segunda, dia 17/02, as ações do IRBR fecharam a R$ 36,60 com alta de quase 6%. A squadra amargou prejuízo e isso explica o seu desespero durante esse início de ano.....
roberto gadioli
roberto gadioli 18.02.2020 6:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pô meo... a Squadra agiu assim pra recuperar o prejuízo da posição vendida.... risco alto (da Squaddra) se der certo ela irá faturar....mas o contrário tb é verdadeiro se der errado irá se ferrar (prdade confiança, credibilidade...)... e olha que a IRBR3 é auditada por nada menos que PwC, ou seja, a Squadra colocou em dúvida não só a cia IRBR3 mas tb a empresa de auditoria de renome.
Romulo Souto
Romulo Souto 18.02.2020 6:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A Squadra tava errada! Agora vai amargar o prejuízo! kkkkkk
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail