Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Onde Investir (e Onde Não) Diante de Bancos Centrais Mais Agressivos

Por Investing.com (Ismael De La Cruz/Investing.com)Ações26.05.2022 14:09
br.investing.com/analysis/onde-investir-e-onde-nao-diante-de-bancos-centrais-mais-agressivos-200449662
Onde Investir (e Onde Não) Diante de Bancos Centrais Mais Agressivos
Por Investing.com (Ismael De La Cruz/Investing.com)   |  26.05.2022 14:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Tudo indica que o Banco Central Europeu aumentará os juros depois de onze anos sem fazê-lo e será na reunião de julho próximo. Mas antes, na reunião de 9 de junho, o BCE comentará suas estimativas e projeções econômicas, e quando encerrará a compra de ativos e começará a aumentar as taxas de juros.

Repercussões do aumento das taxas de juros para as Bolsas de Valores

Em geral, pode-se dizer que os aumentos das taxas de juros são negativos para os mercados de ações. Não é favorável para os mercados de ações por várias razões:

1º A rentabilidade dos depósitos bancários aumenta, por isso muitos investidores preferem sair da Bolsa e ir para este tipo de investimento, que nessa altura gera mais rentabilidade e sem qualquer risco. Assim, embora a Bolsa de Valores possa continuar a ter mais potencial, optam-se por investimentos sem risco e cuja rentabilidade é agora melhor do que antes da subida das taxas de juroS.

Tudo isso origina um fluxo de capitais, que sai da Bolsa de Valores e entra em outros tipos de investimentos.

2º Algumas taxas de juros que começam a ser consideradas altas acabam afetando negativamente o consumo, então finalmente os lucros das empresas listadas sofrem e quando apresentam resultados trimestrais os números decepcionam e não é um incentivo para comprar suas ações.

3º Níveis elevados de taxas de juros dificultam o financiamento adequado das empresas cotadas, pois nessa altura haverá um custo ou impacto económico mais elevado. Outro motivo que também acabaria afetando os resultados que apresentam.

Mercados favorecidos pelo aumento das taxas de juros

- Índices de ações

* O IBEX 35, em princípio, poderá ser um dos índices europeus mais favorecidos devido ao ciclo de subida das taxas de juro do BCE.

Isso porque é o índice europeu com maior exposição ao setor bancário e um dos com menor exposição ao setor de tecnologia.

- Setores e Ações

* O setor bancário é o mais favorecido pelo aumento das taxas de juros, pois aumenta a margem de intermediação (spread), ou seja, a diferença entre os juros pagos pelo banco a quem toma dinheiro emprestado e os cobrados a quem toma emprestado. Destaque Banco Banco Santander (BME:SAN), BBVA (BME:BBVA), Caixabank SA (BME:CABK), Unicaja Banco SA (BME:UNI), Banco de Sabadell SA (BME:SABE).

* O setor de seguros, como Mapfre (BME:MAP)  e Grupo Catalana Occidente SA (LON:0NRN).

* Também é interessante comentar sobre o setor de dividendos, não em vão até agora em 2022 com a grande maioria das Bolsas caindo dois dígitos, podemos ver que sua evolução é boa:

DJ Select Dividend  +6,1%

S&P 500 Low Vol High Div +4,8%

– S&P Global 1200 Low Vol High Div +4,2%

S&P 500 Pure Value +3,7%

Na Europa temos:

- Valor Aprimorado do S&P Europe 350 +3,7%

- S&P Europe 350 Dividends Aristocrats. Ele mede o desempenho dos participantes do S&P Europe 350 que seguiram uma política de aumento consistente de dividendos a cada ano por pelo menos 10 anos consecutivos. O Índice trata cada constituinte sem levar em conta o tamanho, ponderando cada empresa igualmente.

- S&P Euro High Yield Dividend Aristocrats. É formado por 40 empresas que não reduziram seus dividendos nos últimos dez anos. Mede o desempenho das empresas da zona do euro com o maior rendimento de dividendos no S&P Europe BMI.

E é que os investidores optam por uma fonte de rendimento maior em relação aos rendimentos de renda fixa tradicionais, além de buscar proteção contra a inflação com crescimento de dividendos que supera a taxa histórica de inflação.

Mercados afetados por um aumento nas taxas de juros

* O setor de distribuição pode ter queda no volume de vendas devido à queda no consumo em geral. Por exemplo, teríamos Inditex (BME:ITX) na Espanha e Carrefour (SA:CRFB3)  na Europa.

* O setor de tecnologia com empresas como Adyen NV (AS:ADYEN), Capgemini SE (EPA:CAPP), SAP  (NYSE:SAP), ASML Holding (NASDAQ:ASML), Infineon Technologies AG (ETR:IFXGn), Soitec SA (EPA:SOIT).

Opções contra a inflação

- Os títulos indexados à inflação TIPS garantem um retorno em termos reais (descontando a inflação) por um determinado período de tempo, desde que o título seja mantido até o vencimento.

É uma boa opção para proteger o capital contra um aumento da inflação, mas não teremos essa proteção contra a inflação se o vendermos antes do vencimento.

Possuem a mesma segurança dos títulos soberanos tradicionais e, diferentemente destes últimos, destinam-se a proteger o investidor contra a inflação em determinado período de tempo.

- Os fundos de obrigações indexadas à inflação protegem contra um aumento da inflação. Podemos, por exemplo, listar o Sabadell Euro Inflation Bonds, o M&G Lux European Inflation Linked Corporate Bond Fund e o Ostrum Euro Inflation.

Onde Investir (e Onde Não) Diante de Bancos Centrais Mais Agressivos
 

Artigos Relacionados

Thiago Bisi
IBOV Fecha em Queda de 0,17%   Por Thiago Bisi - 28.06.2022 1

Análise gráfica (técnica) do Ibovespa, Índice, Dólar e Ações. Pitacos iniciais: IBOV, WINM22, EWZ, SMLL, DJI, ESFUT, NMFUT, QRFUT, HSI, JPN225, GER30, UK100, FEF2!, CL2!, UKOIL,...

Onde Investir (e Onde Não) Diante de Bancos Centrais Mais Agressivos

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Nelson Sousa
Nelson Sousa 26.05.2022 14:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"Onde investir e onde nao investir". Uma coisa é absolutamente certa, Bolsa Brasileira, nao é e nunca foi investimento!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail