Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Pico de Consumo de Carne Bovina e Suína no Exterior Deve Impulsionar Ainda Mais os Preços

Por Andy HechtCommodities08.04.2022 11:43
br.investing.com/analysis/pico-de-consumo-de-carne-bovina-e-suina-no-exterior-deve-impulsionar-ainda-mais-os-precos-200448779
Pico de Consumo de Carne Bovina e Suína no Exterior Deve Impulsionar Ainda Mais os Preços
Por Andy Hecht   |  08.04.2022 11:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Este artigo foi escrito exclusivamente para o Investing.com

  • Preços das commodities agrícolas estão subindo
  • Proteína animal está em tendência de alta
  • Carne suína tem melhor desempenho que a bovina
  • Novas máximas recordes pela frente no mercado de suínos
  • ETN COW rastreia os preços de mercado

O índice de preços ao consumidor nos EUA mostrou que a inflação subiu 7,9% em fevereiro, nível mais alto em mais de quatro décadas. Os preços dos alimentos e da energia explodiram desde as mínimas da pandemia no início de 2020.

No auge da pandemia, os preços do boi e do suíno divergiram da realidade. Enquanto os contratos futuros do bezerro e do boi gordo atingiram seus níveis mais baixos desde 2009 e 2010, o suíno magro se saiu ainda pior, com uma desvalorização que não era vista desde 2002. Apesar de os preços ao produtor terem afundado, os consumidores não se beneficiaram, na medida em que os preços no supermercado dispararam, por conta das restrições impostas pelo vírus aos frigoríficos, gerando escassez e limites de compras.

Os preços do boi gordo e do suíno desenvolvem tendência de alta desde as mínimas de 2020. À medida que o mercado se aproxima da estação de pico de consumo de 2022 na América do Norte, a carne suína está se saindo melhor que a bovina, mas ambos os mercados futuros estão em alta.

Preços das commodities agrícolas estão subindo

Os preços das commodities agrícolas estão subindo, com avanços de preços em 2021 e no 1º tri de 2022. Os preços de grãos subiram 29,71% no ano passado e se valorizaram 18,89% no 1º tri de 2022. Os produtos do campo subiram 31,57% em 2021 e continuaram avançando nos três primeiros meses deste ano, com uma alta de 6,58%.

Os preços mais altos dos grãos e alimentos afetam nossas contas de supermercado, bem como os custos dos insumos da pecuária. Produtores e processadores de proteína animal viram seus custos aumentarem devido aos preços mais altos no campo. Além disso, os preços mais altos de energia passaram a pressionar os custos de produção. O grupo de energia subiu 54,13% em 2021 e mais 34,88% no 1º tri. As despesas com mão de obra, equipamentos e insumos dispararam, provocando a alta dos custos de produção de carne suína e bovina. Os preços de mercado precisam acompanhar os custos com insumos para que a produção seja econômica.

Proteína animal está em tendência de alta

A tendência é sempre sua melhor amiga nos mercados porque reflete o sentimento dos seus participantes. Nas carnes, as tendências continuam sendo de alta no início de abril de 2022, já que o pico da temporada de consumo na América do Norte começa no final de maio e vai até o início de setembro.

Boi gordo futuro semanal
Boi gordo futuro semanal

Fonte: CQG

O gráfico semanal do boi gordo futuro destaca o padrão de máximas e mínimas ascendentes.

Bezerro futuro semanal
Bezerro futuro semanal

Fonte: CQG

O gráfico semanal do bezerro reflete o viés de alta do mercado de carne bovina desde a mínima de abril de 2020.

Suíno magro futuro semanal
Suíno magro futuro semanal

Fonte: CQG

Os preços futuros do suíno magro também estão em tendência de alta desde a pandemia de 2020, responsável por fazê-los atingir seu menor patamar no atacado desde 2002.

Carne suína tem melhor desempenho que a bovina

No 1º tri de 2022, o boi gordo e o bezerro futuro registraram queda. Depois de subir 21,45% em 2021, o boi gordo futuro caiu 0,23% no primeiro trimestre de 2022. Já o bezerro futuro se valorizou 20,10% no ano passado e recuou 3,28% nos três primeiros meses de 2022.

O suíno magro subiu 15,94% em 2021 e continuou se valorizando no 1º tri de 2022, com uma alta de 24,88%. A alta da inflação gera mais custos aos consumidores a cada mês com produtos e serviços, e os compradores são consumidores inteligentes, optando por produtos menos caros, a fim de compensar as despesas. A carne suína pode ter disparado mais do que a bovina no 1º tri de 2022, mas continua mais barata por libra-peso, fazendo com que se encaixe melhor no orçamento das famílias.

Novas máximas recordes no mercado de suínos pela frente

O contrato mensal do suíno magro para junho ressalta um rali constante nos últimos meses.

Suíno magro para junho
Suíno magro para junho

Fonte: CQG

O gráfico diário mostra a ação altista dos preços responsável por fazer os preços do suíno magro atingirem a máxima de US$1,27325 por libra-peso em 31 de março, antes de corrigirem abaixo do nível de US$1,15.

Suíno magro anual
Suíno magro anual

Fonte: CQG

O gráfico anual remonta a 1971 e ilustra a máxima histórica no mercado futuro do suíno magro a US$1.33875 por libra-peso em 2014. Com a aproximação da temporada de pico de consumo de 2022, é possível que vejamos um teste da máxima recorde.

ETN COW rastreia os preços de mercado

A rota mais direta para uma posição de risco no mercado de carnes é via contratos futuros e opções negociados na Bolsa Mercantil de Chicago. O fundo iPath® Series B Bloomberg Livestock Subindex Total Return (NYSE:COW) oferece uma alternativa para quem deseja participar dos mercados de bovinos e suínos sem se aventurar na arena altamente volátil e alavancada dos contratos futuros.

A US$38,33 por cota em 6 de abril, o COW tinha US$28,294 milhões em ativos sob gestão. O ETF negocia em média 13.372 cotas por dia e cobra uma taxa de administração de 0,45%. O resumo do fundo diz que ele fornece exposição ao índice que leva seu mesmo nome.

Descrição
Descrição

Fonte: Barchart

O grupo de preços do boi gordo, bezerro e suíno magro subiu 7,12% no 1º tri de 2022.

COW diário
COW diário

Fonte: Barchart

Já o COW saiu de US$37,67, em 31 de dezembro de 2021, para US$39,80 por cota, em 31 de março de 2022, uma valorização de 5,7%.

A temporada de pico de consumo de 2022 começa no fim de maio na América do Norte. Os produtores de proteína animal estão entregando vacas e porcos às plantas de processamento para atender à demanda da alta temporada. Os preços mais altos da ração provavelmente farão com que os valores das carcaças diminuam em comparação com os anos anteriores, criando escassez de oferta e preços mais altos.

Estou otimista com os preços da carne bovina e suína para os próximos meses. As tendências no mercado futuro de bovinos e suínos são de alta, e espero que continuem subindo nas próximas semanas e meses. À medida que a carne suína fica mais cara, os consumidores devem voltar a consumir mais carne bovina, fazendo com que os preços continuem subindo.

 

Pico de Consumo de Carne Bovina e Suína no Exterior Deve Impulsionar Ainda Mais os Preços
 

Artigos Relacionados

Cepea
Frango: Preços da Carne Subiram em Julho Por Cepea - 16.08.2022

Os preços da carne de frango subiram em julho, com recuperação frente ao movimento de queda verificado em maio e em junho. O aumento nos preços é pautado principalmente pela baixa...

Scot Consultoria
Início de Semana Lento em São Paulo   Por Scot Consultoria - 16.08.2022

Por Eduardo Abe e Pedro Gonçalves O mercado do boi gordo está devagar, com grande parte das indústrias fora das compras nas praças paulistas.  Logo, não houve mudanças nos preços...

Arnaldo Luiz Corrêa
Açúcar: João Bobo Por Arnaldo Luiz Corrêa - 12.08.2022 3

O mercado futuro de açúcar em NY encerrou a semana com o vencimento outubro/22 cotado a 18.65 centavos de dólar por libra-peso, uma recuperação de 71 pontos em relação à semana...

Pico de Consumo de Carne Bovina e Suína no Exterior Deve Impulsionar Ainda Mais os Preços

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Cesar Capri
Cesar Capri 10.04.2022 15:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom texto.
Cesar Capri
Cesar Capri 10.04.2022 15:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Exportação é isso aí, será que é difícil de entender. Não importa p governo, mais exportação, menos ofertas no mercado interno, o Brasil não evolui na qualidade de vida justamente porque exporta nossa oferta tá sempre reduzida.
Antonio Madruga
Antonio Madruga 10.04.2022 10:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
esses senhores do mundo querem destruir o Ocidente , redução populacional em marcha , fdps !!!!
Nelson Sousa
Nelson Sousa 10.04.2022 10:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Isso, devido a manipulação dos "donos", do mundo!! Precisamos nos livrar desse tal de "mercado", que nao passa de bilionarios malditos, tentando destruir o mundo!
Fabio Haddad
Fabio Haddad 09.04.2022 8:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nao está sendo considerado fatores climaticos, indispensaveis em se tratando de mercado agricola. Acho que seu texto nao retrata a realidade.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail