Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Por Que Devemos Focar no Fracasso? Sobre Padrões e Sobreviventes

br.investing.com/analysis/por-que-devemos-focar-no-fracasso-sobre-padroes-e-sobreviventes-200442996
Por Que Devemos Focar no Fracasso? Sobre Padrões e Sobreviventes
Por Luís Antônio Dib   |  02.07.2021 09:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Em seu livro “O Andar do Bêbado”, o físico Leonard Mlodinow comenta sobre a capacidade humana de perceber padrões. É algo muito útil e que levou, entre vários outros exemplos possíveis, que alguém como Isaac Newton refletisse sobre as regularidades apresentadas por objetos em queda e criasse sua lei da gravitação universal. Entretanto, o que pode ser uma vantagem da espécie humana também pode ser uma deficiência. É o que levou, também entre vários outros exemplos possíveis, o treinador de futebol Cuca a atribuir poderes mágicos à sua calça vinho, que estaria diretamente envolvida com o título de campeão brasileiro do Palmeiras em 2016.

Atire uma pedra quem nunca foi culpado de lógica semelhante. Garanto que Cuca sairia ileso. Nós temos uma enorme dificuldade em separar causalidade (uma causa levando a uma consequência) de correlação (dois acontecimentos ocorrendo simultaneamente, muitas vezes de modo aleatório). Pior, como foi argumentado pelo psicólogo Albert Michotte, é como se nós pudéssemos “ver” a causalidade, como vemos as formas de um objeto. Reparem em uma história contada no livro “O Cisne Negro”, de Nassim Taleb. Os preços dos títulos do tesouro dos EUA aumentaram inicialmente no dia da captura de Saddam Hussein no Iraque. Tais títulos são ativos mais seguros, e a Bloomberg News lançou a manchete: TÍTULOS DO TESOURO AUMENTAM; CAPTURA DE HUSSEIN PODE NÃO REDUZIR O TERRORISMO, para justificar o movimento dos investidores. Depois, os preços dos títulos começaram a cair e a manchete foi revisada: QUEDA NOS TÍTULOS DO TESOURO; CAPTURA DE HUSSEIN AUMENTA A PROCURA POR ATIVOS DE RISCO. Saddam Hussein era a notícia do dia e, como a busca automática por causas molda nosso pensamento, estava destinado a ser a explicação de tudo o que acontecia no mercado. É lógico que uma afirmação que pode explicar dois resultados contraditórios nada explica.

(Abre um parênteses rápido. O psicólogo Daniel Gilbert propôs que a compreensão de uma declaração deve começar com uma tentativa de acreditar nela. Daniel Kahneman, em seu livro “Rápido e Devagar”, mostra como nosso cérebro tenta “ganhar tempo” na hora de fazer julgamentos para a tomada de decisão e, portanto, tem forte inclinação por acreditar. Ser incrédulo é trabalhoso e demanda mais tempo. Pronto, agora você entendeu o apelo das fake news e o comportamento de seus amigos e parentes disseminando informações absurdas nos grupos de WhatsApp, seja à esquerda ou à direita, desde que reforcem a conclusão que já tomaram. Mas será que você não anda fazendo o mesmo? Ah, para complicar, já foi provado que o domínio das conclusões sobre os argumentos é ainda mais pronunciado quando existem emoções fortes envolvidas.)

Voltemos aos padrões. Você já deve ter ouvido falar que Bill Gates, fundador da Microsoft (NASDAQ:MSFT) (SA:MSFT34) e uma das pessoas mais ricas do mundo, abandonou os cursos de Matemática e Direito em Harvard para se dedicar à sua empresa. Steve Jobs, visionário fundador da Apple (NASDAQ:AAPL) (SA:AAPL34), passou 18 meses assistindo aulas no Reed College, mas decidiu que a faculdade não era para ele e foi trabalhar na Atari, antes de criar seu próprio negócio. Como os dois, ouvimos histórias de outros empreendedores bem sucedidos que largaram a faculdade para montar suas empresas. Está conseguindo perceber um padrão? Qual seria uma boa recomendação para dar a um garoto que queira se tornar um empreendedor de sucesso como Gates ou Jobs? Perder tempo fazendo faculdade?

Opa, calma com as conclusões! Você acaba de ser vítima do encanto exercido por olhar apenas para os “sobreviventes”. Pense agora naquele seu primo ou naquela sua conhecida que largaram a faculdade para tentar tocar um negócio ou ganhar experiência. E acabaram amargando enormes fracassos pessoais e profissionais. Quantas pessoas assim existem por aí?

“Ah”, mas você poderia dizer: “meu primo também não é nenhum Bill Gates ou Steve Jobs”. Precisamente...

O viés da sobrevivência é um erro lógico, causado por nos focarmos apenas no grupo que de algum modo superou uma determinada etapa seletiva, ignorando todos os outros que poderiam nos dar informações adicionais. Isto pode levar a conclusões tendenciosas ou completamente erradas ao analisarmos os padrões presentes apenas nesse grupo.

O viés fica ainda mais exacerbado quando na nossa amostra nos preocupamos em identificar os “vencedores” dentre todos os demais (automaticamente “perdedores”). E olhar para uma característica saliente na amostra, mas que pode ser apenas uma coincidência, sem grande poder explicativo. Para cada Bill Gates ou Steve Jobs existem milhares de pessoas que abandonaram a faculdade para empreender e fracassaram. Isolar o fato de ter abandonado a faculdade como o responsável pelo sucesso é um erro.

Erro que continua sendo cometido diariamente, por gente boa, em decisões importantes. O analista financeiro, por exemplo, costuma focar sua análise em empresas que foram bem-sucedidas a um determinado evento, como um IPO. As pessoas simplesmente não olham para toda a população submetida ao mesmo evento, onde existe uma enorme quantidade de informação disponível.

Alguma vezes isto é feito por simplesmente se ignorar que uma “seleção” prévia já acontecera. A criança, que sonha em ser jogador de futebol ao admirar seus ídolos, não tem consciência da quantidade muito maior de aspirantes a jogador que foram ficando pelo caminho. Ela tende a subestimar a dificuldade de se atingir o sucesso, por ignorar as sucessivas peneiras na base dos clubes de futebol, nos clubes de várzea ou nos anos iniciais da carreira.

Quando olhamos para todos, não só para os vencedores, podemos identificar outras características importantes para o sucesso que só serão ressaltadas na comparação com os que fracassaram. Por exemplo, tanto Gates como Jobs são fruto do que o jornalista Malcolm Gladwell batizou de teoria das “dez mil horas”, que advoga ser necessário um enorme tempo de dedicação para se dominar determinadas habilidades. Por uma série de fatores, Gates e Jobs conseguiram ter exposição precoce e tempo de dedicação aos computadores, aumentando exponencialmente sua chance de sucesso em um momento específico, o que é outro fator importante.

Muitas pessoas passam a vida inteira focando no sucesso para ter sucesso. Entretanto, é importante que o fracasso não se torne invisível. Só a comparação entre os diferentes casos permitirá que se perceba as características distintas e que se trace um caminho mais realista a ser seguido, capaz de aumentar as chances de ser bem-sucedido.

Ou seja, querer largar a faculdade para emular o sucesso de Bill Gates ou Steve Jobs poderá ter o efeito inverso, já que uma análise estatística simples mostrará que a enorme maioria que fez isso não atingiu o mesmo sucesso ou, pelo contrário, fracassou.

Agora, por que esse viés ocorre tão frequentemente?

Determinadas circunstâncias podem levar a que algumas observações recebam mais atenção do que outras. Isto pode ocorrer por incompetência de quem está observando, quando não for cuidadoso o bastante para olhar para todos os casos. Mas outras vezes ocorre porque de fato nem todos os casos estarão lá para serem observados. Por exemplo, quando um economista analisa fundos de investimento, ele só terá acesso àqueles que estejam abertos ao público. Os fundos que desapareceram e, portanto, não foram incluídos na amostra, eram justamente os de pior desempenho. Quando um pesquisador quer identificar motivos de bom desempenho das empresas, geralmente só recebe informações voluntárias das que efetivamente tiveram bom desempenho. As demais simplesmente não responderão à pesquisa.

Em suma, muito cuidado com a identificação precipitada de padrões. Olhe bem para quem está falando. E principalmente para quem não está.

Por Que Devemos Focar no Fracasso? Sobre Padrões e Sobreviventes
 

Artigos Relacionados

Gustavo Moreira
Taxar Fortunas É a Solução? Por Gustavo Moreira - 16.09.2021

  O discurso de que o correto seria taxar os mais ricos e detentores de grandes fortunas, afim de beneficiar os mais pobres com a transferência de riqueza ou ter mais condições de...

Julio Hegedus Netto
Pandemia Volta a Assustar Por Julio Hegedus Netto - 15.09.2021 1

Indicadores de atividade da China vieram mais fracos assustando, assim como o medo de estagnação nos EUA. Ambos devem PIORAR a percepção de risco dos mercados sobre a retomada...

Por Que Devemos Focar no Fracasso? Sobre Padrões e Sobreviventes

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (20)
Wilames de Lima
Wilames de Lima 05.07.2021 10:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Em um texto curto o autor condensou enorme sabedoria.
Iury Davidson
Iury Davidson 05.07.2021 0:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A lá Abraham Wald!
Iury Davidson
Iury Davidson 05.07.2021 0:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Abraham Wald
Rolble Gondo
Rolble Gondo 04.07.2021 18:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente expresão!
Ademir Furieri
Ademir Furieri 04.07.2021 18:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Este artigo retrata VERDADES, que muitos ignoram ou nos informam erroneamente, parabéns pela exelente explanação, digo pois sei com provas que é vetdade!PARABÉNS MESMO!
Michele Ayumi Morizono
Michele Ayumi Morizono 04.07.2021 17:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente!
Osvaldo Alves
Osvaldo Alves 04.07.2021 16:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente artigo, recheado de maturidade, pensamento crítico e longe de falsas verdades. Na parte que discorre sobre as fakes news, uma pesada chamada a realidade aos incautos adoradores apaixonados por quem não conseguiriam sequer entender este texto.
04.07.2021 13:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabéns pelo excelente artigo.
FERNANDO ROCHA
FERNANDO ROCHA 04.07.2021 13:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente matéria. O tempo dedicado gera a experiência, a dedicação nos amadurece. É muito importante chegar a muitas horas de estudos para depois encarar a realidade. Eu tenho estou chegando a 3.000 hs de estudo no simulador no Day Trade, onde vou me tornar profissional. Muitos buscam atalhos, muitos buscam especulações, mas conhecimento profundo as pessoas não buscam. Tudo com muita dedicação e estudo uma hora vira a chave. O acontecimento na vida de Gates e Jobs foi agir na inovação de sempre esta a frente de todos criando coisas onde concorrentes acomodados não ia, eles foram, eles não pensaram na época deles, eles pensaram no futuro e na necessidade do futuro. Com certeza eles assistiam muitos filmes futuristas e desenhos futurista e tentavam reproduzir incansavelmente. As vezes uma simples coisas, vemos e nos dá muitas possibilidades de recriar mais perfeito do original criado.
Henrique Cassa
Henrique Cassa 04.07.2021 13:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
por onde você estuda DT, qual simulador?
Lucas Thomaz
Lucas Thomaz 04.07.2021 13:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito top , bom artigo. Gostei muito.
Paulo Russomanno
Russom 04.07.2021 13:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Um artigo de sucesso.... um em dezenas que nao serviram para nada. Sua teoria esta certa
Hilton Junior
Hilton Junior 04.07.2021 13:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente mestre, dou os parabéns pelo artigo e obrigado por nos presentear com seu conhecimento em mais essa plataforma.
Leonardo fialho
Leonardo fialho 04.07.2021 12:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
obrigado, professor.
Edson Elibio Beltrame
Edson Elibio Beltrame 04.07.2021 12:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
essa é a dura realidade
ricardo reis
ricardo reis 04.07.2021 12:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muitiissimo interessante👏👏
Alberto Júnior
Alberto Júnior 02.07.2021 14:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabéns Luís Antônio. Leitura valiosa.
Margarita Bastos
Margarita Bastos 02.07.2021 14:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
sim, excelente artigo! para reflexão
Paulo Peloso
Paulo Peloso 02.07.2021 12:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Dib, muito boa a sua reflexão. Execelente artigo
Eduardo Galvão
Eduardo Galvão 02.07.2021 11:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito bom, professor!
Ricardo Bueno
Ricardo Bueno 02.07.2021 11:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Otima materia. Infelizmente no mundo atual onde a desinformacao voaE o marketing reina, ser realista virou sinonimo de pessimista. O mercado vem sendo altamente manipulado ha mais de decada, constantemente dobrando a aposta e causando quimeras generalizados mundo a fora. Nao a toa temos uma populacao bestificada e desconexa da realidade oculta. Em termos de negocios um bom livro q retrata essa cegueira é o Livro Negro do Empreendedor de Fernando Trías de Bes que retrata os fracassos dos negocios no intuito de dar ao leitor diretrizes para evitá-los. Bom fds!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail