Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Precatórios: Pagarei Assim Que Quiser

br.investing.com/analysis/precatorios-pagarei-assim-que-quiser-200443788
Precatórios: Pagarei Assim Que Quiser
Por Rodolfo Amstalden   |  05.08.2021 12:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Copom mais duro, minuciosamente descritivo em relação aos próximos passos, como nunca se viu.

Está mirando não só a inflação, mas também tentando compensar os sinais de descontrole fiscal.

Talvez o parcelamento dos precatórios realmente não tenha nada a ver com a proposta de um Bolsa Família de "mais de R$ 300". Mas certamente tem a ver com outra coisa, bem menos intuitiva: a reforma da Previdência.

Por que a reforma da Previdência foi tão importante para a melhora da percepção da dívida pública?

Os gastos com a antiga Previdência eram explosivos ao longo do tempo — uma curva convexa, apontando para cima. Com a reforma, achatamos a curva, retomando sua concavidade.

Mediante essa conquista institucional, o outlook sobre a dívida pública melhorou muito; não havia mais gastos explosivos no horizonte tangível.

O mercado se preocupa menos com o nível da dívida e mais com sua evolução ao longo do tempo. Em tese, tal evolução estaria domada, mediante a ausência de outras contas explosivas.

De repente, porém, notou-se um comportamento estranho das contas jurídicas, influenciadas pelos precatórios.

R$ 10 bilhões num ano viraram R$ 20 bilhões em um próximo ano, e assim por diante.

A previsão já incômoda de R$ 50 bilhões para 2021 ficou subestimada face a uma conta efetiva da ordem de R$ 90 bilhões.

Ironicamente, esse crescimento dos precatórios vai sendo avaliado pelo mercado como ainda mais perturbador que o antigo aumento dos gastos com a Previdência.

No caso da Previdência, pelo menos tínhamos a aritmética necessária para calcular o tamanho dos rombos futuros, ano após ano.

No caso dos precatórios, as previsões e atualizações parecem sempre sair de uma caixa-preta — e a ideia de parcelamento certamente não ajuda em um problema cuja escala é cumulativa e incógnita.

Fica a sensação de que os gastos públicos brasileiros jamais serão controlados, a despeito da implementação de um teto legal.

Ao fecharmos "N" vazamentos, inevitavelmente surgirá um vazamento "N+1", intangível.

Esse é o momentum corrente em relação às contas públicas — um momentum ruim, e aprofundado pela iminência das eleições, que costumam gerar gastos excepcionais.

Em contraponto, existem também surpresas positivas no controle dos déficits públicos, ainda não precificadas pelo mercado.

Ninguém pode dizer nada em relação ao timing, mas a assimetria de informações, do ponto de vista fiscal, parece tender a uma melhora dos ativos de risco.

Precatórios: Pagarei Assim Que Quiser
 

Artigos Relacionados

Gustavo Moreira
Taxar Fortunas É a Solução? Por Gustavo Moreira - 16.09.2021

  O discurso de que o correto seria taxar os mais ricos e detentores de grandes fortunas, afim de beneficiar os mais pobres com a transferência de riqueza ou ter mais condições de...

Precatórios: Pagarei Assim Que Quiser

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail