Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Queda de 20% da Visa É Oportunidade de Compra?

Por Investing.com (Haris Anwar/Investing.com)Ações24.11.2021 10:42
br.investing.com/analysis/queda-de-20-da-visa--oportunidade-de-compra-200446117
Queda de 20% da Visa É Oportunidade de Compra?
Por Investing.com (Haris Anwar/Investing.com)   |  24.11.2021 10:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

A gigante do setor de pagamentos Visa (NYSE:V) (SA:VISA34) enfrenta um ciclo de baixa desde meados do ano. Suas ações, depois de atingirem a máxima recorde na primeira quinzena de julho, caíram mais de 21%, não conseguindo se aproveitar do poderoso rali impulsionado pela reabertura econômica.

Visa semanal
Visa semanal

Esse momento de baixa, no entanto, não é exclusivo da Visa. Outras empresas de pagamentos também estão sob pressão. O índice Bloomberg Digital Payments tocou seu nível mais baixo desde dezembro ontem.

O maior obstáculo para essas empresas é a disparada dos casos de coronavírus, principalmente na Europa. É um evento que pode atrasar ainda mais os gastos no exterior. A chanceler alemã Angela Merkel disse que a última disparada nas infecções por Covid-19 é a pior já registrada na Alemanha até o momento e pediu a aplicação de restrições mais severas, a fim de conter a disseminação.

As novas infecções atingiram níveis recordes, e alguns países, como a República Tcheca e a Grécia, passaram a tomar medidas drásticas contra pessoas não vacinadas, já que os serviços de saúde estão no seu limite. A Áustria impôs um lockdown nacional na última segunda-feira.

Embora os gastos no exterior com cartões Visa tenham saltado 38% em seu mais recente balanço, a companhia alertou que os fechamentos generalizados de fronteiras ainda ameaçam a recuperação dos negócios.

As viagens internacionais não devem alcançar os níveis pré-pandemia até o verão de 2023, afirmou Vasant Prabhu, diretor-geral financeiro, a analistas no mês passado. Clientes fora dos EUA respondem por mais de 50% da receita da Visa.

Segundo Prabhu:

“Variantes da Covid ainda estão entre nós, e as taxas de vacinação continuam baixas em grandes partes do mundo. Com esses fatores como pano de fundo, ainda é difícil prever a trajetória do retorno à normalidade”.

Disputa com a Amazon

Outro obstáculo para o crescimento da Visa é a disputa da companhia com a Amazon (NASDAQ:AMZN) (SA:AMZO34). A gigante do comércio eletrônico disse, na semana passada, que não aceitaria mais compras feitas com cartões da Visa no Reino Unido a partir do ano que vem, numa tentativa de forçar a empresa a reduzir suas taxas. Em Singapura e na Austrália, a Austrália já impôs uma cobrança extra para quem usar os cartões da Visa.

Além disso, a operadora de cartões entrou na mira de órgãos reguladores por causa de suas possíveis práticas monopolistas. No início deste ano, reportagens indicaram que o DoJ, Departamento de Justiça dos EUA, estava investigando a Visa por causa de acusações de que a empresa estaria limitando a capacidade dos comerciantes de rotear as transações de cartão de débito, a fim de restringir as chamadas “tarifas de rede”

O Wall Street Journal noticiou, no mês passado, que o DoJ ampliou sua investigação anticoncorrencial para analisar a relação da Visa com empresas de tecnologia financeira, especificamente no que tange a incentivos de pagamento oferecidos a Square (NYSE:SQ) e PayPal (NASDAQ:PYPL).

Esses ventos contrários certamente mostram que as ações da Visa continuarão sob pressão por algum tempo. Mas essa fraqueza, de acordo com alguns analistas, é uma oportunidade de compra. Dos 38 analistas pesquisados pelo Investing.com, 36 classificam o papel como “acima da média”, com preço-alvo consensual 37% acima da cotação atual.

Visa - consenso de mercado (Investing.com)
Visa - consenso de mercado (Investing.com)

A Visa já enfrentou ameaças similares antes, porém de maior magnitude. Nos EUA, por exemplo, lojas do Walmart (NYSE:WMT) (SA:WALM34) e Kroger (NYSE:KR) (SA:K1RC34), duas poderosas redes varejistas, solucionaram seus impasses com a gigante dos pagamentos envolvendo taxas.

Outro atrativo das ações da Visa é o fato de que, à medida que a pandemia é contida e as pessoas retomam seus gastos normais, pode ser que a empresa volte a elevar em dois dígitos seus dividendos.

Embora seus proventos gerem um retorno abaixo da média, a Visa aumenta seus pagamentos anuais há 12 anos consecutivos e tem muito caixa para continuar fazendo elevações confortavelmente. Somente nos últimos três anos, os dividendos da Visa subiram quase 80%. Nos últimos cinco, a ação gerou retornos de 146% no total.

Conclusão

As ações da Visa estão sob pressão ultimamente por uma variedade de razões. Mas esses ventos contrários são temporários, em nossa visão, e oferecem uma oportunidade de compra da ação que tem um impressionante histórico de crescimento e geração de renda.

Queda de 20% da Visa É Oportunidade de Compra?
 

Artigos Relacionados

Queda de 20% da Visa É Oportunidade de Compra?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail