Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Risco Maior de Recessão nos EUA Ainda Pode Não Ter Sido Precificado nas Ações

Por Michael KramerResumo do Mercado27.05.2022 10:10
br.investing.com/analysis/risco-maior-de-recessao-nos-eua-ainda-pode-nao-ter-sido-precificado-nas-acoes-200449764
Risco Maior de Recessão nos EUA Ainda Pode Não Ter Sido Precificado nas Ações
Por Michael Kramer   |  27.05.2022 10:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Este artigo foi escrito exclusivamente para o Investing.com

Estamos nos aproximando da metade do ano, e tudo indica que os problemas dos mercados ainda não acabaram, em vista do temor maior de uma recessão. Afinal, o PIB real dos EUA no 1º tri ficou negativo, e aumentam as chances de que o mesmo aconteça no 2º tri. O modelo GDP Now, do Fed de Atlanta, projeta um crescimento de 1,8% neste trimestre. Mas o número vem caindo de forma constante e, com a inflação em 8%, não se pode descartar essa possibilidade.

Esse temor maior de uma recessão também está começando a pesar sobre os mercados. O dólar de repente começou a cair, enquanto as taxas dos títulos americanos, como as da nota de 10 anos, começaram a subir. Não apenas isso, mas o eurodólar e os contratos futuros dos fundos do Fed já começaram a precificar altas menores de juros e a possibilidade de o primeiro corte ocorrer até meados do ano que vem.
Neste momento, contudo, as estimativas de resultados do S&P 500 pelo menos estão se segurando e, apesar de a relação P/L do índice estar caindo forte, ainda não descontou uma recessão. As estimativas de resultados subiram para US$ 227,43 por ação para 2022, acima dos US$ 220 estimados no início do ano. Apesar da estabilização dessas projeções, ainda é preciso ver sua reversão para baixo.

A curva de juros começou a mudar com a queda das taxas. A taxa de 2 anos, por exemplo, caiu de cerca de 2,8% para perto de 2,5%, enquanto a taxa de 10 anos recuou para 2,8%, de 3,2% aproximadamente, nas últimas duas semanas. Além disso, o Índice Dólar caiu notavelmente para cerca de 101,80, desde a máxima um pouco acima de 105. Possíveis sinais indicam que o mercado esteja cogitando um risco maior de recessão nos EUA e reduzindo as expectativas de taxas de juros maiores do Fed.

Houve inclusive mudanças para baixo no eurodólar futuro, que projeta menos elevações de juros, e a possibilidade de o Fed começar a cortar as taxas em meados do ano que vem. Trata-se de uma enorme mudança em relação à posição em que as taxas se encontravam há apenas algumas semanas. Em 26 de abril, por exemplo, o contrato futuro do eurodólar para junho de 2023 estava em torno de 3,38%. Hoje, os mesmos contratos possuem uma taxa de cerca de 3,15%, quase uma alta inteira de juros a menos. Além disso, os contratos futuros de eurodólar registraram o primeiro corte de juros entre junho e setembro de 2023. Agora as chances mudaram para entre março e setembro de 2023.

Eurodólar futuro
Eurodólar futuro

Todas essas mudanças nos mercados cambiais e de juros sem dúvida foram sentidas nas ações, com o índice P/L do S&P 500 caindo forte em 2022 devido às altas de juros. Isso fez com que a métrica baixasse para cerca de 17,2 com base nas estimativas de resultados para 12 meses, uma queda de 22,3 no início do ano.

Por isso, embora o múltiplo P/L do índice tenha tido uma contração, as estimativas de resultados não mudaram, o que gera dois grandes problemas para as ações. Se a economia dos EUA realmente entrar em recessão, até onde as estimativas de resultados precisam cair e, se isso ocorrer, até que nível o índice P/L do mercado também cairia?

Para que as estimativas de lucro se firmem, o PIB pode ser negativo em termos reais, mas precisa evitar uma queda em termos nominais, o que é plenamente factível, em razão das elevadas taxas de inflação. Como a receita e os lucros são reportados em termos nominais, pode ser que o dano às estimativas de resultados não seja tão grande e que os declínios sejam leves. Nesse caso, pode ser que o mercado consiga se segurar nos níveis atuais.

Realmente, o investidor está vivendo tempos bastante difíceis.

Risco Maior de Recessão nos EUA Ainda Pode Não Ter Sido Precificado nas Ações
 

Artigos Relacionados

Risco Maior de Recessão nos EUA Ainda Pode Não Ter Sido Precificado nas Ações

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Carlos jr
Carlos jr 27.05.2022 23:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Matéria muito boa, infelizmente o mundo não se encontra em tempos fáceis para o investidor !
Jose Carlos
Jose Carlos 27.05.2022 15:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
quanta besteira!!!
Ruy Novaes
Ruy Novaes 27.05.2022 14:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Compra…
Marcio Iberê
Marcio Iberê 27.05.2022 13:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
muito interessante e técnicos seus artigos.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail