Garanta 40% de desconto
🚨 Mercados voláteis? Descubra joias escondidas para lucros extraordináriosDescubra ações agora mesmo

Todos de Olho nos Dados do PIB dos EUA

Publicado 26.09.2014, 08:06
Atualizado 11.10.2023, 23:02

RESENHA DA BOLSA - HARAMOTO - SEXTA-FEIRA 26/09/2014 

ÁSIA: As bolsas asiáticas recuaram nesta sexta-feira, com os investidores reagindo aos dados fracos dos Estados Unidos e novas medidas de retaliação da Rússia, às sanções do Ocidente, sobre o papel de Moscou na Ucrânia. Um membro do partido do governo da Rússia propôs um projeto de lei que autorizaria o governo russo a apreender bens estrangeiros no território russo. O dólar norte-americano fez uma pausa, após alta em relação ao euro com a especulação de que uma perspectiva de crescimento melhor dos EUA poderia levar o Federal Reserve a elevar os juros mais cedo do que o previsto. 

Ações chinesas avançaram, com as empresas agrícolas e as ligadas à produção de energia nuclear subindo acentuadamente com esperanças de reformas políticas. O índice Shanghai Composite subiu 0,11% para 2,347.72, seu nível mais alto desde 1 de março de 2013. O índice Hang Seng de Hong Kong, por sua vez, caiu 0,38%, para 23,678.41, uma baixa de dois meses, com preocupações sobre a economia da China. 

Stocks em Tóquio recuaram notavelmente, pesadas por uma depreciação do iene e pelo sell-off em Wall Street. O Nikkei caiu 0,88%, a 16,229.86, após atingir a maior alta em sete anos no dia anterior. O ministro de bem-estar do país disse que mudanças podem ser feitas para fortalecer a estrutura organizacional e de governança do fundo de pensão do país. No plano econômico, a inflação anual do Japão subiu em um ritmo mais lento do que o esperado, 3,1% em agosto ante o ano anterior, abaixo das previsões de 3,2% e abaixo de 3,3% em julho. 

As ações australianas recuaram para uma mínima de seis meses e meio. O índice S&P/ASX 200 caiu 1,28%, para 5,313.4, postando sua quinta queda consecutiva. Mineradoras registraram novas quedas já que os preços do minério de ferro local atingiram uma nova baixa em cinco anos. BHP Billiton caiu 1,8%, uma vez que se juntou com a gigante estatal mexicana de petróleo Pemex para troca de experiência em operações em águas profundas. A rival Rio Tinto caiu 2,3% e Fortescue Metals Group perdeu 2,2%. Mineradora de ouro Newcrest subiu 2,1%, com o metal precioso adicionando ganhos. O setor bancário também subiu enquanto o setor de petróleo recuou.

Em Seul, as ações registraram novas vendas dos fundos estrangeiros, com o aumento das tensões geopolíticas e persistentes incertezas sobre as perspectivas das taxas de juros dos Estados Unidos, restringindo o apetite por risco. O Kospi atingiu uma nova baixa de dois meses no início do dia, antes de fechar com queda de 0,12% em 2,031.64. O peso-pesado Samsung Electronics subiu 2,5% após perdas recentes. Entre os lançamentos econômicos, o índice de sentimento do consumidor do Banco da Coréia ficou em 107,0 em setembro - inalterado em relação a leitura de agosto, deixando espaço para os formuladores de políticas econômicas à implementar mais estímulos. 

EUROPA: Os principais mercados europeus estão avançando, depois de cair no início da sessão com preocupações sobre o fim do afrouxamento quantitativo dos EUA e crescentes tensões geopolíticas.

Os investidores também minimizaram os resultados pessimistas da pesquisa GfK, que mostrou que o sentimento do consumidor alemão está deteriorando, em Outubro, após tensões contínuas com a situação geopolítica. O índice de confiança do consumidor caiu para 8,3, ante 8,6 em setembro. Economistas esperavam que o índice caisse ligeiramente para 8,5.

Separadamente, uma pesquisa do Conference Board revelou que o principal índice para a zona euro diminuiu 0,6%em setembro, em relação ao mês anterior, depois de um aumento de 0,3 por cento em julho. O índice coincidente, que mede a atividade econômica atual, subiu 0,1% em agosto, a mesma taxa que em julho e junho.

O índice de ações Bluechip da zona do euro, Euro Stoxx 50 sobe 0,6%. O DAX alemão e CAC 40 da França avançam, enquanto o FTSE 100 do Reino Unido oscila entre perdas e ganhos.

Os bancos ganham terreno, com o Commerzbank AGHSBC HoldingsBNP Paribas subindo entre 0,5 e 1%.

Lloyds Banking Group adiciona 0,7% em Londres, depois que o credor britânico disse que vendeu 57,5 ​​milhões de ações ordinárias do TSB Banking Group Plc. representando cerca de 11,5% do capital ordinário emitido do TSB para levantar cerca de 161 milhões de libras.

A mineradora BHP Billiton sobe 0,1%, uma vez que assinou um memorando de entendimento e cooperação com Petroleos Mexicanos para troca de conhecimentos técnicos, informações, experiências e práticas em atividades relacionadas à indústria de petróleo e gás.

Air France-KLM perde mais de 2% em Paris com a continuidade da greve dos pilotos, apesar da oferta de companhia aérea de retirar planos controversos de expansão da marca de baixo custo Transavia na Europa.

Lufthansa, que também enfrenta uma greve de seus pilotos, mas está ganhando 0,3% em Frankfurt.

AGENDA DE HOJE :
EUA:
9h30 - Final GDP (PIB);
9h30 - Final GDP Price Index (Índice de Preços do PIB) 
10h55 - Revised UoM Consumer Sentiment (mede a confiança dos consumidores na economia norte-americana);
10h55 - Michigan Inflation Expectations (mede a porcentagem que os consumidores esperam do preço dos bens e serviços nos próximos 12 meses); 

ÍNDICES MUNDIAIS (8h00):

ÁSIA
Nikkei: -0,88%
Austrália: -1,28%
Hong Kong: -0,34%
Xangai Composite: +0,11%

EUROPA
Frankfurt - Dax: +0,11%
London - FTSE: +0,09%
Paris CAC 40:+0,63%
FTSE MIB: +0,85%

COMMODITIES
BRENT: +0,08%
WTI: +0,54%
OURO: +0,12%
COBRE: +0,35%
NIQUEL: +0,79%
SOJA: -0,53%
ALGODÃO: +2,23%

ÍNDICES FUTUROS
Dow: +0,14%
SP500: +0,10%
NASDAQ: +0,09%

Observação: Este material é um trabalho voluntário e gratuíto, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. Atenção para o horário da disponibilização dos dados desse relatório.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.