📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Vale a pena investir nas maiores empresas do Brasil?

Publicado 08.07.2024, 10:34
MSFT
-
AAPL
-
NVDA
-
ALPA4
-
ABEV3
-
BBAS3
-
BBDC4
-
DXCO3
-
ITSA4
-
ITUB4
-
PETR4
-
SANB11
-
VALE3
-
WEGE3
-
BPAC11
-

O valor de mercado, também chamado de capitalização de mercado (market cap, em inglês), é um indicador muito usado para distinguir as empresas por tamanho. Quanto maiores as cifras, mais imponente e estabelecido é aquele negócio, o que acaba também determinando o risco de se investir nele. Afinal, as maiores companhias costumam ser estáveis mesmo em momentos de incerteza econômica, enquanto as de menor porte sofrem mais.

Nos EUA, vem sendo possível acompanhar a briga pelo posto de empresa mais valiosa do mundo entre Apple (NASDAQ:AAPL), Microsoft (NASDAQ:MSFT) e Nvidia (NASDAQ:NVDA) em 2024. Isso é possível por conta da variação do valor de mercado, que é calculado multiplicando o número de ações em circulação pela cotação atual.

Todas as sete empresas mais valiosas do mundo, todas dos EUA e conhecidas como “Magnificent 7”, possuem market cap acima de US$1 trilhão. No Brasil, por outro lado, a situação é bem diferente, como era de se esperar pela maior maturidade do mercado norte-americano. E são apenas 10 com capitalização maior que R$ 100 bilhões.

Petrobras (BVMF:PETR4)

  • Valor de Mercado: R$ 498 bilhões

  • Receita: R$ 490 bilhões

  • Lucro Líquido: R$ 110 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: 323%

  • Preço-Justo: R$ 55,96 (+49,2%)
  • Saúde Financeira: 3,29 (B)
  • Fundação: 1953

A Petrobras é uma das maiores empresas de energia do mundo, com atuação predominante na exploração, produção, refino e distribuição de petróleo, gás natural e seus derivados. A empresa desempenha um papel crucial no setor energético do Brasil, investindo em tecnologia de ponta e operações em águas profundas e ultraprofundas, que são algumas das áreas mais desafiadoras e promissoras do mundo. Atua em toda a cadeia de valor do petróleo, desde a exploração até a comercialização.

Itaú Unibanco (BVMF:ITUB4)

  • Valor de Mercado: R$ 300 bilhões

  • Receita: R$ 130 bilhões

  • Lucro Líquido: R$ 36 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: 32%

  • Preço-Justo: R$ 37,74 (+14,6%)
  • Saúde Financeira: 2,57 (C)
  • Fundação: 1945

Fundido em 2008 com o Unibanco, o Itaú é uma das maiores instituições financeiras da América Latina. Com uma abordagem voltada tanto para o varejo quanto para o segmento corporativo, o banco oferece uma ampla gama de serviços financeiros, incluindo contas correntes, crédito, investimentos, seguros e cartões de crédito. Tem forte presença digital e foco em inovação com foco na experiência do cliente e na eficiência operacional.

Vale (BVMF:VALE3)

  • Valor de Mercado: R$ 273 bilhões

  • Receita: R$ 206 bilhões

  • Lucro Líquido: R$ 39 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: 97%

  • Preço-Justo: R$ 82,52 (+29,7%)
  • Saúde Financeira: 3,00 (B)
  • Fundação: 1942

A Vale é uma das maiores empresas de mineração do mundo, com operações que abrangem a produção de minério de ferro, níquel, cobre, carvão e outros minerais. A empresa possui um modelo de negócios que inclui mineração, logística, e processamento, com controle rigoroso sobre a cadeia de suprimentos e custos, sendo peça-chave no fornecimento de matérias-primas essenciais para a indústria global.

Ambev (BVMF:ABEV3)

  • Valor de Mercado: R$ 180 bilhões

  • Receita: R$ 79 bilhões

  • Lucro Líquido: R$ 15 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: -29%

  • Preço-Justo: R$ 15,29 (+35,0%)
  • Saúde Financeira: 2,93 (C)
  • Fundação: 1999

Fundada através da fusão de Brahma e Antarctica, a Ambev é uma das maiores produtoras de bebidas do mundo. Seu portfólio inclui cervejas, refrigerantes e outras bebidas não-alcoólicas, com marcas icônicas como Skol, Brahma, Antarctica, e Guaraná Antarctica. Com foco em eficiência operacional, inovação em produtos e uma robusta rede de distribuição, a empresa tem forte presença no mercado global.

Weg (BVMF:WEGE3)

  • Valor de Mercado: R$ 175 bilhões

  • Receita: R$ 33 bilhões

  • Lucro Líquido: R$ 6 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: 303%

  • Preço-Justo: R$ 38,35 (-9,1%)
  • Saúde Financeira: 3,40 (B)
  • Fundação: 1961

A Weg é uma das principais fabricantes mundiais de equipamentos eletroeletrônicos, motores elétricos, automação industrial e soluções de energia. A empresa opera com diversificação, incluindo produção, pesquisa e desenvolvimento, e prestação de serviços para uma vasta gama de indústrias, desde energia até automotiva. A empresa tem se destacado globalmente pela qualidade de seus produtos e soluções tecnológicas.

BTG Pactual (BVMF:BPAC11)

  • Valor de Mercado: R$ 153 bilhões

  • Receita: R$ 32 bilhões

  • Lucro Líquido: R$ 11 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: 156%

  • Preço-Justo: R$ 37,70 (+15,7%)
  • Saúde Financeira: 2,43 (C)
  • Fundação: 1983

O BTG Pactual é um dos maiores bancos de investimento da América Latina, com operações que incluem gestão de ativos, gestão de patrimônio, corporate banking e investment banking. Seu modelo de negócios é focado em oferecer soluções financeiras personalizadas e de alta qualidade para seus clientes, que variam desde indivíduos de alta renda até grandes corporações. A empresa é conhecida pela abordagem inovadora e papel crucial no mercado de capitais brasileiro e internacional.

Banco do Brasil (BVMF:BBAS3)

  • Valor de Mercado: R$ 153 bilhões

  • Receita: R$ 111 bilhões

  • Lucro Líquido: R$ 34 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: 44%

  • Preço-Justo: R$ 34,43 (+28,8%)
  • Saúde Financeira: 2,89 (C)
  • Fundação: 1808

O BB é a instituição financeira mais antiga do Brasil e uma das maiores do país. Com uma extensa rede de agências, o banco oferece uma ampla gama de produtos e serviços financeiros, incluindo contas correntes, crédito, investimentos, seguros e serviços de câmbio. Com forte presença física e crescente estratégia digital, atende tanto clientes individuais quanto corporativos, buscando promover desenvolvimento econômico e social.

Bradesco (BVMF:BBDC4)

  • Valor de Mercado: R$ 125 bi

  • Receita: R$ 67 bilhões

  • Lucro Líquido: R$ 13 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: -45%

  • Preço-Justo: R$ 16,07 (+28,9%)
  • Saúde Financeira: 1,76 (D)
  • Fundação: 1943

O Bradesco é uma das maiores instituições financeiras do Brasil, com vasta rede de agências e forte presença digital. Oferece uma ampla gama de serviços financeiros, incluindo contas correntes, crédito, investimentos, seguros e cartões de crédito. O banco proporciona uma experiência integrada ao cliente, combinando atendimento físico e virtual.

Itaúsa (BVMF:ITSA4)

  • Valor de Mercado: R$ 103 bilhões

  • Receita: N/A

  • Lucro Líquido: R$ 14 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: 19%

  • Preço-Justo: R$ 13,24 (+33,1%)
  • Saúde Financeira: 2,42 (C)
  • Fundação: 1966

A Itaúsa é uma das maiores holdings de investimentos do Brasil, com participações significativas em empresas como Itaú Unibanco, Duratex (BVMF:DXCO3), Alpargatas (BVMF:ALPA4) e NTS. Seu modelo de negócios é baseado na diversificação de investimentos e na busca por retornos sustentáveis de longo prazo. A empresa se destaca pela gestão eficiente de seu portfólio e pelo compromisso com a governança corporativa e a responsabilidade socioambiental, agregando valor às suas empresas investidas e aos acionistas.

Santander Brasil (BVMF:SANB11)

  • Valor de Mercado: R$ 102 bilhões

  • Receita: R$ 41 bilhões

  • Lucro Líquido: R$ 9 bilhões

  • Retorno em 5 Anos: -20%

  • Preço-Justo: R$ 33,61 (+24,0%)
  • Saúde Financeira: 2,28 (C)
  • Fundação: 1982

Parte do grupo espanhol Santander, a instituição se destaca como um dos maiores bancos do país, oferecendo ampla gama de serviços financeiros, desde contas correntes e crédito até investimentos e seguros. O modelo de negócios do Santander Brasil combina a robustez da atuação global com o conhecimento do mercado local, proporcionando soluções financeiras eficientes para a clientela.

Como encontrar as maiores empresas do Brasil

Você pode encontrar com facilidade as empresas de maior valor de mercado do Brasil no InvestingPro.

  • Clique no menu do Filtro de Ações.

  • Selecione “Valor de Mercado” e defina como maior que 17 bilhões (o filtro de ações é somente em dólar, e esse valor corresponde atualmente a quase 100 bilhões de reais)

  • Para limitar a ações brasileiras, selecione Bolsa de Valores de São Paulo na categoria “Bolsa”, em “Ativos Correspondentes” e marque a opção “Item primário de negociação”.

  • Depois marque “Empresa” e “título preferencial” em “Entidade (tipo)” para excluir fundos imobiliários

OBS: Dados coletados na sexta-feira, 5 de julho de 2024

Encontre dados avançados sobre as maiores empresas do Brasil e do mundo com o InvestingPro. Para um desconto especial, use o cupom PROANALISE para as assinaturas anuais e de 2 anos do Pro e Pro+

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.