😎 Promoção de meio de ano - Até 50% de desconto em ações selecionadas por IA no InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Até onde o ouro pode subir este ano? Veja o que diz este especialista

Publicado 13.06.2024, 18:45
© Reuters.
XAU/USD
-
GC
-

Investing.com – Com a divulgação dos mais recentes índices de inflação, os investidores do ouro permanecem atentos à direção futura dos preços do metal precioso.

Embora a expectativa geral seja de que o metal amarelo mantenha sua tendência de valorização ao longo do ano, alguns analistas preveem que o preço se sustentará acima de um patamar importante.

O ouro alcançou um pico de quase US$ 2.450 em maio e, mesmo com uma desvalorização recente para aproximadamente US$ 2.300, o sentimento do mercado continua otimista. Analistas do Citi projetam que o valor do ouro possa atingir até US$ 3.000 no decorrer dos próximos 12 meses.

"Embora a evolução do preço do ouro possa não ser constante, espera-se que a média de preços siga uma trajetória ascendente no segundo semestre de 2024 e durante 2025", afirma o Citi.

Use inteligência artificial e os melhores dados financeiros para apoiar suas decisões de investimento. Aproveite o cupom OFERTAPRO e descubra ações explosivas agora! Clique aqui.

Potencial das Mineradoras de Ouro

Taylor Krystkowiak, vice-presidente e estrategista de investimentos da Themes ETFs, destacou em um estudo recente que as mineradoras de ouro apresentam um potencial de valorização considerável, citando suas avaliações de mercado atualmente baixas.

"Em 2011, a relação preço/valor contábil do S&P 500 e das mineradoras era de cerca de 2x - atualmente, o S&P 500 opera a cerca de 4,8x, enquanto as mineradoras estão em torno de 1,9x", observa ele. "Essa discrepância nas avaliações, aliada ao fato de que o ouro atingiu novos recordes este ano, indica que o setor possui espaço significativo para crescimento."

Além disso, Krystkowiak ressalta que a oferta limitada, resultante da redução da produção e do aumento da demanda por parte dos bancos centrais, favorece a manutenção dos altos preços do ouro e das mineradoras.

"A atual queda nos preços do ouro representa uma oportunidade para investir nas mineradoras, considerando que suas avaliações ainda são muito atraentes historicamente", ele comenta.

Expectativas para o Preço do Ouro até o Final de 2024

No entanto, as previsões para o preço do ouro até o final do ano são menos otimistas. Em uma entrevista ao Investing.com, Krystkowiak mencionou que "com a demanda forte e a oferta restrita, é provável que o preço do ouro se mantenha acima de US$ 2.200 por onça até o final de 2024".

Ele explica que "essa estimativa também é corroborada pelo comportamento histórico do ouro, que tende a oscilar lateralmente após atingir um novo recorde, estabilizando-se em torno de um novo patamar de preço".

Com os preços atuais superiores a US$ 2.200 por onça, o ouro está bem acima do custo médio total de produção de US$ 1.345 por onça para as mineradoras, o que, segundo Krystkowiak, garante que elas continuem a desfrutar de margens de lucro significativamente elevadas em sua produção de ouro no futuro próximo, mesmo que haja uma leve redução nos preços em relação aos níveis atuais.

O otimismo de Krystkowiak quanto ao ouro é compartilhado pelo Citi, que prevê que o mercado se manterá "fortemente sustentado acima de US$ 2.000-2.200 por onça e testará frequentemente os recordes históricos até o final de 2024", antes de possivelmente escalar para US$ 3.000 em 2025.

"Uma mudança negativa no excepcionalismo do crescimento econômico dos EUA pode beneficiar o ouro, aumentando a procura por ativos seguros e de longo prazo, ceteris paribus", conclui o Citi.

Prata também tem boas perspectivas

O Bank of America (NYSE:BAC) mantém uma perspectiva otimista para os preços da prata, antecipando um aumento significativo para a segunda metade de 2024 e durante 2025.

Michael Widmer, estrategista de metais do BofA, projeta que o preço da prata alcançará uma média de US$ 35 por onça em 2026E, superior aos atuais US$ 29,28 por onça à vista. Essa previsão otimista baseia-se em diversos fatores, incluindo a expectativa de término dos aumentos das taxas de juros pelos bancos centrais e o crescente investimento em metais preciosos.

Embora reconheça a valorização da prata ao longo do ano, o BofA acredita que o metal ainda tem espaço para apreciação. Espera-se que o mercado de ouro influencie positivamente os preços da prata, com projeções de que o ouro atinja US$ 3.000 por onça até 2025.

No entanto, o relatório também destaca a dificuldade em encontrar ações de mineração de prata pura. Devido às características da mineração de prata, que frequentemente ocorre junto com a extração de outros metais, como cobre ou zinco, é raro encontrar empresas focadas exclusivamente na prata.

"Encontrar exposição direta à prata através de ações de mineração é desafiador", afirma o BofA. Eles observam que muitas empresas que atuam principalmente na mineração de prata geram menos de 50% de suas receitas a partir deste metal.

Apesar desses desafios, o BofA recomenda algumas ações para investidores norte-americanos interessados em prata. Entre as ações com recomendação de compra estão a Pan American Silver (NYSE:PAAS) e a Wheaton Precious Metals (NYSE:WPM).

O relatório elogia o balanço sólido da PAAS, seu potencial de aumento na produção e a diversificação de ativos. A WPM, especializada em royalties e streaming de metais preciosos, é destacada pelo significativo fluxo de receita derivado da prata (estimado em 36% para 2024) e pelo crescimento de volume líder no setor.

Para investidores globais, o BofA atribui uma classificação neutra para a Fresnillo (LON:FRES), com sede no Reino Unido. Apesar de sua popularidade como opção para exposição à prata, o BofA aponta preocupações com desafios potenciais nas minas da FRES e oportunidades limitadas de crescimento.

***

Quer saber quais são as melhores ações de mineradoras de ouro e prata?

No InvestingPro você sabe tudo isso e ainda tem acesso a:

  • ProPicks: Estratégias que usam IA para selecionar ações explosivas.

  • Preço-justo: Saiba se uma ação está cara ou barata com base em seus fundamentos.

  • ProTips: Dicas rápidas e diretas para descomplicar informações financeiras.

  • Filtro avançado: Encontre as melhores ações com base em centenas de métricas.

  • Ideias: Descubra como os maiores gestores do mundo estão posicionados e copie suas estratégias.

  • Dados de nível institucional: Monte suas próprias estratégias com ações de todo o mundo.

  • Navegação turbo: As páginas do Investing.com carregam mais rápido, sem anúncios.

POUCOS CUPONS DE DESCONTO! Aproveite o seu: use o cupom OFERTAPRO e ganhe um desconto adicional na promoção de 1 ou 2 anos do Pro ou Pro+. Clique aqui e garanta seu preço especial agora!

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.