Garanta 40% de desconto
🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

Chanceleres de Brasil e Argentina discutem Vaca Muerta e dizem que há alinhamento de interesses

Publicado 15.04.2024, 14:03
© Reuters. Gasoduto em construção na Argentina para transporte de gás do campo de Vaca Muerta
26/04/2023
REUTERS/Martin Cossarini
USD/ARS
-
NG
-

BRASÍLIA (Reuters) - Os ministros das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, e da Argentina, Diana Mondino, discutiram nesta segunda-feira a construção do gasoduto de Vaca Muerta e disseram que há alinhamento de interesses sobre a possibilidade futura de importação de gás natural argentino pelo Brasil.

Segundo Diana Mondino, existe várias questões em relação a essa cooperação que estão em andamento ou em estudos, e serão mantidas, e Vaca Muerta terá uma grande capacidade de produção.

"Tudo isso é interesse mútuo. A produção está na Argentina e a necessidade, no Brasil. A produção alcança a necessidade nossa própria e mais a do Brasil. Então há um alinhamento de interesses", disse a chanceler.

O Brasil avalia opções para importar gás natural da enorme formação argentina de Vaca Muerta enquanto busca aliviar seu déficit do insumo, de acordo com autoridades do governo brasileiro.

Vaca Muerta é uma enorme formação de xisto no oeste da Argentina, considerada chave para aumentar o suprimento de gás do país sul-americano e diminuir a necessidade de importações caras.

As primeiras negociações foram feitas ainda no governo de Alberto Fernández, e o governo brasileiro estudava financiar empresas brasileiras para construção do gasoduto que ligaria a Argentina ao Rio Grande do Sul, mas as conversas ainda eram incipientes.

A mudança de governo, garantiu Mondino, não impede a continuação das negociações.

"São projetos do governo argentino, estão acima de cada governo", disse a chanceler.

A visita de Mondino ao Brasil, a primeira dela no cargo, foi uma tentativa de manter as relações diplomáticas, apesar das diferenças entre os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Javier Milei, com o argentino se alinhando ao ex-presidente Jair Bolsonaro.

"A principal mensagem que quero transmitir é a certeza da centralidade e relevância que o Brasil tem para a Argentina", disse Mondino ao iniciar sua fala no Itamaraty.

© Reuters. Gasoduto em construção na Argentina para transporte de gás do campo de Vaca Muerta
26/04/2023
REUTERS/Martin Cossarini

A chanceler, no entanto, teve que responder sobre as intenções de Milei, que na última sexta-feira, em encontro com o dono da rede social X, Elon Musk, disse a ele que poderia ajudá-lo na disputa com o governo e o Judiciário brasileiro.

Perguntada sobre como seria essa ajuda, já que era um assunto interno do Brasil, a chanceler afirmou que a Argentina não se intrometeria em assuntos internos de outros países.

"O governo argentino jamais vai interferir no processo democrático ou nos temas internos de cada país. Confiamos na Justiça de cada país. A Argentina defende a liberdade de expressão em todos os sentidos", afirmou.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.