Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Itália aumenta as importações de petróleo de Moscou

Commodities 21.05.2022 08:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Alessandro Albano, do Investing.com Itália

Investing.com - A Itália importou mais petróleo russo em maio do que antes do início da guerra na Ucrânia, enquanto as discussões continuam em Bruxelas para aprovar o embargo de petróleo de Moscou.

De acordo com uma análise de Kpler publicada pelo Financial Times na sexta-feira, a Rússia exportou cerca de 450.000 barris de petróleo bruto por dia em maio, mais de quatro vezes o número de fevereiro e o maior desde 2013, com dois terços do petróleo destinado ao porto de Augusta, na Sicília, próximo à refinaria ISAB controlada pela russa Lukoil (LON:LKOHyq).

A refinaria siciliana, explica o diário financeiro britânico, garantiu o abastecimento para várias partes do mundo graças às "linhas de crédito dos bancos europeus", que deixaram de conceder empréstimos após a invasão da Ucrânia, obrigando a ISAB "a depender exclusivamente de abastecimentos da empresa-mãe".

"É paradoxal, a União Europeia (UE) queria penalizar as importações de energia russas, mas aqui foi realmente encorajado por sanções", disse Alessandro Tripoli, secretário-geral do sindicato FEMCA CISL para as províncias de Siracusa e Ragusa, na Sicília, ao Financial Times. "Apenas 30% por cento do petróleo da ISAB era russo antes das sanções, agora é 100% porque os bancos italianos bloquearam as linhas de crédito da refinaria, então a Lukoil se tornou seu único fornecedor", acrescentou o secretário.

A ISAB, lembra o FT, processa até 22% do petróleo bruto italiano e exporta para dezenas de países. Fundada em 1972, foi adquirida em 2008 pela Litasco, entidade suíça controlada pela Lukoil.

O petróleo bruto russo não chegou em grandes quantidades apenas na Sicília. As importações de Moscou também aumentaram no porto de Trieste, conectado através do oleoduto Transalpine a duas refinarias na Alemanha parcialmente detidas pela Rosneft (LON:ROSNq), uma das principais empresas russas de energia.

De acordo com o Financial Times, após o boom das importações, a Itália ultrapassará a Holanda como o maior centro europeu de importação de petróleo marítimo russo.

*Ver original

Itália aumenta as importações de petróleo de Moscou
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Orlando Prado
Orlando Prado 22.05.2022 9:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
fui censurado
Orlando Prado
Orlando Prado 22.05.2022 9:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É muita hipocrisia. A gente não pode comprar fertilizantes mas eles ,os europeus, fazem aquilo que lhes é mais conveniente e o mais barato. Ainda bem que cuidamos dos nossos assuntos afinal a guerra não é nossa e é coisa de 400 anos dos tempos dos Romanovs , Ivan o Terrível, assim não perdemos o contato com o nosso maior fornecedor pois se fossemos depender dos canadenses do Justin Trudeao estaríamos pagando os insumos 3 vzs mais comprometendo a produção mundial de comida.
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara 21.05.2022 12:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tome. enquanto uns nao compram. outros aproveitam e compram...falir nao vai. quem vai sofrer é o povo.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail