Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Ouro, Petróleo: Posições sobre vacina e lockdowns vão definir rumo dos preços

Commodities15.11.2020 18:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters

Por Barani Krishnan

Investing.com - Apertem os cintos de segurança: o "jogo-seguro" da Covid versus o "comércio de lockdown" pode sofrer oscilações angustiantes nos preços do petróleo e do ouro nas próximas semanas, à medida que as esperanças de vacinas e terapêuticas se confrontam com pedidos de internação em potencial como as UTIs de hospitais acima da capacidade.

A semana que acabou de terminar nos dá uma prévia do que poderia ser o “novo normal”.

A exuberância excessiva dos investidores com o progresso relatado pela Pfizer (NYSE:PFE) (SA:PFIZ34) em seus testes de vacinas Covid-19 desencadeou uma grande alta nos ativos de risco na segunda-feira. Deu ao Dow Jones de Wall Street uma alta de 3% - seu maior ganho diário desde junho. E o petróleo bruto avançou 8%, o maior desde maio.

Mas, com o passar da semana, as condições de armazenamento extremamente desafiadoras para a vacina Pfizer, bem como a logística de entrega, tornaram-se mais claras, diminuindo esses ganhos.

No caso do ouro, estar no lado oposto do risco comercial acabou sendo uma proposta cara para os detentores do metal amarelo.

Os contratos futuros de ouro despencaram mais de US$ 100 a onça, ou 4,5%, na segunda-feira - a pior queda em um dia desde agosto. Na sexta-feira, porém, o porto-seguro havia recuperado algumas de suas perdas, agindo como uma proteção contra o aumento de casos Covid-19.

Um grande lockdown nos EUA semelhante ao período de março a maio pode ser inevitável se um número suficiente de governadores decidirem fechar territórios sob sua jurisdição para conter a propagação do vírus, mesmo se a administração Trump se recusar a iniciar tal movimento.

O medo de que as UTIs do hospital sejam invadidas ressurgiu nesta semana, com as infecções por coronavírus estabelecendo novos recordes diários, quebrando 150.000 casos na quinta-feira. De acordo com a Universidade Johns Hopkins, mais de 10,8 milhões de americanos contraíram o vírus desde fevereiro, e mais de 245.000 morreram de complicações causadas por ele.

A possibilidade de um segundo lockdown nacional é bastante real com o conselheiro da força-tarefa de coronavírus do presidente eleito Joe Biden, Dr. Michael Osterholm, dizendo que o fechamento de empresas por quatro a seis semanas poderia ajudar a interromper a pandemia.

Não são apenas os EUA que enfrentam restrições econômicas. Na Europa, a operadora de rodovias Vinci informou na sexta-feira que o tráfego caiu 48% na primeira semana inteira de novembro em resposta às mais recentes medidas de saúde pública do governo. Essas medidas na segunda maior economia da Europa devem permanecer em vigor até, pelo menos, 1º de dezembro. A Inglaterra também está em um estado de semi-bloqueio, enquanto a chanceler alemã, Angela Merkel, alertou na sexta-feira que as recentes restrições de seu governo às reuniões sociais podem ter que durar até o ano novo.

Tudo isso pode significar volatilidade em petróleo e ouro. "O petróleo continuou a cair após uma alta no início da semana, à medida que o mercado avalia a destruição contínua da demanda, já que os casos de coronavírus continuam aumentando nos EUA e na Europa, com restrições adicionais sendo implementadas", disse Alexander Turro, estrategista de mercado da RJO Futures em Chicago na sexta.

Desde o rompimento do petróleo dos EUA para máxima de 10 semanas acima de US$ 43 na quarta-feira, Turro observou que corrigiu para uma faixa de 42,89-38,31 ", pois o consumo global (anêmico) e a redução da demanda de combustível continuam na vanguarda."

No caso do ouro, a oscilação entre US$ 1.850 e US$ 1.900 a onça pode se tornar semipermanente, a menos que um novo estímulo econômico dos EUA seja aprovado no Ano Novo em resposta à pandemia - e que seria um bálsamo para o ouro.

"Há temor de uma segunda onda de lockdowns e restrições e o mercado tem que trabalhar por meio de (alguns) estímulos" para a economia dos EUA, disse Eli Tesfaye, estrategista de mercado sênior da RJO Futures. "Então, o mercado em algum momento tem que se antecipar a esse dinheiro e a esse preço na inflação potencial."

Revisão de energia

O petróleo WTI negociado em Nova York, o principal indicador de preço para o petróleo nos EUA, e o petróleo Brent de Londres, a referência global para a commodity, ambos mostraram um avanço de mais de 8% na semana.

Para sexta-feira, no entanto, o WTI teve uma baixa para US$ 40,12, após fechar a sessão oficial em US$ 40,13, queda de 99 centavos, ou 2,4%. O Brent, por sua vez, registrou uma negociação final de US$ 42,70, depois de terminar a sessão oficial a US$ 42,78, uma queda de 75 centavos, ou 1,7%.

Exceto pelas notícias sobre vacinas da Pfizer, os grandes declínios da semana passada em estoques de gasolina e estoques de destilados - relatados na quarta-feira - também ajudaram a estabelecer um piso um pouco abaixo de US$ 40 no WTI.

Mas o sentimento foi enfraquecido novamente pela previsão nefasta de quinta-feira para a demanda da Agência Internacional de Energia com sede em Paris. Além disso, rumores recentes da Opep sobre manter o curso com cortes de produção foram compensados ​​pela redução do cartel em suas perspectivas de demanda.

Finalmente, há a contagem de plataformas de petróleo dos EUA - esse indicador de produção futura - que aumentou pela oitava semana consecutiva na sexta-feira, de acordo com uma leitura da firma do setor Baker Hughes.

Embora a produção de petróleo dos EUA tenha caído de recordes pré-pandêmicos de 13,1 milhões de barris por dia em meados de março para 10,5 milhões de barris por dia agora, a contagem crescente de plataformas está levantando preocupações de que a produção possa aumentar no momento errado, já que o mundo está caminhando para mais Covid-19.

Calendário de energia

Segunda-feira, 16 de novembro

Estimativas de estoque privado de Cushing

Terça-feira, 17 de novembro

Relatório semanal do Instuto Americano de Petróleo sobre os estoques de petróleo.

Quarta-feira, 18 de novembro

Relatório semanal EIA sobre estoques de petróleo

Relatório semanal EIA sobre estoques de gasolina

Relatório semanal EIA sobre estoques de destilados

Quinta-feira, 19 de novembro

Relatório semanal EIA sobre armazenamento de gás natural

Sexta-feira, 20 de novembro

Pesquisa semanal Baker Hughes em plataformas de petróleo nos EUA

LEIA MAIS - Calendário Econômico - Fique por dentro de 5 assuntos relevantes da semana

Revisão de metais preciosos

Os preços do ouro fecharam na sexta-feira como uma proteção contra os casos de aumento da Covid-19 e um temido segundo bloqueio nacional dos EUA em algum momento.

Mas o aumento não foi suficiente para evitar que o metal amarelo registrasse sua pior perda semanal desde setembro, desencadeada pela venda antecipada na semana após o hype do mercado sobre o progresso de uma vacina da Pfizer para o vírus.

O ouro para entrega em dezembro negociado em Nova York fez uma negociação final de US$ 1.888,35, após fechar a sessão oficial em US$ 1.886,20, alta de 0,7%.

Na semana, perdeu 3,4%, o máximo em uma semana desde o final de setembro.

“Se o ouro puder manter o nível de US$ 1.890 no curto prazo, os preços devem continuar a se consolidar em alta”, disse Ed Moya, analista da OANDA em Nova York. “O caminho para registrar território alto será acidentado para o ouro, mas ele ainda está lá porque o comércio de reflação não irá embora tão cedo”.

Ouro, Petróleo: Posições sobre vacina e lockdowns vão definir rumo dos preços
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Gilberto MP Pereira
Gilberto MP Pereira 15.11.2020 21:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
uma segunda onda da covid ja esta ai....a vacina so para começo de dezembro, vai ser um mes de novembro com muita volatilidade no mercado , principalmente dolar e petróleo parece ser inevitável....dolar voltando a bater as porta dos 5,80 ate dia 25 NÃO duvido , petro voltando a bater na resistencia dos 17,20.. 17,60.
David Salomão
David Salomão 15.11.2020 21:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Veja o sinal que o mercado esta dando esquece noticia...
Joao Paulo Caetano Matos
Joao Paulo Caetano Matos 15.11.2020 21:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
David Salomão to tentando achar sentido na sua frase...
Eduardo Pinheiro
Eduardo Pinheiro 15.11.2020 21:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vacina p começo de dezembro? eu nao apostaria em algo significativo antes de mar/abr 2021
Luciano DA SILVA
Luciano DA SILVA 15.11.2020 19:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ouro! Não há impressora que o imprima!
Maicon Banni
Maicon Banni 15.11.2020 19:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Edegar Longo
Edegar 15.11.2020 19:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sempre bom , um pouco.
Marcos Cunha
Marcos Cunha 15.11.2020 18:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Estou bem posiconado em ouro, mesmo que saia uma vacina, tem a relaco tempo nessa equação
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail