⌛ Perdeu a alta de 13% da ProPicks em maio? Assine agora e receba mais cedo as ações de Junho.Desbloquear ações

Plantio de soja no RS salta para 50% da área após diminuição de chuvas, diz Emater

Publicado 30.11.2023, 19:42
© Reuters. Carregamento de soja
17/02/2020
REUTERS/Jorge Adorno

Por Roberto Samora

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de soja da safra 2023/24 foi intensificado no Rio Grande do Sul na última semana, favorecido pela diminuição das precipitações e o aumento do número de períodos ensolarados, o que levou a área já semeada para 50% do total projetado, apontou nesta quinta-feira a Emater, em boletim semanal.

Até a semana passada, produtores gaúchos tinham semeado 25% da área prevista. Apesar do salto semanal nos trabalhos, eles seguem atrasados após chuvas excessivas no Estado. No mesmo período do ano passado, o Rio Grande do Sul já havia plantado 70% da área da oleaginosa.

"Há preocupação por parte dos produtores em relação ao atraso, que pode impactar negativamente a produtividade, além de impossibilitar a implementação de um plantio escalonado, que facilitaria os manejos culturais subsequentes", disse a Emater, empresa de assistência técnica ligada ao governo do Estado.

O Rio Grande do Sul normalmente figura entre os três maiores produtores de soja do Brasil.

Em relação ao aspecto fitossanitário das áreas semeadas com soja, em algumas regiões constataram-se sintomas de doenças de solo, em parte das lavouras semeadas no período anterior, "demandando a necessidade de replantio". A Emater citou tombamento e morte das plântulas por apodrecimento.

A empresa disse ainda que o "aumento de horas de sol também foi altamente benéfico para as lavouras de milho em todas as fases de desenvolvimento".

"De maneira geral, houve melhoria no aspecto visual das lavouras e na coloração das plantas, indicando a redução do estresse, provocado pelo excesso de umidade em áreas de relevo plano, disse a Emater, citando que a semeadura do milho atingiu 85% da área prevista para esta safra, evoluindo pouco "em função da priorização da operação na cultura da soja".

© Reuters. Carregamento de soja
17/02/2020
REUTERS/Jorge Adorno

O relatório apontou também que o tempo seco dos últimos dias propiciou avanços na colheita do trigo, a qual se encontra próxima da conclusão, com 98% da área cultivada no Rio Grande do Sul já colhida.

A qualidade dos grãos permanece abaixo do padrão ideal, especialmente nas lavouras estabelecidas durante a segunda metade do período de semeadura, uma vez que as chuvas também geraram problemas para o cereal.

A produtividade média estimada atualmente indica rendimento de 2.164 kg/ha, redução de 28,38% em relação à projeção inicial, que apontava uma safra no Rio Grande do Sul de 2023 estimada em 4,55 milhões de toneladas em 2023.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.