Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

BTC: “Crescimento pode ser algo que nunca vimos”, diz executivo da Bitget

Publicado 22.02.2024, 18:00
Atualizado 22.02.2024, 18:00
© Bitget

Investing.com – O aumento no volume de negociações de Bitcoin, impulsionado pela aprovação dos Exchange Traded Funds (ETFs) relacionados à criptomoeda nos Estados Unidos, pode favorecer não só o principal ativo do mercado digital, cujo ano ainda deve ser marcado pelo halving, mas impulsionar outros tokens, incluindo Solana a Ethereum.

Essa é a opinião de Maximiliano Hinz, diretor de Expansão da Bitget para a América Latina, que tratou do tema em entrevista com o Investing.com Brasil. “O crescimento tem o potencial para ser algo que nunca vimos em termos de valores”, avalia. “É muito razoável ver os próprios tokens das exchanges terem um crescimento muito grande”, destaca.

Leia a entrevista:

Investing.com – Qual vem sendo a avaliação até o momento da repercussão e busca de institucionais pelos ETFs de Bitcoin?

Maximiliano Hinz – Ainda é cedo para fazer uma análise aprofundada do ETF. já que o BTC tem mais de 10 anos de história e o ETF apenas algumas semanas. Mas à primeira vista vemos que tem sido positivo. A partir de hoje, mais de 10 mil BTC estão sendo vendidos através do ETF, o que significa um aumento muito grande no volume de negociação do Bitcoin. Não podemos esquecer que embora o ETF não seja um Bitcoin do ponto de vista tecnológico, a regulamentação exige que os emissores sejam 100% lastreados, ou seja, para cada ETF BTC os emissores devem ter um BTC.

Inv.com – Acredita que a demanda deve ser de maior expansão ao longo do ano?

Hinz – É difícil prever estes movimentos com certeza. A realidade é que hoje o teto do BTC está em 68 mil dólares, que é o seu máximo histórico. Se conseguir quebrar essa barreira, então certamente veremos a procura continuar a expandir-se, uma vez que os investidores não irão querer perder a recuperação altista. Mas, novamente, é muito difícil saber o que vai acontecer no mercado.

Inv.com – Quais principais fatores podem impulsionar o BTC neste ano e há projeção da empresa sobre qual perspectiva de valorização com o halving?

Hinz – Os dois grandes fatores que entendemos que terão impacto são o halving e o ETF. Com a redução para metade a recompensa que os mineiros recebem é reduzida para 50% e com o ETF temos visto um aumento na procura. Se fizermos 2 + 2, entendemos que o preço vai subir pois com menos oferta e a mesma procura, há um aumento dos preços e se ainda por cima acrescentarmos agora que a procura não se manteve, mas sim aumentou, então o crescimento tem o potencial para ser algo que nunca vimos em termos de valores.

Inv.com – Quais outros ativos, além do BTC, podem ser destaque neste ano, e por quais motivos?

Hinz – São muitos os projetos que estão incubando um forte crescimento. Dentro da comunidade cripto, projetos como Solana estão tendo muito crescimento em suas cadeias e nos tokens que estão sendo desenvolvidos nelas. Ethereum tem uma longa história e ao mesmo tempo ouvimos rumores do ETF Ethereum, que, se existir, seria muito interessante ver o impacto que a entrada de capital institucional na ETH teria, considerando as grandes diferenças tecnológicas que possui com o Bitcoin. E finalmente é muito razoável ver os próprios tokens das exchanges terem um crescimento muito grande. Não esqueçamos que as exchanges são o coração desse crescimento, sem ir mais longe, o BGB (o token da Bitget) passou de custar 0,60 USD no final de janeiro de 2024 para ser negociado perto de 1 USD em 21 de fevereiro.

Inv.com – Como avalia as tratativas de regulamentação dos criptoativos nos países? São necessárias ou entraves?

Hinz – Na região ainda não existem regulamentações que tenham sido 100% criadas com base em cripto. Sim, é verdade que existem certas regulamentações que impactam, mas não são implementadas para a indústria.

É inevitável que cheguem, pois qualquer mercado precisa deles e, de fato, sem estas regulamentações o ETF de Bitcoin não existiria nos Estados Unidos. Mas o importante não é que as regulamentações existam, mas que sejam feitas com um critério positivo e permitam que a indústria se desenvolva e cresça, pois afinal se torna um benefício para todos. A indústria de criptomoedas emprega muitas pessoas e, à medida que a indústria cresce, a força de trabalho também aumenta. Vale lembrar que a América Latina é um polo muito importante para o desenvolvimento de criptomoedas, pois temos muitos profissionais na área e desenvolvemos grandes projetos.

Confira dados financeiros das principais exchanges de criptomoedas listadas em bolsas de valores com a plataforma InvestingPro. Para um desconto especial, use o cupom INVESTIR para as assinaturas anuais e de 2 anos do Pro e Pro+

Últimos comentários

Hora de vazar !
Mas o preço da BITCOIN está em queda, todos esperam previsões mais recentes, pois não somos crianças para aguardar 5 anos
é exatamente o contrário,criança que só tem pensamento de curto prazo, quando se cresce que começa a compreender que as principais ações suas os resultados vem no longo prazo.
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.