Últimas Notícias
Investing Pro 0
❤️ Ajude as vítimas do terremoto na Síria e na Turquia Doar

Comércio da China tem maior queda em 2 anos e meio por Covid

Dados Econômicos 07.12.2022 07:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Porto de Qingdao, China 14/02/2019. REUTERS/Stringer/File Photo
 
USD/CNY
-0,01%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/CNH
+0,01%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CNY/CNH
-0,03%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

PEQUIM (Reuters) - As exportações e importações da China contraíram no ritmo mais acentuado em pelo menos dois anos e maio em novembro, com a demanda fraca tanto no exterior quanto no país, problemas de produção devido à Covid e os problemas do setor imobiliário ampliando a pressão sobre a segunda maior economia do mundo.

A retração foi muito pior do que os mercados haviam previsto, e os economistas estão prevendo um novo período de declínio das exportações, destacando um forte recuo no comércio mundial conforme consumidores e empresas cortam gastos em resposta aos movimentos agressivos dos bancos centrais para domar a inflação.

As exportações contraíram 8,7% em novembro em relação ao ano anterior, após perda de 0,3% em outubro e no pior desempenho desde fevereiro de 2020, mostraram dados oficiais nesta quarta-feira. A expectativa de analistas era de um declínio de 3,5%.

Pequim está agindo para aliviar algumas de suas rigorosas restrições contra a pandemia, mas os embarques para o exterior vêm perdendo força desde agosto, já que a inflação crescente, os aumentos generalizados das taxas de juros em muitos países e a crise da Ucrânia empurraram a economia global para a beira da recessão.

As exportações provavelmente diminuirão ainda mais nos próximos trimestres, disse Julian Evans-Pritchard, economista sênior para China na Capital Economics, em uma nota.

"Os embarques para o exterior receberão um impulso limitado da flexibilização das restrições contra o vírus (na China), que não são mais uma grande restrição à capacidade dos fabricantes de atender às encomendas", disse ele.

"De conseqüência muito maior será a queda na demanda global por produtos chineses devido à reversão da demanda da era pandêmica e da próxima recessão global."

Em resposta à crescente pressão sobre a economia chinesa, a mídia estatal informou na quarta-feira que uma reunião de alto nível do Partido Comunista, realizada no dia anterior, havia enfatizado que o foco do governo em 2023 será a estabilização do crescimento, a promoção da demanda interna e a abertura para o mundo exterior.

As amplas restrições contra a Covid também prejudicam os importadores. As importações sofreram uma forte queda de 10,6% depois de recuo de 0,7% em outubro, ainda que mais fraca do que o declínio de 6,0% esperado. A retração foi a pior desde maio de 2020, em parte também refletindo uma base de comparação elevada no início do ano.

Isto resultou em um superávit comercial menor de 69,84 bilhões de dólares, comparado com um excedente de 85,15 bilhões de dólares em outubro, o que marcou o nível mais baixo desde abril, quando Xangai estava sob lockdown. Analistas previam um superávit de 78,1 bilhões de dólares.

(Reportagem de Ellen Zhang e Ryan Woo)

Comércio da China tem maior queda em 2 anos e meio por Covid
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Rafael Etzel
Rafael Etzel 07.12.2022 9:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acho que o maior erro da China no combate à COVID até aqui, foi o de não usarem as vacinas ocidentais. Agora, Xi Jinping vive um embate em meio à política de COVID zero com a população! O problema disso tudo, é que reverbera por aqui! Ou seja, continuo achando a VALE3 uma posição arriscada para manter na carteira de dezembro, ainda mais dado que seu novembro foi honroso!
Li Viegas
Li Viegas 07.12.2022 9:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
China não estava fechada por causa da covid, mas para dar desculpa sobre o fracasso financeiro, assim como a guerra na Ucrânia foi a forma dos EUA movimentar e vender war weapons.
Li Viegas
Li Viegas 07.12.2022 9:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
obs: e o tal "apoio" do bidê para um ex condenado, é para levar os investidores de volta ao EUA.
Rodrigo Leite
Rodrigo Leite 07.12.2022 8:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tomara que falisse tudo
Juca Sabidão Sabidão
Juca Sabidão Sabidão 07.12.2022 8:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Hoje vai ser assim na bolsa: se a bolsa subir foi porque passou a PEC DA GASTANÇA, na ccj, em vez de 170 bilhoes passou 140 bilhoes, entao o mercado entendeu que isso foi muito bom. Se fosse 170 bilhoes seria muito ruim. se a bolsa cair foi porque passou a PEC DA GASTANÇA, na ccj, mas o mercado nao gostou do rombo do teto.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail