Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Indústria do Brasil tem queda inesperada em outubro e chega a 5 meses de perdas na produção

Dados Econômicos 03.12.2021 09:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Fábrica de alumínio em Pindamonhangaba, SP 19/06/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

Por Camila Moreira e Rodrigo Viga Gaier

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A produção industrial brasileira iniciou o quarto trimestre ainda em dificuldades, com queda inesperada em outubro e pelo quinto mês seguido, na esteira dos danos causados pela pandemia de Covid-19.

Em outubro, a produção da indústria brasileira registrou recuo de 0,6% na comparação com setembro, acumulando em cinco meses 3,7% de perdas.

Os dados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostraram ainda que, em relação a outubro de 2020, houve queda de 7,8%.

Ambos os resultados foram bem piores do que as expectativas em pesquisa da Reuters com economistas, de alta de 0,6% na variação mensal e de perda de 5,0% na base anual.

A indústria nacional enfrenta um cenário de inflação e desemprego altos no país, ainda em meio a problemas na cadeia de oferta global, falta de matéria-prima e encarecimento dos custos de produção.

"Com cinco meses de queda, o setor fica 4,1% abaixo do nível pré-pandmia, de fevereiro do ano passado. E o setor está 20,2% abaixo do pico de maio de 2011. Mês a mês a indústria perde intensidade e força", explicou o gerente da pesquisa, André Macedo.

Macedo destacou que o resultado de outubro mantém características que vêm sendo observadas ao longo do ano de predominância de taxas negativas e diretamente afetada pelos efeitos da pandemia da Covid-19.

"2021 é marcado por perfil disseminado de quedas. Há claramente uma perda de força do setor", completou ele.

Em outubro, três das quatro grandes categorias econômicas e 19 dos 26 ramos pesquisados apresentaram perdas na produção.

As maiores influências negativas entre as atividades vieram de indústrias extrativas (-8,6%) --devido a quedas do minério de ferro e do petróleo-- e produtos alimentícios (-4,2%) --por conta do açúcar, com a antecipação da safra da cana-de-açúcar na região Centro-Sul do país.

Entre as grandes categorias econômicas, a queda mais acentuada foi registrada por bens de consumo duráveis, de 1,9%. A fabricação de bens de consumo semi e não-duráveis recuou 1,2%, e a bens intermediários caiu 0,9%.

Somente a produção de bens de capital apresentou ganhos em outubro, de 2,0% em relação a setembro.

Indústria do Brasil tem queda inesperada em outubro e chega a 5 meses de perdas na produção
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (9)
DECIO DOMINGOS
DECIO DOMINGOS 03.12.2021 11:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Onde está a turma do "cercadinho" aplaudindo o mito!!!!
Jose Expedito
Jose Expedito 03.12.2021 11:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Hahah economia está decolando
David Soares
David Soares 03.12.2021 11:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Industria automobilística, que movimenta o país, foi fortemente impactada pela falta de matéria primas e semicondutores.A GM ficou parada vários meses por causa disso...com ela diversos fornecedores
Ray Redington
Ray Redington 03.12.2021 10:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Inesperada?
Joarês Tártari
Joarês Tártari 03.12.2021 10:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Reuters “cacadores ou fabricantes de noticias ruins ?”
Mario Jorge
Mario Jorge 03.12.2021 10:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
quando começar a 'despiora', os jornalistas militantes vão fazer malabarismos para esconder... kkkkkkkkl
Mario Jorge
Mario Jorge 03.12.2021 10:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vamos ver se os jornalistas militantes vão noticiar a recuperação econômica do Brasil..... Apostas?
Marcelo Costa
Marcelo Costa 03.12.2021 9:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Inesperada?
Mant Neuman
BombeirAristides 03.12.2021 9:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mais um dado surpreende negativamente. Produção industrial..... Parabéns ao desgoverno. O foco esta na roubalheira, offshore e reeleição. A economia, deixa para depois.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail