Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

5 principais assuntos para acompanhar nos mercados essa semana

Economia 15.05.2022 13:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters

Por Noreen Burke e Felipe Machado

Investing.com -- Na próxima semana, os investidores estarão atentos para os dados das vendas e lucros do varejo, além dos comentários de dirigentes do Federal Reserve, incluindo seu Presidente, Jerome Powell, em busca de pistas sobre o futuro caminho das taxas de juros. O salto de sexta-feira nos mercados de capitais, fechando a semana, surgiu em meio a esperanças de que os mercados estejam perto de alcançar seu fundo na sequência de um recuo brutal, mas ainda pode haver mais espaço para a queda se acentuar. No Brasil, na falta de dados macroeconômicos do Banco Central para embasar a expectativa da alta de juros, divulgação de inflação e de balanços estão no radar. Os investidores de criptoativos também estarão monitorizando as consequências do colapso maciço dos preços. Aqui está o que você precisa saber para começar a sua semana.

CONFIRA: Calendário Econômico do Investing.com

  1. Dados econômicos dos EUA

Os dados econômicos desta semana serão minuciosamente examinados, com a tentativa dos investidores de avaliar se o aperto agressivo por parte do Fed a fim de travar a inflação em disparada resultará num pouso brusco ou suave para a economia.

A expectativa é que os números das vendas do varejo em abril, cuja divulgação está agendada para terça-feira, apresentem ganhos sólidos graças às vendas regulares de automóveis Os economistas preveem um aumento de 0,8% após um avanço de 0,7% em março, apesar da inflação mais elevada.

Os EUA também devem divulgar dados regionais sobre a atividade de manufatura, em conjunto com os relatórios sobre início de construções residenciais e vendas de imóveis residenciais existentes. A expectativa é de que dados da habitação de desacelerem como resultado do aumento das taxas nas hipotecas.

O Presidente do Fed, Jerome Powell, tem uma fala marcada para a terça-feira, na qual deve reforçar que o banco central dos EUA realizará um aumento de meio ponto percentual nas taxas de juros em cada uma de suas próximas duas reuniões.

Outros dirigentes do Fed que farão aparições ao longo da semana incluem John Williams, presidente da Fed de Nova York; James Bullard, presidente da Fed de St. Louis; o presidente do Fed de Filadélfia, Patrick Harker; e o presidente do Fed de Chicago, Charles Evans.

CONFIRA: Projeções de mercado da taxa de juros do Federal Reserve nas próximas reuniões

2. Resultados do varejo

Além dos dados econômicos, os investidores estarão de olho em uma série de anúncios de resultados do varejo durante a semana, em busca de indicações a respeito do quanto exatamente o aperto no custo de vida pode estar erodindo o poder de compra dos consumidores.

O maior revendedor dos Estados Unidos, a Walmart (SA:WALM34)(NYSE:WMT), além da Home Depot (SA:HOME34)(NYSE:HD), gigante do setor de reformas domésticas, devem ambas anunciar seus resultados para o primeiro trimestre antes da abertura do mercado na terça-feira. Target (SA:TGTB34)(NYSE:TGT) e Lowe’s (SA:LOWC34) (NYSE:LOW) têm suas divulgações marcadas para antes da abertura da quarta-feira, seguidas pela Macy’s Macy’s (SA:MACY34) (NYSE:M) na quinta-feira.

Os investidores estarão especialmente atentos para as projeções dos varejistas para o segundo semestre deste ano, no contexto de inflação elevada, custos salariais e de combustíveis mais altos e de interrupções contínuas na cadeia de fornecimento.

3. Fundo do mercado?

Wall Street encerrou a seta-feira em alta depois de mais uma semana volátil nos mercados, na medida em que a esperança de que a inflação possa estar perto de atingir p seu pico foram ofuscadas pelos receios de que o aperto agressivo da política econômica por parte do Fed possa colocar a economia em recessão.

Apesar dos ganhos da sexta-feira, o S&P 500 e o Nasdaq registraram sua sexta semana consecutiva de perdas, enquanto o Dow apresentou baixa pela sétima semana seguida.

Os investidores estão em busca de sinais claros de um fundo do mercado, em meio a temores de que a forte sequência de vendas no mercado de capitais pode não ter acabado ainda.

"Não acho que já saímos do labirinto no curto prazo", Mark Hackett, chefe de pesquisa de investimentos da Nationwide, disse à Reuters. "Com isto dito, as expectativas dos investidores foram drasticamente redefinidas".

Em vez de procurar sinais de um fundo, Willie Delwiche, estrategista de investimento na All Star Charts, firma de pesquisa do mercado, disse à Reuters que está focado em indicações mais claras de que as ações poderiam orquestrar um rali sustentado.

"Neste momento, muita gente está tentando acertar um fundo, e isso está se mostrando inútil e caro", afirmou Delwiche. "Este é um ambiente de aversão aos riscos... Dar um passo para trás, deixar a volatilidade seguir seu curso, faz muito sentido para os investidores".

CONFIRA: Calendário de balanços do Investing.com

4. Dados do Brasil

o Brasil, investidores buscarão calibrar suas posições em relação ao cenário macroeconômico e a Selic por meio das informações possíveis no momento. Por razão da greve dos servidores do Banco Central, que reivindicam aumento salarial de 27%, o Boletim Focus e o IBC-Br, previstos para segunda, não serão divulgados, informou a instituição.

Já a nota de estatísticas fiscais do Setor Público Consolidado, também sob responsabilidade do BC, será publicada na segunda. O documento é essencial para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O Fluxo cambial estrangeiro, porém, que seria publicado na quarta, também está suspenso por tempo indeterminado.

Na falta das expectativas sobre inflação do Focus, o IGP-10, da FGV, trará na terça mais dados sobre a alta de preços. O indicador dá uma leitura complementar ao IPCA divulagado na última semana que mostrou desaceleração, mas ainda está em níveis elevados. A estimativa é que o IGP-10 seja de 0,3%, ante alta de 2,48% no mês anterior.

No lado corporativo, a última semana da "temporada de balanços" tem na segunda divulgações de empresas com peso importante no Ibovespa - caso de Hapvida (SA:HAPV3), Itaúsa e Vibra. E companhias que são populares entre os investidores pessoa física - Magazine Luiza (SA:MGLU3), Banco Inter (SA:BIDI4), Nubank (SA:NUBR33) e Eletrobras (SA:ELET3).

LEIA MAIS: Veja o calendário de balanços da próxima semana

Outras divulgações previstas para essa semana são a divulgação de decisões do CMN (quinta) e arrecadação de tributos da Receita Federal e as posições líquidas de especuladores da moeda brasileira no relatório da CFTC (sexta).

5. Crash das criptos

Os investidores estarão observando atentamente os ativos de criptomoedas na semana que vem na sequência de toda a volatilidade dos últimos sete dias, dominados pelo colapso no valor da stablecoin TerraUSD, que quebrou sua indexação de 1:1 em relação ao dólar dos EUA.

As stablecoins são tokens cujo valor tem paridade com o valor de ativos tradicionais, muitas vezes o dólar norte-americano, e são o principal meio de movimentar fundos entre criptomoedas ou de converter os saldos em moeda fiduciária.

A agência de classificação Fitch disse na semana passada que as criptomoedas e as finanças digitais podem enfrentar "consideráveis repercussões negativas" se os investidores perderem confiança nas stablecoins, uma vez que muitas entidades financeiras regulamentadas aumentaram a sua exposição no setor ao longo dos últimos meses.

Os criptoativos foram varridos por uma sequência generalizada de venda de ativos de risco, em meio às preocupações com sobre a inflação elevada e o aumento das taxas de juros, mas os mercados financeiros mais amplos viram até agora pouco efeito cascada em consequência do crash das criptomoedas. A Fitch afirmou que os fracos elos aos mercados financeiros regulamentados irão limitar o potencial da volatilidade do mercado de criptos de causar instabilidade financeira mais generalizada.

CONFIRA: Cotação de milhares de criptomoedas no Investing.com

- Com informações de Reuters

5 principais assuntos para acompanhar nos mercados essa semana
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Mansur Staim
Mansur Staim 16.05.2022 2:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mataram a terceira via naquele avião c a Marina de vice, tá loko Mano os caras querem destruir o país.
Mant Newmann
Mant Newmann 15.05.2022 21:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Coloca no lugar dos técnicos do BC os Generalecos da Rachadinha. Depois do aumento, estão ganhando um milhão anuais para parasitar o Estado. Com um salário destes e mordomias, quem sabe eles aprendem a trabalhar em lugar de tumultuar o país. Até kit brocha eles tem direito!
José R Silva
José R Silva 15.05.2022 19:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A paridade entre as criptos deve diminuir , as mais valoradss devem cair e as menos valoradas tendem a subir
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail