Últimas Notícias
Investing Pro 0
❤️ Ajude as vítimas do terremoto na Síria e na Turquia Doar

Ministro da Economia argentino anuncia alívio em impostos sobre salários

Economia 16.10.2022 15:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
ARS/BRL
-0,36%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
BRL/ARS
+0,37%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/ARS
+0,18%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ARS/USD
0,01%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O ministro da Economia da Argentina, Sergio Massa, anunciou neste domingo que o governo aliviará em novembro o Imposto de Renda que cobra dos trabalhadores, em meio a reclamações sindicais. 

Massa não indicou quantos trabalhadores serão beneficiados com o aumento do piso a partir do qual o imposto é pago nem qual será o custo fiscal da medida, mas certamente será bem-vinda em um momento em que a previsão de inflação para 2022 supera 100%, o que corrói fortemente o poder de compra. 

"Entrará em vigor a partir de 1º de novembro, será superior a 330.000 pesos (cerca de 2.176 dólares)", disse Massa em entrevista à Rádio Rivadavia. "É um pouco para aliviar a situação dos trabalhadores a partir de uma decisão de esforço do Estado", acrescentou. 

O ministro, que na semana passada se reuniu nos Estados Unidos com autoridades do Fundo Monetário Internacional e do Clube de Paris, também disse que o governo está negociando um novo programa de preços e antecipou que concederá um reforço alimentar a setores vulneráveis ​​antes do final do ano. 

"Temos trabalhado com as empresas de consumo massivo", disse Massa, acrescentando que a ideia é implementar um programa de preços mais amplo e mais prolongado do que o existente atualmente. "Há 20 ou 25 que representam 65% do que nós argentinos consumimos", acrescentou. 

O Índice de Preços ao Consumidor argentino cresceu 6,2% em setembro, anunciou na sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística e Censos, um dado abaixo do esperado pelos analistas. 

Ministro da Economia argentino anuncia alívio em impostos sobre salários
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Marcus Zulzke
Marcus Zulzke 23.01.2023 10:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Argentina anuncia redução de impostos. Brasil anuncia aumento de impostos com a não correção da tabela de IR.
BozLu Lapinante
BozLu Lapinante 16.10.2022 16:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ate a Argentina reajusta a tabela de IR? Por aqui a prioridade é mensalão secreto e roubalheira
Elvis Barbosa
Elvis Barbosa 16.10.2022 16:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom que o pt ganhe e deixe tudo na miseria ra .. povo esta com saudades imensa ja
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail