⌛ Perdeu a alta de 13% da ProPicks em maio? Assine agora e receba mais cedo as ações de Junho.Desbloquear ações

Sentimento sobre ações da Apple “não poderia ser pior”, dizem analistas

Publicado 07.04.2024, 11:45
Atualizado 07.04.2024, 17:00
© Reuters
AAPL
-
AAPL34
-

Investing.com – Devido a desafios acumulados em múltiplas frentes, as ações da Apple (NASDAQ:AAPL) sofreram uma queda superior a 12% desde o começo de 2024. Atualmente negociadas próximo ao seu ponto mais baixo em cinco meses, analistas de Wall Street indicam que pode demorar para que as ações da fabricante do iPhone retomem sua trajetória de alta.

A ação da Apple está avaliada de forma justa? Descubra com o InvestingPro. Assine nossa plataforma de análise fundamentalista por um preço ainda mais baixo!

Com o código "INVESTIR", você recebe um desconto adicional nos planos anuais e bienais do Pro e Pro+. Veja como aplicar o cupom no vídeo no fim da matéria

Cancelamento do Projeto Apple Car e Vendas Fracas do iPhone na China

Diversos fatores-chave contribuíram para o desânimo dos investidores em relação às ações da Apple este ano, afetando negativamente seu desempenho até o momento.

Em fevereiro, surgiram relatórios de que a gigante da tecnologia decidiu suspender seu projeto de veículo elétrico. A decisão encerra dez anos de esforços da Apple para ingressar e potencialmente liderar um novo segmento de mercado, de maneira similar ao impacto causado pelo iPhone.

O projeto de veículo elétrico (VE) enfrentou progressos inconsistentes e foi descontinuado em meio a uma desaceleração geral nos investimentos em VE pelas montadoras globais, impulsionada por uma demanda em queda.

A Bloomberg News, que noticiou essa decisão primeiro, informou que diversos membros da equipe do carro elétrico seriam realocados para o departamento de inteligência artificial (IA) da Apple.

Porém, talvez o fator mais crítico afetando negativamente o interesse dos investidores nas ações da Apple seja a redução nas vendas do iPhone, tanto globalmente quanto na China - particularmente na China.

No mês passado, a Counterpoint Research revelou que, nas primeiras seis semanas de 2024, a Apple observou uma diminuição de 24% nas vendas do iPhone na China.

A participação de mercado da empresa no segmento de smartphones chinês caiu para 15,7%, colocando a empresa na quarta posição, um declínio significativo em relação ao segundo lugar ocupado no ano anterior com uma participação de 19%.

Em contrapartida, a Huawei, principal concorrente da Apple no mercado de smartphones premium da China, registrou um aumento impressionante de 64% nas vendas de unidades no mesmo período.

Dados mais recentes da China indicam que a Apple despachou cerca de 2,4 milhões de smartphones no país durante fevereiro, marcando uma redução de 33% em relação a fevereiro de 2023.

Estes números intensificaram as preocupações com uma desaceleração na demanda pela segunda maior empresa do mundo, cuja previsão de receita para o trimestre atual estava US$ 6 bilhões abaixo das estimativas de consenso.

Sentimento das Ações da Apple em Baixa

A Apple enfrenta desafios de demanda que parecem persistentes. Ela tem sido uma das raras exceções entre as gigantes de tecnologia, a maioria das quais continua se beneficiando da expansão no universo da IA.

Como resultado, muitos investidores têm realocado recursos das ações da Apple para investir em líderes de IA como Nvidia (NASDAQ:NVDA), Microsoft (NASDAQ:MSFT) e Meta Platforms (NASDAQ:META).

Após conversas com investidores, um analista da Mizuho Securities mencionou que o clima em torno da AAPL "não poderia estar pior".

"Escuto pessoas sugerindo uma orientação bem abaixo do esperado para junho, e qualquer nova iniciativa de IA seria, na melhor hipótese, para o segundo semestre de 2025. Parece muito negativo para mim", comentou o analista.

Esta semana, a Loop Capital reduziu seu preço-alvo de 12 meses para as ações da Apple para US$170, de US$185, devido à demanda em declínio, concorrência crescente e preços médios de venda estagnados do iPhone.

Esse ajuste foi acompanhado por uma revisão para baixo nas projeções de receita e lucro da Apple para 2024.

"De maneira notável, agora projetamos uma queda na receita e no LPA da AAPL em 2024 em relação ao ano anterior, pela primeira vez desde 2016", disseram os analistas da Loop Capital.

Quer ter sucesso nas suas estratégias com ações da Apple?

Então acesse o mesmo nível de informações e dados financeiros dos profissionais com os insights e recursos de inteligência artificial disponíveis no InvestingPro.

Use o cupom INVESTIR e tenha um desconto especial nas assinaturas de 1 e 2 anos do Pro e Pro+!

Veja como aplicar o cupom no vídeo abaixo:

caption credit

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.