🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

7 Magníficas podem receber nova onda de investimentos de fundos americanos

Publicado 19.04.2024, 12:32
© Reuters
MSFT
-
GOOGL
-
AAPL
-
AMZN
-
NVDA
-
TSLA
-
META
-

Investing.com - O grupo de mega-ações de tecnologia conhecido como “Sete Magníficas” foi um dos mais desejados pelos investidores durante o último ciclo de alta do mercado americano.

Apesar disso, os maiores investidores institucionais dos Estados Unidos não conseguiram aproveitar esse movimento, devido a regras do mercado que limitam a quantidade de papéis que podem deter. São grandes fundos de investimento que agora traçam planos para ter uma exposição maior às “7 Mag”, o que pode gerar uma nova onda de injeção de capital nessas ações de grande capitalização.

De acordo com dados do HSBC, quase todos os gestores de fundos dos EUA estão subinvestidos nessas ações, coletivamente. Os números se baseiam em posições dos 150 dos maiores fundos dos EUA com mais de US$1,9 trilhão em ativos sob gestão.

O HSBC acrescentou que esse grupo de ações, que inclui a NVIDIA Corporation (NASDAQ:NVDA), Apple Inc (NASDAQ:AAPL), Alphabet Inc Classe A (NASDAQ:GOOGL), Tesla Inc (NASDAQ:TSLA), Microsoft Corporation (NASDAQ:MSFT), Meta Platforms Inc (NASDAQ:META), Amazon.com Inc (NASDAQ:AMZN), compõe apenas 18% dos portfólios dos fundos, apesar de representarem 28% do FTSE US.

Para a lei “Investment Company Act”, de 1940, a manutenção de mais de 5% do total de ativos em uma única ação é considerada "desconfortavelmente grande", segundo o banco. Para manter seu status "diversificado", os fundos mútuos precisam garantir que as posições de investimento nos portfólios que excedem esse limite de 5% permaneçam abaixo de 25% de seus ativos totais.

De acordo com as regras, os fundos são impedidos de comprar mais ações que já excederam esse limite de 25%, o que é um grande entrave para fundos com participações nas "7 Mag", cujos valores dispararam, ultrapassando frequentemente esse limite.

Para adquirir mais ações que apresentaram ganhos acentuados e ultrapassaram o limite, os fundos precisariam ser reclassificados como "não diversificados", o que demanda a aprovação dos acionistas, apesar de muitos ainda valorizarem a diversificação.

No entanto, mais fundos estão considerando essa mudança. T Rowe Price (NASDAQ:TROW) alterou o status de alguns de seus fundos de crescimento de capitalização grande para "não diversificados" em 2021, e a Fidelity fez o mesmo em 2023, conforme o HSBC, que projeta que mais fundos adotarão essa abordagem para evitar um desempenho inferior enquanto as ações das "7 Mag" se preparam para capitalizar na revolução da inteligência artificial.

O HSBC também prevê que, diante do risco de aumento da concentração nos EUA, mais fundos optarão pelo status de "não diversificados", o que deverá canalizar ainda mais recursos para as "7 Magníficas".

Quer ter sucesso nas suas estratégias com ações das 7 Magníficas?

Então acesse o mesmo nível de informações e dados financeiros dos profissionais com os insights e recursos de inteligência artificial disponíveis no InvestingPro.

Use o cupom INVESTIR e tenha um desconto adicional nas assinaturas em promoção de 1 e 2 anos do Pro e Pro+!

Veja como aplicar o cupom no vídeo abaixo

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.