Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Ações da Vale (VALE3) engatam alta após balanço trimestral

Publicado 23.02.2024, 10:58
Atualizado 23.02.2024, 11:04
© Reuters.

Investing.com – O mercado reage bem ao balanço da Vale (BVMF:VALE3), mesmo com ruídos relacionados à recondução ou não do atual CEO da empresa e com provisionamentos de desastres ambientais.

Às 10h58 (de Brasília) desta sexta, 23, os papéis engatavam alta de 2,35%, a R$68,80. Os American Depositary Receipts (ADRs) subiam 2,15%, a US$ 13,80.

Cotação Vale

A Vale anunciou que obteve um lucro líquido de US$2,418 bilhões no quatro trimestre, uma retração de 35% em relação ao mesmo período do ano anterior, enquanto o Conselho de Administração aprovou a distribuição de dividendos no valor total bruto de R$2,73 por papel. Em 2023, o lucro totalizou US$ 7,983 bilhões, diminuição de 52,2%.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado totalizou US$6,334 bilhões entre outubro e dezembro, alta de 37% na comparação anual e de 51,6% frente aos três meses anteriores. No acumulado do ano, o Ebitda somou US$ 17,961 bilhões, diminuição de 9,1%.

A receita líquida de vendas somou US$ 13,054 bilhões, expansão de 9,3% ante o período do ano anterior ganho trimestral de 22,8%. Considerando todo o ano, as receitas atingiram US$ 41,784 bilhões, uma queda de 4,6%.

Balanço e provisões

Após a divulgação dos dados, o banco Goldman Sachs (NYSE:GS) avaliou o balanço como um “bom final de ano”, mas mencionou que os passivos fora dele foram o destaque, segundo os analistas Márcio Farid, Gabriel Simões e Henrique Marques. O banco Goldman Sachs espera que, em 2024, a dinâmica de lucros seja favorável, assim como o mercado de minério de ferro, diante de ciclos de flexibilização monetária e exportações resilientes da China.

O Itaú BBA também considerou os dados como sólidos, com Ebitda acima das projeções e do consenso, mas também mencionou os provisionamentos para a Samarco, que vieram conforme as expectativas. “A empresa registrou US$ 1,2 bilhão em provisões adicionais para remunerações relacionadas à Samarco (inferior ao provisionado pela BHP na semana passada”.

De acordo com a Genial Investimentos, os dados vieram conforme esperado, com exceção do lucro líquido. No entanto, a Genial afirma que “o mercado já havia reagido negativamente ao risco de a provisão acontecer em grau bem mais elevado que o guidance”, tendo em vista que a BHP, que é sócia da Vale na Samarco, joint-venture de ambas, havia comunicado aumento das provisões relacionadas ao desastre ambiental em Mariana, em Minas Gerais. Com a alta nas provisões da BHP, o entendimento era de que a Vale seguiria no mesmo caminho.

A Genial considerou ainda que os preços do minério de ferro superaram as expectativas e a produção de minério ficou acima do guidance anual. Esse teria sido o dezembro já registrado pela história da empresa em relação a sua produção, o que os analistas Igor Guedes, Lucas Bonventi e Rafael Chamadoira consideram um efeito raro.

A Ativa Investimentos considerou as provisões abaixo do previsto. “Mesmo com um resultado financeiro pior na base anual e assim, um lucro líquido inferior ao que projetávamos, consideramos seu resultado positivo e esperamos por uma boa recepção por parte do mercado”, conforme o analista Ilan Arbetman.

Dividendos anunciados

O Conselho de Administração da Vale aprovou a distribuição de dividendos no valor total bruto de R$2,738617408 por ação, que são relativos ao balanço reportado. A remuneração terá como base a posição acionária em 11 de março e pagamento ocorre em 19 de março.

“Em nossos compromissos, 2023 foi um ano de progresso substancial nas reparações de Brumadinho e Mariana. Por fim, continuamos focados em uma alocação de capital disciplinada, retornando valor aos nossos acionistas de forma consistente, conforme evidenciado pelo nosso recente anúncio de dividendos”, destacou a Vale em seu release de resultados.

O Goldman Sachs considerou os valores anunciados em US$2,4 bilhões como abaixo das expectativas de US$3 bilhões de seus analistas, o que avalia como uma abordagem mais conservadora do Conselho devido a provisões adicionais relacionadas ao desastre ambiental da Samarco.

“O pagamento representa cerca de 4,1% de dividend yield (DY) na cotação atual. Com relação ao programa de recompras, Vale concluiu 15% deste ao longo do 4T23, tendo recomprado 22,6 milhões de ações”, completa a Ativa Investimentos.

Histórico de pagamentos Vale

DY histórico Vale

DY histórico Vale

As recompras são mencionadas nas Protips do InvestingPro como um fator positivo da companhia, além de suas margens de lucros e pagamentos de dividendos. As Protips são uma nova ferramenta do InvestingPRO, que fornece insights rápidos e descomplicados sobre as companhias, visando otimizar e dar mais embasamento para a tomada de decisões dos investidores.

Protips Vale

Precificação

Para o GS, ainda que o valuation seja atrativo, os investidores “pareçam estar precificando muitos dos riscos recentes” e o banco acredita que esses temas ainda podem pesar no desempenho dos papéis até melhor visibilidade sobre os assuntos. Ainda assim, reforçou a recomendação de compra para o papel da mineradora, com preço-alvo de US$18,50.

A Genial avalia que o mercado não está racional quanto ao prêmio pela qualidade da Vale, precificando um fator China de forma exagerada. Com a visão de que a mineradora segue com bom desempenho operacional, mesmo diante de desafios e ruídos como a escolha do CEO e acordos relacionados a desastres, a recomendação é de compra, com preço-alvo de R$82,50 para as ações na B3 (BVMF:B3SA3) e US$16,75 para as ADRs na NYSE.

O Itaú BBA possui recomendação outperform para as ações, com preço-alvo de US$18 para as ADRs, enquanto a Ativa Investimentos é mais cautelosa com indicação neutra e preço-alvo de R$84 para ações na B3.

A plataforma InvestingPRO, que reúne projeções de diversos modelos, estima um preço-justo de R$87,26 para as ações da Vale.

Preço-justo Vale

Já para os ADRs, o preço-justo previsto no InvestingPRO é de US$17,47.


Preço-justo VALE ADR

Para ter acesso aos modelos financeiros da Vale, referentes ao preço-justo indicado no InvestingPRO, histórico de demonstrações financeiras, retorno com dividendos, relação de preço por lucro e comparação com pares, acesse a plataforma!

Para um desconto especial, use o cupom INVESTIR para as assinaturas anuais e de 2 anos do Pro e Pro+.

Últimos comentários

Vale = Minerio. Se não fizer nenhuma atrocidade como Brumadinho e Mariana, pode entrar Mantega, Damares, Jegues, Dirceu ou quem quer que for... Vale = Minerio.
E aquelas puts de 400% ?
Isso lembra a propaganda da parmalat… Tomô?!(vendidos). Agora é uma sequência de 10 vitórias
Tudo combinado no cassino
vale caiu comprou e seja feliz
o ladrão queria o Guido Mantega na Vale. não tem um lugar que ele não coloca os 9 dedos sujos dele.
Daqui a pouco vai derreter, vai fechar negativo no final do pregão. Só passa informação errada
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.