Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Adeus ao Gol e ao Uno após 4 décadas encerra o ciclo dos 'carros populares'

Ações29.11.2021 17:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Adeus ao Gol e ao Uno após 4 décadas encerra o ciclo dos 'carros popul

Após quatro décadas de mercado, dois dos automóveis mais vendidos no País, responsáveis pela introdução de novas tecnologias e com legiões de fãs, vão deixar de ser produzidos. Os ícones Fiat Uno e Volkswagen (DE:VOWG) Gol são os últimos "carros populares", segmento que já respondeu por 70% das vendas no País.

Hoje classificados como "carros de entrada", que são os mais baratos de cada marca, já não têm preços tão atrativos. Tecnologicamente defasados, não têm condições de receber melhorias em segurança e eficiência energética.

No próximo ano, a legislação estabelece índice menor de emissões para os novos carros. Em 2024, todos terão de ter controle de estabilidade, importante item de segurança.

Por igual razão a Volkswagen aposentou a Kombi em 2013, aos 56 anos. O Gol (SA:GOLL4), hoje com 41 anos, ainda é o mais vendido da marca (empatado com o T-Cross), mas não tem a mesma representatividade que tinha nos 27 anos em que foi líder de mercado, de 1987 a 2014.

Com 51 mil unidades vendidas neste ano - 67% para frotistas - a aposentadoria do Gol deve ocorrer em 2022. Já o Uno deve sair de linha ainda este ano. Ele vendeu 19,3 mil unidades - 97% para frotistas.

Geração

"O Gol marcou uma época e era o sonho de consumo de muitas pessoas, principalmente as versões esportivas", diz Fernando Almeida, de 52 anos, funcionário de uma empresa de cabos elétricos em Curitiba (PR). Aos 18 anos, o maior fascínio do então office-boy era o Gol GT e, depois, o GTI, primeiro carro brasileiro com injeção eletrônica. Sem dinheiro para comprar o que na época era carro de luxo, Almeida só realizou o sonho em 2004 quando, já estabilizado financeiramente, passou a adquirir versões antigas do Gol da primeira geração e hoje tem uma coleção de 25 exemplares.

Quando o Gol foi lançado, em 1980, havia poucas marcas no País; hoje há várias "e os modelos são muito parecidos, o que diminui a sedução que tinha na época", diz Almeida.

Projetado e desenvolvido no País, é o modelo de maior produção da Volkswagen na região, com 8,6 milhões de unidades. Teve diferentes versões, da primeira "quadrada" até a atual, derivada do "bolinha", de 1994. Foi o primeiro carro com injeção eletrônica no País e o primeiro com motor flex.

Segundo o CEO da Volkswagen América Latina, Pablo Di Si, o novo carro de entrada da marca será o Polo Track, que chegará em 2023, versão mais despojada do Polo. O Gol mais barato custa R$ 67,8 mil e o Track custará mais de R$ 70 mil.

Di Si admite que o desafio será posicionar a imagem da marca diante de pessoas acostumadas a buscar um carro popular. "Vamos ter de aprender a lidar com isso e a explicar de forma clara que mudanças são necessárias, pois garantem maior segurança ao condutor."

Popular

O Uno também é o mais vendido da Fiat e teve 4,3 milhões de unidades produzidas. Seu substituto já está no mercado - o Mobi, que vendeu 62 mil unidades neste ano.

"O Uno é responsável pela motorização de muitos brasileiros", diz Cássio Pagliarini, da Bright Consulting. Para ele, os dois ícones devem ser os últimos de grande longevidade. Os novos veículos já não ficam tanto tempo no mercado.

Sem Uno e Gol, vão sobrar dois modelos de carros de entrada, o Mobi e o Renault (PA:RENA) Kwid. O que vem pela frente são veículos mais sofisticados e mais caros. "Não dá mais para imaginar carros tão simples; os modelos de hoje têm muito mais tecnologia", diz Luiz Carlos Moraes, da Anfavea (associação das montadoras).

Outros carros que estão de saída são Fit, Civic, Siena, Doblò, Voyage, Saveiro, Joy, Sandero e Logan. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Adeus ao Gol e ao Uno após 4 décadas encerra o ciclo dos 'carros populares'
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Daniel Silva
Daniel Silva 30.11.2021 0:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Chamar qualquer carro de popular hoje em dia é uma piada de mau gosto.
Rodrigo Tavares
Rodrigo Tavares 29.11.2021 18:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Curioso que o Sandero que e da Dacia na Europa é um dos carros mais vendidos por ser muito barato e ninguem fala em aposentar mesmo porque os eletricos custam 3x mais.
caio tacla
caio tacla 29.11.2021 18:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Na webmotors tem vários ... e vai continuar tendo pois agora estamos no tempo dos carros usados. Conserto, manutenção, peças, isso é o que rola hoje, carro novo é só pra quem ta com bastante grana, pq os carros que já eram caros no Brasil ficaram mais caros ainda. IPI, ICMS, taxas, seguros altíssimos (falta de segurança pública) é sempre a mesma coisa. Somos todos escravos do estado. Esse é o Brasil que o PT e o PSDB entregaram após 30 anos. E ainda tem gente que quer colocar essas quadrilhas de novo no poder. Povo burro
Fabio Feitosa
Fabio Feitosa 29.11.2021 18:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Concordo. Povo burro. E aqueles que tb pregam este governo mediocre de hj, sao burros tb.
Edson Silva
Edson Silva 29.11.2021 18:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Até o governo da Dilma eu tinha condições de comprar um zero km, agora não.. Como um sujeito olha paro o umbigo e vê TD distorcido?
Edson Silva
Edson Silva 29.11.2021 18:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Como o parte do povo ainda apoia o Bozo?
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail