Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Minério dispara com flexibilização monetária e apoio ao setor imobiliário na China

Bolsonaro emerge como fator de risco para IPOs

Ações14.09.2021 11:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Presidente Jair Bolsonaro em cerimônia no Palácio do Planalto, Brasília, Brasil 13/09/2021. REUTERS/Adriano Machado

Por Carolina Mandl

SÃO PAULO (Reuters) - Competição, pandemia e demanda setorial são desafios comuns para as empresas que planejam ofertas públicas iniciais de ações (IPOs), mas as companhias brasileiras começaram a sinalizar um novo risco: a confusão política causada pelo presidente Jair Bolsonaro.

As unidades brasileiras da fabricante de cosméticos Coty (NYSE:COTY) (SA:COTY34) e da varejista Cencosud (SN:CENCOSUD) incluíram o risco de um impeachment presidencial em seus prospectos de ofertas de ações recentes, enquanto a Solar Bebidas - distribuidora da Coca-Cola Co (NYSE:KO) (SA:COCA34) - alertou sobre turbulências que podem anteceder as eleições presidenciais de 2022.

O confronto recente de Bolsonaro com o Supremo Tribunal Federal (STF) gera temores sobre a conclusão de reformas no país e ameaça a viabilidade de cerca de 25 IPOs que estão no forno. Somados aos 44 IPOs já concluídos neste ano até agora, eles quebrariam o recorde brasileiro de IPOs de 2007.

Na semana passada, Bolsonaro abrandou sua disputa com o STF, mas investidores, analistas e executivos de bancos de investimentos ainda questionam quão duradoura será a trégua. O Ibovespa acumula queda de cerca de 1,5% este ano, um dos cinco índices globais em território negativo em 2021.

"As perspectivas para IPOs são mais desafiadoras. Uma potencial crise institucional pode reduzir as chances de aprovação das reformas necessárias para impulsionar o crescimento da economia", disse Gustavo Miranda, chefe de banco de investimento do Santander Brasil.

Mesmo antes das manifestações pró-Bolsonaro de 7 de Setembro, os IPOs enfrentavam um momento mais difícil em meio ao crescimento econômico lento, alto desemprego e uma grave seca que pressiona os preços dos alimentos e energia.

A fabricante de cimento Intercement Brasil, por exemplo, decidiu cancelar sua oferta de ações em julho, uma vez que os investidores demandavam avaliações mais baixas, enquanto a produtora de alumínio Companhia Brasileira de Alumínio (SA:CBAV3) e outras empresas tiveram que reduzir o preço de suas ações para viabilizar o IPO.

"Temos aconselhado as empresas que estão planejando um IPO para que estejam prontas caso as coisas mudem nas próximas semanas", disse Roderick Greenlees, chefe de banco de investimento do Itaú BBA, descartando o fechamento completo dos mercados para ofertas de ações.

Até agora, neste mês, as únicas duas empresas que colocaram seus IPOs na rua são a rede de academias BlueFit e a empresa farmacêutica Althaia, ambas com fixação de preços programada para a próxima semana.

LUPA

O fraco desempenho dos recentes IPOs também está reduzindo o apetite de investidores por novas transações, disse Marcelo Millen, responsável pela área de renda variável de mercados de capitais do Citigroup no Brasil. Quase metade das empresas listadas nos últimos dois meses estão negociando abaixo de seus preços de IPO.

Os gestores de ativos, enfrentando uma escassez de dinheiro novo para investir em ações adicionais, tornaram-se especialmente exigentes agora. Os fundos de ações e multimercados tiveram saídas líquidas em setembro, embora a maioria ainda mostre entradas para o ano.

"Estamos olhando para novos IPOs com uma lupa porque esperamos mais volatilidade com a aproximação das eleições de 2022", disse Sara Delfim, sócia da gestora Dahlia Capital, acrescentando que alguns setores podem ser capazes de se deslocar da turbulência.

Empresas brasileiras que consideram IPOs nos Estados Unidos, como a fintech Nubank, a empresa de pagamentos Conductor e a Hotmart, uma plataforma para criadores de conteúdo, podem resistir à volatilidade das eleições, já que seu crescimento depende menos do ambiente macroeconômico.

(Com reportagem adicional de Tatiana Bautzer e Paula Arend Laier)

Bolsonaro emerge como fator de risco para IPOs
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (124)
SunShine Trader
SunShine Trader 15.09.2021 7:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Basta olhar a Bolsa de Valores com o racha entre os 3 poderes: queda da Bolsa, escalada do dólar e escalada da inflação (causada pelo aumento de preços gerado para tentar compensar o baixo consumo decorrente do empobrecimento do povo). Se isso não serve de aviso, ou uma parte da nação perdeu o bom senso, ou se tornou extremamente egoísta😢.
SunShine Trader
SunShine Trader 15.09.2021 7:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Basta olhar a Bolsa de Valores com o racha entre os 3 poderes: queda da Bolsa, escalada do dólar e escalada da inflação (causada pelo aumento de preços gerado para tentar compensar o baixo consumo decorrente do empobrecimento do povo). Se isso não serve de aviso, ou uma parte da nação perdeu o bom senso, ou se tornou extremamente egoísta😢.
ROGERIO DE FARIA
ROGERIO DE FARIA 15.09.2021 7:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Presidente vira chacota e os ricos velhos parasitas faz a festa.
João Pombo
João Pombo 15.09.2021 7:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sempre foi chacota, pior presidente da história desse país
Rogel horvatich Clinio
Rogel horvatich Clinio 15.09.2021 6:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
#BOLSONARO2022 para o choro dos petralhas
RICARDO HEINECK
RICARDO HEINECK 15.09.2021 6:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lula é o fator de risco.. é um ladrão
João Pombo
João Pombo 15.09.2021 0:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro é fator de risco para o país inteiro. Era de conhecimento público que o cara tem ares ditatoriais, para não falar fascista mesmo. Quem apoiou em 2018 sabia disso, só não se importava, pois achou que ele iria garantir seus lucros. País afundando cada vez mais e Bolsonaro faz questão de piorar as coisas.
Julio Pedro
Julio Pedro 15.09.2021 0:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
SEMPRE da um jeito de PIORAR, as coisas
Julio Pedro
Julio Pedro 15.09.2021 0:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
SEMPRE da um jeito de PIORAR, as coisas
Luciano Prado
Luciano Prado 14.09.2021 22:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Independente de quem ganhar em 2022, o Brasil perde como sempre. Se Bolsonaro se reeleger o Brasil perde, se o Lula se eleger o Brasil perde, se a terceira via for o Doria e ele se eleger o Brasil perde. E isso acontece pelo simples fato que as pessoas não sabem escolher nem os cargos mais baixo nas eleições municipais, e isso reflete na escolha dos cargos mais importantes. Estamos num looping, elegente políticos ruins eleições após eleições, estamos num looping há vários anos e nada indica que isso mudará.
Ricardo Tanaka
JapaRicoTrader 14.09.2021 22:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
MidiA comprada da nisso !!!🤔🤔
Ray Redington
Ray Redington 14.09.2021 20:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Risco é quando há chance de dar certo
Coronel Fagundes
Coronel Fagundes 14.09.2021 19:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ontem uma parte da elite branca podre tripudiou em cima do cadáver do Bozo. Se reuniram para discutir como controlar o governo Lula ou até mesmo tirar ele do jogo, essa elite me dá nojo, bando de ladrões.
Roginaldo da Silveira
Roginaldo da Silveira 14.09.2021 16:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
não sei que bolha vive estes jornalistas.... quem tem que parar é o STF com estas arbitrariedades que faz. O Bolsonaro está apenas defendendo a liberdade das pessoas, a mídia esta sempre tentando culpar o Bolsonaro por tudo, que saco estas matérias
JulianaKatz Lang
JulianaKatz Lang 14.09.2021 16:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Os presídios estão cheios de críticos da justiça, por isso desconfio de que critica o STF
Marcelo Muniz
MUNIX 14.09.2021 16:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nunca tivemos tantos IPOs no Brasil, mesmo com a imensa crise mundial da Covid. Impeachment de Bolsonaro ja foi descartado não tem crime, tem povo, vice e congresso dando suporte.
Coronel Fagundes
Coronel Fagundes 14.09.2021 16:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acorda pra vida Gado, Bozo 2022 já era, ele jogou a toalha, não adianta brigar com a realidade, ele já é um cadáver. Ele e a famílicia só estão preocupados em escapar da jaula, a reeleição subiu no telhado, o Xandão da terceira via estragou tudo.
JulianaKatz Lang
JulianaKatz Lang 14.09.2021 16:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Oh duvida cruel. Devo acreditar na Reuters ou em meia dúzia de militontos pé rapados? kkk
Paulo Pozo
Paulo Pozo 14.09.2021 16:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Reuters..muda o discurso … só asneira
Rafael Boneto
Rafael Boneto 14.09.2021 16:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Como diria o nove dedos " tchau querida '
Paulo Pozo
Paulo Pozo 14.09.2021 15:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro 22
Julimar Pieri
Julimar Pieri 14.09.2021 15:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro 2022 para o choro da esquerda derrotada e da mídia podre e corrompida sem dinheiro público
suzana lima
suzana lima 14.09.2021 15:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
kkkkk imagina bozo 2022 kkkk.
suzana lima
suzana lima 14.09.2021 15:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
bolsotario sempre foi um risco para a economia, educação, saúde e a imagem do Brasil.
David Soares
David Soares 14.09.2021 14:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vamos ver o maior fator de risco...se vai ser o Bolsonaro se reelengendo ou Lula ganhando...se o Lula ganhar dia seguinte ibov é -15% e petro -20%
Gilberto Ton
Gilberto Ton 14.09.2021 14:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem determina o sucesso de um IPO , e o investidor, se a empresa nao e confiavel, mal administrada ou tem posicionamento politico que vai contra a maioria dos investidores, esta fadada ao fracasso, jogar a culpa em 3º tira ainda mais a credibilidade da mesma.
jose eduardo muniz coimbra
jose eduardo muniz coimbra 14.09.2021 14:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só poderia ter sido escrito por alguém desinformado, ideológico e disfuncional
JulianaKatz Lang
JulianaKatz Lang 14.09.2021 14:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não! Não foi assinada pelo José Eduardo
Alex Sapucaia
Alex Sapucaia 14.09.2021 14:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ss ultimas IPos não foram boas . Isdo anres desse cenário . ENJUEI Mosaico estao ai para mostrar essa situacao .
Breno Fernandes
Breno Fernandes 14.09.2021 14:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
a culpa é do cara que quer acabar com o roubo e botar ordem no chiqueiro??? brasileiro é sua baixa auto estima. BOLSONARO2022!!
carlos tomiello
carlos tomiello 14.09.2021 14:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Correto, com uma MP ele legalizou a mentira, se nas próximas que ele editar for para legalizar roubos, assassinatos, rachadinhas, etc, tudo vai estar resolvido (mundo perfeito para o gado). Quanto ao chiqueiro vc deve saber que seus ocupantes se mudaram para mansões em Brasília (mas o gado fica no cercado).
suzana lima
suzana lima 14.09.2021 14:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
bolsotario acabou com a lava jato, só pra lembrar.
JulianaKatz Lang
JulianaKatz Lang 14.09.2021 14:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Militontos não sabem nada de mercado financeiro. Quando dizem que o BozoNazi derrubou a taxa selic, desconhecem que quem é responsável por isso é o BACEN. Mesmo assim, agora com sucessivos aumentos tendendo à 8% ou 9% ao final de 2021, os militontos "esquecem" de citar que o bozonazi que fez é a volta dos rentistas. Mais uma bobagem que ouviu do Jegues sem entender nada.
Gilberto Ton
Gilberto Ton 14.09.2021 14:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sabe quem entende de mercado financeiro? E o investidor, quem determina o sucesso de um IPO e a confianca que o investidor tem nessa empresa,
JulianaKatz Lang
JulianaKatz Lang 14.09.2021 14:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Militontos perdendo tempo achando que tem maior credibilidade que a reportagem. Excelente notícia!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail