Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

BTG traça desafios mas não descarta que H&M vire "força crescente" no Brasil

Publicado 20.07.2023 17:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Logo da H&M 17/7/2023 REUTERS/Tom Little
 
HMb
-0,17%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ITX
+0,44%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
WMT
+0,09%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
AMZN
+0,23%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Andre Romani

SÃO PAULO (Reuters) - A experiência de varejistas globais no mercado brasileiro evidencia um ambiente difícil para se ter sucesso, segundo o BTG Pactual (BVMF:BPAC11), mas os analistas do banco não descartam que a empresa sueca de moda H&M (ST:HMb) ganhe espaço no país, segundo relatório a clientes.

A varejista sueca informou na segunda-feira que lançará lojas e comércio online no Brasil em 2025, em meio a um movimento de expansão na América Latina, onde abriu em 2012, no México, sua primeira loja.

"Apesar dos desafios de estabelecer operações em um novo -- e difícil -- país, os (varejistas) estrangeiros gradualmente deram o próximo passo, e não descartamos que H&M se torne uma força crescente aqui", escreveram analistas do BTG liderados por Luiz Guanais, em relatório datado de 19 de julho.

A equipe do BTG afirmou que questões regulatórias, um complexo sistema tributário e gargalos logísticos e na cadeia de suprimentos fizeram empresas de sucesso no exterior, como Amazon (NASDAQ:AMZN) e Walmart (NYSE:WMT), terem dificuldades em ganhar tração no Brasil, embora existam esforços recentes de companhias de comércio eletrônico como Shein e Shopee.

Guanais e equipe descreveram a H&M como uma empresa de "fast fashion" cuja estratégia de cadeia de suprimentos baseada em velocidade, agilidade e prazos de entrega curtos tem sido um fator importante para o seu sucesso, já que oferece vantagem competitiva, por exemplo, ao permitir a alteração regular de suas coleções.

No entanto, para eles, o "fast fashion" está cada vez mais saturado, à medida que surgem marcas para atrair consumidores em busca de produtos de baixo custo, ao mesmo tempo que há a concorrência de empresas nativas digitais, como a Shein.

A H&M "está espremida entre a forte concorrência de marcas de qualidade que oferecem preços mais baixos e descontos pesados", escreveram os analistas.

A empresa, segundo eles, vem tomando medidas para garantir uma presença geográfica mais eficiente, com 66 lojas fechadas no primeiro semestre deste ano em dado que engloba todo o portfólio de marcas.

"Na última década, as vendas estagnaram -- até caindo acentuadamente se os resultados forem corrigido pela inflação do período --, e as margens têm sido continuamente corroídas".

O relatório do BTG ainda citou a Inditex (BME:ITX), dona da Zara, uma das principais rivais da H&M globalmente, e sua presença no Brasil.

"A Zara, depois de vários altos e baixos nas últimas duas décadas, teve uma operação altamente lucrativa no Brasil no ano passado, com EBT (lucro antes de juros) de 122 milhões de euros -- versus 61 milhões de euros em 2021 -- e 51 lojas", escreveram.

BTG traça desafios mas não descarta que H&M vire "força crescente" no Brasil
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Mant Newnann
Mant Newnann 20.07.2023 22:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
esse lixo está cheio lá em NYC, lojas vazias
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail