🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

Dólar e Ibovespa hoje: o que esperar dos negócios na B3 nesta quinta-feira

Publicado 28.03.2024, 09:11
© B3
USD/BRL
-
PBR
-
VALE
-
BVSP
-
RAIL3
-
OIBR3
-
CMIG3
-
CSAN3
-
DASA3
-
GOLL4
-
MRFG3
-

Investing.com – Os investidores estarão atentos a dados do mercado de trabalho brasileiro, enquanto aguardam indicadores americanos, incluindo de atividade econômica.

A taxa de desemprego no Brasil subiu para 7,8% no trimestre encerrado em fevereiro, em linha com o previsto pelo consenso, informou há pouco o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua. No trimestre encerrado em janeiro, o desemprego era de 7,6%.

Ontem, foram divulgados dados de geração formal de empregos. O saldo de fevereiro foi positivo em 306.111 vagas, conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, acima do previsto. Em janeiro, foram criadas 168.503 vagas, após revisão dos dados.

Os pedidos de auxílio-desemprego, dados do quarto trimestre do Produto Interno Bruto (PIB) e o Sentimento do consumidor de Michigan devem ser apresentados nos Estados Unidos, mas o foco da semana será o indicador preferido do Fed, o índice de preços do núcleo de despesas de consumo pessoal (PCE), que será divulgado quando o mercado estiver fechado para a Sexta-feira Santa.

Às 9h07 (de Brasília), Nasdaq 100 Futuros estava estável, S&P 500 Futuros ganhava 0,04% e o Dow Jones Futuros apresentava variação positiva de 0,05%. O Ibovespa Futuros tinha perdas de 0,18% e o dólar hoje estava em alta de 0,22%, a R$4,9968.

O Petróleo WTI Futuros, referência nos Estados Unidos, subia 1,38%, a US$82,47, e o Petróleo Brent Futuros registrava acréscimo de 1,10% a US$86,35. Bitcoin subia 0,40%, a US$$70.480.

LEIA MAIS: Chocolates de Páscoa com preços ‘salgados’? Cotação recorde do cacau é a culpada

Os ADRs da Vale (NYSE:VALE) estavam estáveis na pré-abertura, a US$12,05, e os da Petrobras (NYSE:PBR) tinham queda de 0,10% a US$14,92.

Notícias do dia

Revisão de projeção do PIB — O governo deve revisar a estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para "2,5% acima" nos próximos meses, afirmou o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Enquanto isso, o Banco Central melhorou projeção de crescimento do PIB para 1,9% em 2024.

França e Brasil — As empresas francesas têm razão em investir tanto no Brasil, disse em agenda no país o presidente da França, Emmanuel Macron.

Acordo Mercosul-UE — Macron disse que os atuais termos de acordo entre União Europeia (UE) e Mercosul são péssimos e que não pode defender a adesão desta forma, de acordo com o Valor.

Agenda do dia

Roberto Campos Neto — Coletiva de imprensa sobre política monetária. Reunião com Leandro Vilain, Nuno Monteiro e Marina Gontijo, Sócios de Serviços Financeiros da Oliver Wyman, Sandro Rogério da Silva Gamba, Presidente da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), e Filipe Pontual, Diretor Executivo. Encontro do Conselho Monetário Nacional (CMN), por meio eletrônico.

Luiz Inácio Lula da Silva — Reunião com ministro da Defesa, José Múcio, comandante da Marinha, almirante Marcos Olsen, comandante do Exército, general Tomás Paiva, e comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Marcelo Damasceno. Cerimônia oficial de chegada do Presidente da República Francesa, Emmanuel Macron, reunião bilateral, declaração à imprensa, assinatura de atos e almoço.

Fernando Haddad — Reunião com professor Luciano Coutinho, da Universidade de São Paulo, encontro do Conselho Monetário Nacional (CMN).

Notícias corporativas

Gol (BVMF:GOLL4) — A companhia aérea, que está em recuperação judicial nos Estados Unidos, apresentou um prejuízo líquido de R$1,1 bilhão no quarto trimestre do ano passado, revertendo lucro de R$231 milhões de um ano antes.

GPS (BVMF:GGPS3) — O Conselho de Administração aprovou a compra do Grupo GRSA, segundo fato relevante. O valor da transação não foi informado.

Diagnósticos da América (Dasa) (BVMF:DASA3) — A empresa de medicina diagnóstica anunciou plano de investimento de R$565 milhões de reais para 2024, 22% menor do que o do ano passado.

Marfrig (BVMF:MRFG3) — O lucro líquido atribuído ao acionista controlador somou R$11,8 milhões entre outubro e dezembro, ante prejuízo de R$628 milhões em igual intervalo no ano anterior.

Rumo (BVMF:RAIL3) — A Rumo reportou lucro líquido de R$1 milhão no quarto trimestre de 2023, um recuo anual de 99,6%.

Vale (BVMF:VALE3) — A mineradora firmou contrato para aquisição de fatia de 45% da Cemig (BVMF:CMIG4) GT na Aliança Energia pelo montante de R$2,7 bilhões.

Oi (BVMF:OIBR3) — O Conselho de Administração vai submeter proposta de grupamento da totalidade das ações ordinárias e preferenciais à Assembleia Geral Extraordinária da Companhia (AGE).

Cosan (BVMF:CSAN3) — A Cosan apresentou resultado não auditado do quarto trimestre com lucro líquido de R$2,36 bilhões, contra R$806 milhões no mesmo período do ano anterior.

**

Precisa de ajuda para navegar nos mercados? InvestingPro é para você!

Seja você busca conquistar orientações sobre investimentos ou procura por ferramentas que permitam escolher as ações corretas do Ibovespa por conta própria, o InvestingPro tem algo a oferecer.

Você encontrará estratégias de IA, indicadores exclusivos, dados financeiros históricos, notícias profissionais e muitos outros serviços para sempre manter uma vantagem nos mercados e saber quais ações comprar e quais evitar.

E os leitores de nossos artigos têm por tempo limitado um desconto especial nas assinaturas Pro e Pro+ de 1 e 2 anos, graças ao código promocional INVESTIR a ser inserido na página de pagamento.

Inscreva-se agora! E não esqueça o código promocional "INVESTIR", válido para assinaturas Pro e Pro+ de 1 e 2 anos!

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.