⌛ Perdeu a alta de 13% da ProPicks em maio? Assine agora e receba mais cedo as ações de Junho.Desbloquear ações

Google revela processador para servidor baseado em arquitetura da Arm e chip de IA

Publicado 09.04.2024, 21:16
Atualizado 09.04.2024, 21:20
© Reuters. Logo do Google em Las Vegas, Nevada, EUA
10/1/2024 REUTERS/Steve Marcus/Arquivo
INTC
-
MSFT
-
GOOGL
-
AMZN
-
AMD
-

Por Max A. Cherney

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - O Google (NASDAQ:GOOGL) revelou nesta terça-feira detalhes de uma nova versão de seus chips de inteligência artificial para centrais de processamento de dados e anunciou um processador baseado em tecnologia da Arm.

POR QUE ISSO É IMPORTANTE

Os chips de aceleração de processamento de IA (TPUs) do Google são uma das poucas alternativas viáveis aos avançados processadores da Nvidia, embora os desenvolvedores só possam acessá-los por meio da plataforma de nuvem do Google e não comprá-los diretamente.

O Google planeja oferecer o chip baseado em Arm, chamado Axion, por meio do Google Cloud. A empresa disse que ele tem desempenho superior aos chips x86 e aos chips Arm de uso geral na nuvem.

CITAÇÕES

"O Axion é construído em bases abertas, mas os clientes que usam o Arm em qualquer lugar podem adotar facilmente o Axion sem precisar rearquitetar ou reescrever seus aplicativos", disse Mark Lohmeyer, vice-presidente e gerente geral de infraestrutura de computação e aprendizado de máquina do Google Cloud.

CONTEXTO

Operadores de serviços de computação em nuvem rivais, como Amazon.com (NASDAQ:AMZN) e Microsoft (NASDAQ:MSFT), criaram CPUs Arm como uma forma de diferenciar os serviços de computação que oferecem. O Google desenvolveu outros chips personalizados para o YouTube, IA e seus smartphones, mas não criou uma CPU.

A Broadcom fez uma parceria com o Google em gerações anteriores dos chips TPU. O Google se recusou a comentar se usou um parceiro de design para o Axion e o envolvimento da Broadcom com o TPU v5p.

NÚMEROS

O Google disse que o novo chip TPU v5p foi desenvolvido para ser executado em pods de 8.960 chips e pode atingir o dobro do desempenho bruto da geração anterior. Para ajudar a garantir que o pod funcione com desempenho ideal, o Google usa resfriamento líquido.

© Reuters. Logo do Google em Las Vegas, Nevada, EUA
10/1/2024 REUTERS/Steve Marcus/Arquivo

O chip Axion oferece desempenho 30% melhor do que os chips Arm de uso geral e 50% melhor do que os chips x86 da geração atual produzidos pela Intel (NASDAQ:INTC) e pela AMD (NASDAQ:AMD), disse a empresa.

O QUE VEM AÍ

O Google planeja usar o Axion para alimentar serviços como YouTube Ads no Google Cloud "em breve". O TPU v5p está disponível de forma geral por meio da nuvem do Google a partir desta terça-feira.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.