Últimas Notícias
Investing Pro 0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Lucro da Kellogg cresce 14,7% e atinge US$ 422 milhões no 1º trimestre

Ações 05.05.2022 12:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters Lucro da Kellogg cresce 14,7% e atinge US$ 422 milhões no 1º trimestre
 
K
-0,58%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
K1EL34
-0,81%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

A Kellogg (SA:K1EL34) (NYSE:K), fabricante norte-americana de cereais matinais, teve lucro líquido de US$ 422 milhões, ou US$ 1,23 por ação, no primeiro trimestre deste ano, encerrado em 2 de abril. O resultado representa aumento de 14,7% ante igual período do ano anterior, quando a companhia registrou lucro líquido de US$ 368 milhões, ou US$ 1,07 por ação.

O lucro por ação ajustado ficou em US$ 1,10, abaixo dos US$ 1,11 obtidos em igual período do ano anterior, mas acima dos US$ 0,93 por ação previstos por analistas consultados pela FactSet.

Já a receita no trimestre foi 2,5% maior na comparação anual, passando de US$ 3,58 bilhões para US$ 3,67 bilhões.

Analistas consultados pela FactSet estimavam receita de US$ 3,58 bilhões. A região Ásia, Oriente Médio e África (Amea, na sigla em inglês) apresentou o crescimento mais forte de vendas, de 12% ante o primeiro trimestre do ano passado.

As vendas na Europa tiveram incremento de 2%. A receita na América Latina avançou 8% e a da América do Norte, caiu menos de 1%.

"Nosso forte início de ano, juntamente com um bom momento de vendas, nos permite afirmar a orientação de ganhos, mesmo quando as perspectivas pioraram para a inflação de custos e interrupções incrementais dos negócios, incluindo impactos relacionados à guerra na Ucrânia", disse o CEO da empresa, Steve Cahillane, em comunicado divulgado para imprensa e investidores.

A Kellogg avaliou que, apesar de um ambiente de negócios desafiador com escassez de insumos e alta inflação de custos com a guerra na Ucrânia, a companhia sustentou um impulso particularmente forte na procura por snacks. "Esses ganhos compensaram, em grande parte, os altos custos por meio da produtividade", pontuou a empresa.

As vendas orgânicas da empresa, excluindo efeitos de aquisições, alienações e flutuações cambiais, aumentaram 4,2% na comparação com igual período de 2021. No segmento da América do Norte, o maior mercado da empresa, a queda foi de menos 1%, justificada pela redução de estoques de cereais após um incêndio em sua unidade em Memphis (EUA) e por uma greve trabalhista no segundo semestre de 2021. Na América Latina, as vendas orgânicas aumentaram 6%, "refletindo o crescimento liderado por snacks".

Para o acumulado de 2022, a empresa elevou suas estimativas de perspectivas financeiras. Para vendas orgânicas, a empresa prevê crescimento de 3% para 4%. Quanto ao lucro por ação ajustado, a companhia estima um intervalo de crescimento entre 1% e 2%. O consenso do FactSet é para vendas de US$ 14,393 bilhões, o que implica crescimento de 1,5%.

Lucro da Kellogg cresce 14,7% e atinge US$ 422 milhões no 1º trimestre
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail